Planejamento Energético

A EPE tem como competência elaborar estudos e análises que nortearão as escolhas do Estado com vistas à promoção da prestação eficiente do serviço público e do desenvolvimento eficaz de todo o setor de energia, para melhor atender o bem-estar social, o interesse coletivo e o desenvolvimento sustentável.

A partir das definições das diretrizes de política energética, se desenvolvem os estudos e as pesquisas que irão efetivamente nortear o desenvolvimento do setor energético. Esse conjunto de estudos e pesquisas, quando sistematizados e continuados, constitui o ciclo de planejamento energético integrado e produzem instrumentos importantes para ações e monitoramento, como os planos decenais, planos de longo prazo, boletins e resenhas periódicas, análises de conjuntura e estudos específicos.

Os resultados desses estudos e pesquisas são utilizados diretamente no outro grupamento de análises, com ênfase na formulação e na avaliação de alternativas para atendimento dos serviços energéticos do país, em especial, no elenco de projetos e na elaboração de um plano de ação comercial – por exemplo, através dos leilões de geração e transmissão de energia elétrica- para a viabilização da expansão da oferta de energia, conforme as diretrizes, princípios e metas definidos, em geral, pela União através dos órgãos competentes, como o Conselho Nacional de Política Energética e o Ministério de Minas e Energia.

Os estudos e pesquisas associados às etapas de planejamento energético podem ser divididos, para fins didáticos, em metodologias e estudos de planejamento.

Aqui você encontra mais informações sobre cada uma destas atividades. 


Últimas Notícias da área de atuação

Sistemas Isolados - Planejamento do ciclo 2022

11/05/2022 - A Portaria MME nº 67/2018 estabelece que os Agentes de Distribuição dos Sistemas Isolados devem elaborar suas propostas de planejamento para atendimento aos seus mercados consumidores e encaminhá-las à EPE até o dia 30 de junho de cada ano. A EPE é responsável pela avaliação técnica destas propostas a fim de subsidiar a aprovação do planejamento pelo Ministério de Minas e Energia (MME).

EPE divulga Custos Marginais de Operação do Leilão de Energia Nova A-4/2022

09/05/2022 - A Empresa de Pesquisa Energética - EPE disponibiliza o conjunto dos Custos Marginais de Operação (CMO) que serão utilizados no cálculo dos valores esperados do Custo de Operação (COP) e do Custo Econômico de Curto Prazo (CEC) dos empreendimentos de geração termelétrica para o Leilão de Energia Nova A-4/2022.

EPE divulga Custos Marginais de Operação dos Leilões de Energia Nova A-5 e A-6 de 2022

09/05/2022 - A Empresa de Pesquisa Energética - EPE disponibiliza o conjunto dos Custos Marginais de Operação (CMO) que serão utilizados no cálculo dos valores esperados do Custo de Operação (COP) e do Custo Econômico de Curto Prazo (CEC) dos empreendimentos de geração termelétrica para os Leilões de Energia Nova A-5 e A-6 de 2022.

Últimas publicações da área de atuação

Sistemas Isolados - Planejamento do ciclo 2022

A Portaria MME nº 67/2018 estabelece que os Agentes de Distribuição dos Sistemas Isolados devem elaborar suas propostas de planejamento para atendimento aos seus mercados consumidores e encaminhá-las à EPE até o dia 30 de junho de cada ano.

Plano Indicativo de Oleodutos – Análise Socioambiental aplicada ao ciclo 2021/2022

A Nota Técnica apresenta a análise socioambiental dos empreendimentos incluídos no ciclo 2021/2022 do Plano Indicativo de Oleodutos (PIO).

Nota Técnica Produção e Consumo de Hidrogênio em Refinarias no Brasil

Esta publicação objetiva explicar, de forma simplificada, o funcionamento das unidades de processo em refinarias que produzem e que consomem hidrogênio, detalhando sua capacidade de produção nas refinarias domésticas.