Lançamento do Plano Decenal de Expansão de Energia (PDE) 2031

A Empresa de Pesquisa Energética esteve presente na cerimônia de assinatura e lançamento do Plano Decenal de Expansão de  Energia (PDE) 2031, no dia 06/04, promovida pelo Ministério de Minas e Energia (MME). Representada pela Diretora de Estudos do Petróleo, Gás e Biocombustíveis, Heloisa Borges, o Diretor de Estudos de Energia Elétrica, Erick Rego, e o Diretor de Estudos Econômicos e Energéticos, Giovani Vitória Machado, a EPE participou da Mesa Técnica para esclarecimentos sobre o plano. O Ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, e Paulo Cesar Domingues, secretário da SPE, assinaram a Portaria de aprovação. 

Elaborado pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE),  sob as diretrizes com o apoio do Ministério de Minas e Energia, o PDE indica as perspectivas da expansão do setor de energia no horizonte de dez anos (2022 – 2031).

O ministro ressaltou sobre a maior participação da sociedade nesta edição, com colaboração de mais de 50 instituições, e destacou conteúdos inéditos presentes no atual PDE, como o projeto para a nova Usina Nuclear e um capítulo sobre o uso de Hidrogênio no Setor Energético.

A EPE compôs a Mesa Técnica, na sessão de perguntas e respostas do evento, e trouxe esclarecimentos sobre a malha de gasoduto, que será melhor discutida no PIG 2022, e o uso de energia renovável.

Acesse, na íntegra, o novo Plano Decenal de Expansão de  Energia (PDE) 2031 aprovado conforme Portaria Normativa n. 40/GM/MME, de 06 de abril de 2022.

IMG-20220406-WA0033.jpg


IMG-20220407-WA0019.jpg




Notícias Relacionadas

Leilão de Reserva de Capacidade na forma de Energia: Informe de Habilitados e Vencedores

03/10/2022 - A EPE publica Informe Técnico com a consolidação dos dados da habilitação técnica e dos resultados do Leilão de Reserva de Capacidade na forma de Energia, de 2022, realizado em 30/09/2022. O documento apresenta detalhes do cadastramento e habilitação dos empreendimentos, além de informações sobre os vencedores do certame.

Resenha Mensal: o consumo nacional de energia elétrica ,em agosto de 2022, expandiu 3,0% em comparação com mesmo mês de 2021

30/09/2022 - O consumo nacional de energia elétrica foi de 42.097 GWh, em agosto de 2022, expandindo 3,0% em comparação com mesmo mês de 2021. A classe comercial continua liderando a expansão, porém também contribuem de forma bastante relevante para a alta a classe industrial, principalmente, e a classe residencial. No acumulado em 12 meses o consumo nacional registrou 507.074 GWh, alta de 1,4% em comparação ao período imediatamente anterior.

EPE divulga atualização da programação de estudos de planejamento da transmissão – Setembro de 2022

30/09/2022 - Atendendo ao disposto no §4º do Art. 3º da Portaria nº 215, de 11 de maio de 2020, a EPE divulga o 3º Informe Trimestral acerca do estágio de execução dos estudos de transmissão previstos de serem realizados sob a sua coordenação ao longo do ano de 2022, incluindo eventuais atualizações de cronograma, conforme previamente acordado com a Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Energético do MME.

EPE participa de debate sobre projetos florestais no Rio Oil and Gas 2022

29/09/2022 - No segundo dia de Rio Oil and Gas (27/09), o Diretor de Estudos Econômico-Energéticos e Ambientais da EPE, Giovani Machado foi mediador do painel “Estratégias de Mitigação com Projetos Florestais – Melhor Custo Marginal de Abatimento para Indústria de Óleo e Gás e para Sociedade”, da arena ESG – um espaço do evento destinado a discussões sobre aspectos de Meio Ambiente, Segurança e Saúde da indústria de óleo e gás.

EPE promoverá Webinar sobre Eficiência Energética

29/09/2022 - No dia 19 de outubro, a EPE promoverá um webinar internacional com o objetivo de evidenciar que é fundamental harmonizar conceitos de eficiência energética, objetivos políticos e indicadores, que são selecionados para monitorar e avaliar o desempenho da política e o cumprimento de metas. Em outras palavras, os conceitos são muito importantes para desenhar boas políticas e selecionar o conjunto adequado de indicadores de eficiência energética.