Economia da Energia

A EPE desenvolve uma série de estudos de economia da energia, que se caracterizam por serem transversais onde os aspectos econômicos exercem papel de destaque, como os cenários econômicos (tanto em nível macro quanto setorial), utilizados na formulação de cenários referenciais para os estudos de demanda de energia, da expansão da oferta e da infraestrutura de energia.

São analisadas as perspectivas de preços de energéticos, com ênfase em estudos de competitividade relativa em termos internacionais e desdobramentos nos preços internos de energia. 

A gestão da inovação é outra vertente abrangida neste conjunto de estudos. Nos estudos relacionados ao tema são apresentadas análises sobre perspectivas tecnológicas de inserção de novas tecnologias e evolução de tecnologias consolidadas no mercado através de roadmaps.

Outros estudos de crescente interesse são aqueles relacionados à eficiência energética e recursos energéticos distribuídos em que a EPE busca antecipar mudanças e propor ações, baseadas em análises de custos e benefícios, que possibilitem o aproveitamento eficiente de recursos distribuídos, tais como tecnologias de geração distribuída, armazenamento e veículos elétricos. 

O novo papel do consumidor, os novos modelos de negócios, a descentralização da produção, a presença de recursos energéticos distribuídos e a necessidade de permanente inovação em planejamento, regulação e políticas públicas são temas com grande impacto sobre o planejamento e operação dos sistemas elétricos. Nesse sentido, são elaborados estudos para auxiliar na estimativa de potenciais impactos de planos e programas que alterem a estrutura de mercado de energia vigente no país. Os estudos desenvolvidos nesta temática objetivam antecipar impactos e discutir caminhos que busquem o desenvolvimento sustentável e eficiente de mercado de energia brasileiro.

Aqui você encontra mais informações sobre cada uma destas atividades. 

Últimas Notícias da área de atuação

Resenha Mensal: o consumo nacional de energia elétrica em março foi de 44.101 GWh, o maior valor de toda a série histórica, desde 2004.

29/04/2022 - O consumo nacional de energia elétrica em março foi de 44.101 GWh, o maior valor de toda a série histórica, desde 2004. Na comparação interanual, o consumo nacional avançou 1,6% no mês, puxado pela classe comercial, que seguiu em recuperação em março, e pelo consumo das residências, que expande pelo segundo mês consecutivo.

Iniciativas nas cidades para o uso inteligente da energia, da série “O papel das cidades no uso da energia”

25/04/2022 - O segundo informe técnico da série “O papel das cidades no uso da energia” aborda as iniciativas que o ambiente urbano pode realizar para contribuir com a atual transição do sistema energético rumo a uma economia de baixo carbono.

EPE publica Fact Sheet ‘Conceitos de Eficiência Energética’

20/04/2022 - Afinal o que é eficiência energética? Quais as limitações de utilizar a intensidade energética para medir os ganhos de eficiência? Quais efeitos influenciam o consumo de energia?

Últimas publicações da área de atuação

Fact Sheet ‘Conceitos de Eficiência Energética’

Afinal o que é eficiência energética? Quais as limitações de utilizar a intensidade energética para medir os ganhos de eficiência? Quais efeitos influenciam o consumo de energia?

FactSheet de Transição da Geração no Setor Elétrico Brasileiro

A matriz de geração térmica em 2000 utilizava mais de 50% de sua energia primária oriunda de carvão e derivados de petróleo, enquanto em 2020 cerca de 2/3 da energia disponível para geração térmica era oriunda de gás natural e biomassa.

Estudo sobre demanda de energia e eficiência energética para condicionamento de ar

A EPE desenvolveu um novo estudo para avaliar a demanda de energia para condicionamento de ar nas residências brasileiras e a eficiência energética alcançada. Em parceria com a Universidade Federal do ABC (UFABC) e apoio da FAPESP