Estudo de integração de fontes renováveis variáveis na matriz elétrica do Brasil será lançado em 30 de outubro

​As fontes renováveis, principalmente a eólica e solar, têm uma participação cada vez mais elevada na matriz de geração de energia elétrica do Brasil. Suas características de sustentabilidade, custos competitivos e sem emissão de gases de efeito estufa impulsionam esta participação. Entretanto, a integração em larga escala destas fontes nos sistemas elétricos resulta em uma série de desafios ao planejamento e operação do sistema, sejam técnicos, regulatórios, de mercado, entre outros.

Nesse contexto, o Ministério de Minas e Energia (MME), a Empresa de Pesquisa Energética (EPE), o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) e a Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) coordenaram a elaboração de um estudo sob o tema: “Integração de Fontes Renováveis Variáveis na Matriz Elétrica do Brasil”. O trabalho aborda a integração das fontes renováveis variáveis sob a óptica dos aspectos tecnológicos, de procedimento de rede, de estudos energéticos e elétricos, metodológicos e de ferramentas de planejamento para sistemas elétricos

O trabalho inclui ainda resultados de um estudo de caso hipotético que realizou uma análise eletroenergética do SIN para um horizonte futuro, sob a ótica da segurança e confiabilidade, utilizando metodologias e ferramentas analíticas de estado-da-arte sob o paradigma da massiva inserção de fontes renováveis variáveis na matriz elétrica. O projeto foi executado pelo consórcio internacional formado pelas empresas Lahmeyer International, Tractebel ENGIE e PSR, destacando a participação da EPE e ONS, que com seus colaboradores aportaram qualidade ímpar ao trabalho. 

O estudo foi realizado no âmbito da “Cooperação Brasil Alemanha para o Desenvolvimento Sustentável”, pelo “Programa Sistemas de Energia do Futuro”, que tem a coordenação do MME e do Ministério para Cooperação Econômica e Desenvolvimento da Alemanha (BMZ). O trabalho será apresentado aos agentes do setor elétrico e ao público em geral, sob a forma de um webinar, no dia 30 de outubro, no período de 10:00 às 12:00 horas. 

A inscrição está disponível aqui.

Os produtos do estudo já estão disponiveis aqui.

Notícias Relacionadas

EPE, ONS e CCEE divulgam Previsão de Carga para o Planejamento Anual da Operação Energética - Ciclo 2021 (2021-2025)

01/12/2020 - A Empresa de Pesquisa Energética – EPE o Operador Nacional do Setor Elétrico – NOS e a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE divulgam os dados da Previsão de carga para o Planejamento Anual da Operação Energética - Ciclo 2021 (2021-2025). Para o período 2021-2025, a previsão é de um crescimento médio da carga de 3,6% por ano. Em 2021, a carga tem previsão de aumento 3,4% no SIN, considerando uma elevação do PIB de 3,3%, influenciado pelo carregamento estatístico de 2020.

EPE realiza a webinar: Plano Indicativo de Gasodutos de Transporte

01/12/2020 - A Empresa de Pesquisa Energética – EPE realizou ontem, dia 30 de novembro, a webinar “Plano Indicativo de Gasodutos de Transporte”. O evento contou a apresentação do estudo publicado pela EPE sobre a área e um debate enriquecedor com profissionais de referência em energia. A webinar foi transmitida ao vivo no canal no Youtube da EPE.

EPE faz divulgação de novo caderno do PDE 2030

01/12/2020 - No novo caderno do PDE 2030 constam as previsões de preços e demanda de gás natural no horizonte decenal, considerando os resultados observados e também os aprimoramentos esperados com o programa Novo Mercado de Gás, bem como a retomada do crescimento do setor industrial brasileiro após a pandemia.

EPE disponibiliza ferramenta de cálculo do balanço de potência

30/11/2020 - A ferramenta tem como objetivo avaliar os montantes de potência necessários nos momentos em que o sistema apresenta demanda máxima instantânea, com o objetivo de verificar as condições de seu atendimento.

EPE participa do evento Energy Virtual Experience, Evex – O Plano Nacional 2050 do Brasil

30/11/2020 - O presidente da EPE, Thiago Barral, participou como palestrante na última quinta-feira, dia 26 de novembro, do evento virtual “Energy Virtual Experience 2020”, na experiência interativa MasterClass.