Economia da Energia

A EPE desenvolve uma série de estudos de economia da energia, que se caracterizam por serem transversais onde os aspectos econômicos exercem papel de destaque, como os cenários econômicos (tanto em nível macro quanto setorial), utilizados na formulação de cenários referenciais para os estudos de demanda de energia, da expansão da oferta e da infraestrutura de energia.

São analisadas as perspectivas de preços de energéticos, com ênfase em estudos de competitividade relativa em termos internacionais e desdobramentos nos preços internos de energia. 

A gestão da inovação é outra vertente abrangida neste conjunto de estudos. Nos estudos relacionados ao tema são apresentadas análises sobre perspectivas tecnológicas de inserção de novas tecnologias e evolução de tecnologias consolidadas no mercado através de roadmaps.

Outros estudos de crescente interesse são aqueles relacionados à eficiência energética e recursos energéticos distribuídos em que a EPE busca antecipar mudanças e propor ações, baseadas em análises de custos e benefícios, que possibilitem o aproveitamento eficiente de recursos distribuídos, tais como tecnologias de geração distribuída, armazenamento e veículos elétricos. 

O novo papel do consumidor, os novos modelos de negócios, a descentralização da produção, a presença de recursos energéticos distribuídos e a necessidade de permanente inovação em planejamento, regulação e políticas públicas são temas com grande impacto sobre o planejamento e operação dos sistemas elétricos. Nesse sentido, são elaborados estudos para auxiliar na estimativa de potenciais impactos de planos e programas que alterem a estrutura de mercado de energia vigente no país. Os estudos desenvolvidos nesta temática objetivam antecipar impactos e discutir caminhos que busquem o desenvolvimento sustentável e eficiente de mercado de energia brasileiro.

Aqui você encontra mais informações sobre cada uma destas atividades. 

Últimas Notícias da área de atuação

Recuperação econômica eleva projeção do aumento da carga para 2021

27/07/2021 - Com estimativa de aumento de 4,6%, EPE, ONS e CCEE divulgam revisão quadrimestral da carga. Dados da 2ª Revisão Quadrimestral da Carga para o Planejamento Anual da Operação Energética – período 2021-2025 apontam uma expectativa de crescimento de 4,6% na carga de 2021 em relação ao ano anterior, considerando uma alta do PIB de 5,0%. O resultado representa um acréscimo de 1,4 pontos percentuais (ou 1 GWmédio) em relação ao apontado na projeção anterior, publicada em março de 2021.

MME e EPE publicam primeiro Caderno do PDE 2031

10/06/2021 - A primeira etapa do PDE 2031 consiste em definir as premissas demográficas e econômicas que subsidiarão as projeções de demanda e oferta de energia no horizonte decenal. Construir cenários econômicos é um trabalho altamente complexo, sobretudo em um contexto de elevada incerteza decorrente da pandemia da Covid-19, que continua impactando a economia global e nacional.

EPE Publica a Resenha da Abril do Mercado de Energia Elétrica – Mês base Março

30/04/2021 - O consumo nacional de eletricidade foi de 43.447 GWh em março de 2021, elevação de 6,0% em relação a março de 2020. Foi a maior taxa de consumo desde março de 2014 e o maior valor de consumo total registrado desde o início da série histórica da EPE, em 2004. Enquanto que, o consumo acumulado em 12 meses totalizou 478.339 GWh, retração de 0,5% comparada ao período de 12 meses anterior.

Últimas publicações da área de atuação

Modelos econométricos de projeções dos preços do petróleo: Identificação do Estado da Arte e análise da literatura

A presente nota técnica efetua uma análise da literatura moderna acerca dos modelos econométricos de projeções de preços do petróleo Brent, avalia sua eficácia e possíveis usos.

BEN - Séries Históricas e Matrizes

Séries Históricas Completas a partir do ano de 1970 do Balanço Energético Nacional.

Atlas da Eficiência Energética Brasil 2020

Este documento atualiza e complementa, de forma mais sintética, o primeiro relatório com dados até o ano 2019.