EPE publica a edição de abril de 2022 das Perspectivas para o Mercado Brasileiro de Combustíveis no Curto Prazo

​O mercado brasileiro de combustíveis líquidos iniciou 2022 com resultados positivos, com aumento de 1,1% nos meses de janeiro e fevereiro em relação ao mesmo período do ano anterior. Esse crescimento tem sido alavancado principalmente pelas vendas de óleo diesel e gasolina C.

A EPE estima que o mercado brasileiro de combustíveis deverá continuar a sua trajetória de recuperação ao longo de 2022, retornando aos níveis de 2019. Contudo, o consumo de combustíveis neste ano deverá refletir, em alguma medida, os efeitos da escalada de preços, além das menores expectativas do mercado para a economia brasileira – alta de 0,5% do PIB.

Nesta edição de abril, a EPE projeta crescimento para 2022 de 0,8% nas vendas de óleo diesel, de 2,8% nas vendas de etanol hidratado, de 25% nas vendas de QAV, e de 0,3% nas vendas de GLP. Por sua vez, o consumo de gasolina C deverá se manter estável em 2022.

No caso do óleo diesel, a produção agrícola, favorecida pelo bom momento das commodities no mercado internacional, deverá ser o fiel da balança para o consumo. Apesar da estiagem que afetou a região Sul neste início de ano, a safra brasileira de grãos 2021/2022 deverá crescer 5,4% em comparação à safra 2020/2021.

Para os combustíveis do ciclo Otto, a EPE considera que a tendência de crescimento da mobilidade urbana no Brasil se manterá no curto prazo. Estima-se, ainda, uma perda gradual de participação da gasolina para o etanol hidratado no mix de combustíveis do ciclo Otto ao longo deste ano.

A disseminação da variante Ômicron afetou o setor aéreo no início de 2022, ainda que de forma menos intensa que em outras ondas da pandemia. Com isso, a curva de recuperação do QAV retrocedeu novamente em janeiro e fevereiro. No entanto, a EPE projeta uma retomada acelerada em março e abril. Além da crise sanitária, as vendas de QAV têm sido afetadas pelo aumento dos preços das passagens aéreas (em função da alta dos preços do petróleo) e pelo real desvalorizado, o que têm desestimulado viagens, principalmente em rotas internacionais.

Com o aumento dos preços do GLP ao longo de 2021 e início de 2022, muitas residências brasileiras reduziram o consumo ou optaram pela substituição por outro energético, especialmente em famílias de baixa renda. Apesar da escalada dos preços, a EPE estima um pequeno crescimento das vendas de GLP em 2022, por conta da disseminação de programas de transferência de renda para auxílio na compra de botijões por famílias de baixa renda – como o Auxílio Gás dos Brasileiros, instituído em novembro de 2021, de âmbito federal.

Perspectivas para o Mercado Brasileiro de Combustíveis no Curto Prazo é uma publicação bimestral da EPE que apresenta projeções para as vendas mensais dos principais derivados de petróleo e biocombustíveis no Brasil. A publicação objetiva reduzir a assimetria de informações, favorecendo a tomada de decisão no setor de energia.

Clique aqui e acesse o conteúdo completo da edição de abril de 2022.

 



Notícias Relacionadas

EPE marca presença no Seminário Nacional de Produção e Transmissão de Energia Elétrica

17/05/2022 - A EPE marca presença na 26ª edição do maior evento técnico do setor elétrico brasileiro, o Seminário Nacional de Produção e Transmissão de Energia Elétrica – SNPTEE, promovido pelo Comitê Nacional Brasileiro de Produção e Transmissão de Energia Elétrica – CIGRE-Brasil, que acontece entre os dias 15 a 18 de maio no Riocentro, Rio de Janeiro.

Sistemas Isolados - Planejamento do ciclo 2022

11/05/2022 - A Portaria MME nº 67/2018 estabelece que os Agentes de Distribuição dos Sistemas Isolados devem elaborar suas propostas de planejamento para atendimento aos seus mercados consumidores e encaminhá-las à EPE até o dia 30 de junho de cada ano. A EPE é responsável pela avaliação técnica destas propostas a fim de subsidiar a aprovação do planejamento pelo Ministério de Minas e Energia (MME).

EPE divulga Custos Marginais de Operação do Leilão de Energia Nova A-4/2022

09/05/2022 - A Empresa de Pesquisa Energética - EPE disponibiliza o conjunto dos Custos Marginais de Operação (CMO) que serão utilizados no cálculo dos valores esperados do Custo de Operação (COP) e do Custo Econômico de Curto Prazo (CEC) dos empreendimentos de geração termelétrica para o Leilão de Energia Nova A-4/2022.

EPE divulga Custos Marginais de Operação dos Leilões de Energia Nova A-5 e A-6 de 2022

09/05/2022 - A Empresa de Pesquisa Energética - EPE disponibiliza o conjunto dos Custos Marginais de Operação (CMO) que serão utilizados no cálculo dos valores esperados do Custo de Operação (COP) e do Custo Econômico de Curto Prazo (CEC) dos empreendimentos de geração termelétrica para os Leilões de Energia Nova A-5 e A-6 de 2022.

EPE participa de Workshop em celebração aos 60 anos do IEN

06/05/2022 - A Empresa de Pesquisa Energética, representada pelo seu Diretor de Estudos Econômico-Energéticos e Ambientais, Giovani Vitória Machado, participou do Workshop - “Reatores de Pesquisa e de Potência no Brasil e no mundo e as Perspectivas da Energia Nuclear no Brasil”.