EPE publica a edição de agosto de 2022 das Perspectivas para o Mercado Brasileiro de Combustíveis no Curto Prazo

O mercado brasileiro de combustíveis seguirá sua trajetória de recuperação, ultrapassando a demanda média registrada em 2019 ainda em 2022. 

Um ambiente externo volátil e adverso, além de inflação e juros altos globalmente, prejudicam as perspectivas de crescimento globais e brasileiras. 

Apesar disso, a volta da mobilidade com o fim das restrições para conter a disseminação da Covid-19, reduções tributárias nos preços dos combustíveis, aumentos na geração de emprego, nas transferências de renda e na produção agrícola devem fazer a demanda de combustíveis ultrapassar os níveis pré-Covid em 2022. 

Nesta edição de agosto, a EPE projeta crescimento para 2022 de 1,2% nas vendas de óleo diesel, de 1,6% nas vendas de gasolina C, de 1,1% nas vendas de etanol hidratado, de 37% nas vendas de QAV, e as de GLP se mantêm. 

A demanda de diesel deve seguir elevada, principalmente pelo aumento da produção agrícola, apesar de um ambiente externo volátil e adverso. 

Para os combustíveis do ciclo Otto, a EPE considera que as mudanças tributárias federal (PIS/COFINS e Cide) e estadual (ICMS), que vêm ocasionando uma redução nos preços dos combustíveis, impulsionam a recuperação da demanda. 

O setor de aviação ainda está sendo afetado pelos preços e um câmbio doméstico desvalorizado. Porém, o mercado doméstico vem se recuperando, e os voos internacionais tendem a seguir a mesma tendência, especialmente em 2023, com o retorno de muitas rotas. 

A demanda de GLP tem registrado valores inferiores aos do ano passado. Entretanto, o aumento do emprego e programas de transferência de renda devem compensar parte do impacto negativo advindo do aumento de preços e da redução da renda da população. 

Perspectivas para o Mercado Brasileiro de Combustíveis no Curto Prazo é uma publicação bimestral da EPE que apresenta projeções para as vendas mensais dos principais derivados de petróleo e biocombustíveis no Brasil. A publicação objetiva difundir informações, favorecendo a tomada de decisão no setor de energia. 

Clique aqui e acesse o conteúdo completo da edição de agosto de 2022.

Notícias Relacionadas

EPE divulga Caderno de Estudos de Geração e Transmissão de Energia Elétrica do ano de 2022

02/02/2023 - Rotineiramente a EPE publica uma série de estudos e pesquisas sobre geração e transmissão de energia elétrica, destinados a subsidiar o planejamento energético setorial. Alguns desses relatórios são de publicação periódica, como aqueles sobre os leilões de energia e de transmissão, enquanto outros buscam responder questões específicas, como aqueles sobre determinadas tecnologias.

MME e EPE publicam novo caderno do PDE 2032: Eletromobilidade

01/02/2023 - A eletrificação do transporte rodoviário no Brasil deve expandir-se continuamente ao longo da próxima década, avançando de forma significativa em certos nichos de aplicação. A penetração de motorizações alternativas no licenciamento de novos veículos semileves e leves, para uso com o transporte cargas, deve ser particularmente elevada, alcançando, em 2032, cerca de 20% para elétricos e 15% para híbridos. Contribuem para isso a eletrificação de nichos como da entrega em última milha, estimulada por compromissos ESG de grandes empresas, e por crescentes restrições às emissões e à circulação de veículos poluentes em áreas urbanas, principalmente metrópoles.

Resenha Mensal: O consumo nacional de energia elétrica foi de 43.347 GWh em dezembro de 2022, expandindo 1% em comparação com mesmo mês de 2021

31/01/2023 - A classe residencial (+4,6%) puxou a alta, seguida pela classe comercial (+1,7%), enquanto a indústria (-1,0%) experimentou retração no consumo. No acumulado em 12 meses o consumo nacional registrou 508.576 GWh, alta de 1,2% em comparação ao período imediatamente anterior.

EPE divulga Caderno de Publicações da EPE sobre Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis em 2022

31/01/2023 - Diante da grande quantidade de estudos realizados, este caderno serve de compêndio de todas essas publicações, apresentando um breve resumo de cada estudo, a data de publicação e o endereço eletrônico para acesso aos documentos completos. Busca-se assim uma transparência ativa e a divulgação dos diversos trabalhos produzidos pela EPE, contribuindo para a formulação de políticas públicas e a definição de diretrizes estratégicas no setor energético brasileiro.

MME e EPE publicam Sensibilidades e Análise Econômica para a Previsão da Produção de Petróleo e Gás Natural do PDE 2032

30/01/2023 - O caderno Sensibilidades e Análise Econômica para a Previsão da Produção de Petróleo e Gás Natural tem o objetivo de detalhar as previsões apresentadas no caderno anterior, discutir alternativas através da análise de sensibilidade para alguns tópicos e ressaltar aspectos econômicos.