EPE publica a edição de abril de 2022 das Perspectivas para o Mercado Brasileiro de Combustíveis no Curto Prazo

​O mercado brasileiro de combustíveis líquidos iniciou 2022 com resultados positivos, com aumento de 1,1% nos meses de janeiro e fevereiro em relação ao mesmo período do ano anterior. Esse crescimento tem sido alavancado principalmente pelas vendas de óleo diesel e gasolina C.

A EPE estima que o mercado brasileiro de combustíveis deverá continuar a sua trajetória de recuperação ao longo de 2022, retornando aos níveis de 2019. Contudo, o consumo de combustíveis neste ano deverá refletir, em alguma medida, os efeitos da escalada de preços, além das menores expectativas do mercado para a economia brasileira – alta de 0,5% do PIB.

Nesta edição de abril, a EPE projeta crescimento para 2022 de 0,8% nas vendas de óleo diesel, de 2,8% nas vendas de etanol hidratado, de 25% nas vendas de QAV, e de 0,3% nas vendas de GLP. Por sua vez, o consumo de gasolina C deverá se manter estável em 2022.

No caso do óleo diesel, a produção agrícola, favorecida pelo bom momento das commodities no mercado internacional, deverá ser o fiel da balança para o consumo. Apesar da estiagem que afetou a região Sul neste início de ano, a safra brasileira de grãos 2021/2022 deverá crescer 5,4% em comparação à safra 2020/2021.

Para os combustíveis do ciclo Otto, a EPE considera que a tendência de crescimento da mobilidade urbana no Brasil se manterá no curto prazo. Estima-se, ainda, uma perda gradual de participação da gasolina para o etanol hidratado no mix de combustíveis do ciclo Otto ao longo deste ano.

A disseminação da variante Ômicron afetou o setor aéreo no início de 2022, ainda que de forma menos intensa que em outras ondas da pandemia. Com isso, a curva de recuperação do QAV retrocedeu novamente em janeiro e fevereiro. No entanto, a EPE projeta uma retomada acelerada em março e abril. Além da crise sanitária, as vendas de QAV têm sido afetadas pelo aumento dos preços das passagens aéreas (em função da alta dos preços do petróleo) e pelo real desvalorizado, o que têm desestimulado viagens, principalmente em rotas internacionais.

Com o aumento dos preços do GLP ao longo de 2021 e início de 2022, muitas residências brasileiras reduziram o consumo ou optaram pela substituição por outro energético, especialmente em famílias de baixa renda. Apesar da escalada dos preços, a EPE estima um pequeno crescimento das vendas de GLP em 2022, por conta da disseminação de programas de transferência de renda para auxílio na compra de botijões por famílias de baixa renda – como o Auxílio Gás dos Brasileiros, instituído em novembro de 2021, de âmbito federal.

Perspectivas para o Mercado Brasileiro de Combustíveis no Curto Prazo é uma publicação bimestral da EPE que apresenta projeções para as vendas mensais dos principais derivados de petróleo e biocombustíveis no Brasil. A publicação objetiva reduzir a assimetria de informações, favorecendo a tomada de decisão no setor de energia.

Clique aqui e acesse o conteúdo completo da edição de abril de 2022.

 



Notícias Relacionadas

Leilão de Reserva de Capacidade na forma de Energia: Informe de Habilitados e Vencedores

03/10/2022 - A EPE publica Informe Técnico com a consolidação dos dados da habilitação técnica e dos resultados do Leilão de Reserva de Capacidade na forma de Energia, de 2022, realizado em 30/09/2022. O documento apresenta detalhes do cadastramento e habilitação dos empreendimentos, além de informações sobre os vencedores do certame.

Resenha Mensal: o consumo nacional de energia elétrica ,em agosto de 2022, expandiu 3,0% em comparação com mesmo mês de 2021

30/09/2022 - O consumo nacional de energia elétrica foi de 42.097 GWh, em agosto de 2022, expandindo 3,0% em comparação com mesmo mês de 2021. A classe comercial continua liderando a expansão, porém também contribuem de forma bastante relevante para a alta a classe industrial, principalmente, e a classe residencial. No acumulado em 12 meses o consumo nacional registrou 507.074 GWh, alta de 1,4% em comparação ao período imediatamente anterior.

EPE divulga atualização da programação de estudos de planejamento da transmissão – Setembro de 2022

30/09/2022 - Atendendo ao disposto no §4º do Art. 3º da Portaria nº 215, de 11 de maio de 2020, a EPE divulga o 3º Informe Trimestral acerca do estágio de execução dos estudos de transmissão previstos de serem realizados sob a sua coordenação ao longo do ano de 2022, incluindo eventuais atualizações de cronograma, conforme previamente acordado com a Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Energético do MME.

EPE participa de debate sobre projetos florestais no Rio Oil and Gas 2022

29/09/2022 - No segundo dia de Rio Oil and Gas (27/09), o Diretor de Estudos Econômico-Energéticos e Ambientais da EPE, Giovani Machado foi mediador do painel “Estratégias de Mitigação com Projetos Florestais – Melhor Custo Marginal de Abatimento para Indústria de Óleo e Gás e para Sociedade”, da arena ESG – um espaço do evento destinado a discussões sobre aspectos de Meio Ambiente, Segurança e Saúde da indústria de óleo e gás.

EPE promoverá Webinar sobre Eficiência Energética

29/09/2022 - No dia 19 de outubro, a EPE promoverá um webinar internacional com o objetivo de evidenciar que é fundamental harmonizar conceitos de eficiência energética, objetivos políticos e indicadores, que são selecionados para monitorar e avaliar o desempenho da política e o cumprimento de metas. Em outras palavras, os conceitos são muito importantes para desenhar boas políticas e selecionar o conjunto adequado de indicadores de eficiência energética.