EPE divulga Custos Marginais de Operação do Leilão de Energia Nova A-5/2021

A Empresa de Pesquisa Energética - EPE disponibiliza o conjunto dos Custos Marginais de Operação (CMO) que serão utilizados no cálculo dos valores esperados do Custo de Operação (COP) e do Custo Econômico de Curto Prazo (CEC) dos empreendimentos de geração termelétrica para o Leilão de Energia Nova A-5/2021.

Adicionalmente, conforme metodologia descrita na Nota Técnica nº EPE-DEE-RE-038/2018-r0, são disponibilizados os Benefícios de Antecipação de GNL (benGNL), que serão utilizados no cálculo dos valores esperados do COP e do CEC para as usinas termelétricas a GNL (Gás Natural Liquefeito) com previsão de despacho antecipado.

Os valores dos CMO disponibilizados devem ser limitados aos preços de liquidação das diferenças - PLD mínimo (49,77 R$/MWh) e máximo (583,88 R$/MWh) para o cálculo do CEC. Veja nos anexos abaixo a relação dos Custos Marginais de Operação e dos benefícios marginais de Antecipação do GNL.

Os documentos podem ser obtidos na relação de arquivos disponíveis na área do Leilão A-5/2021.

Notícias Relacionadas

Resenha Mensal: O consumo de eletricidade no Brasil em outubro de 2021 apresentou recuo de 0,5% em relação ao mesmo mês de 2020

30/11/2021 - O consumo nacional de eletricidade em outubro foi de 42.621 GWh, recuo de 0,5% em comparação com mesmo período de 2020 e o primeiro mês em 2021 com retração, na comparação interanual. Ainda assim, outubro anota o segundo maior consumo de 2021. Responsável pela retração no mês, a redução do consumo nas residências superou a expansão no comércio e na indústria. O consumo acumulado em 12 meses totalizou 498.769 GWh, expansão de 5,1% comparado ao período anterior.

Carga de energia deve crescer em média 3,4% por ano no período de 2022 a 2026

30/11/2021 - Em 2022, a projeção é de aumento de 2,7%, considerando alta de 1,3% no PIB A Empresa de Pesquisa Energética – EPE, o Operador Nacional do Sistema Elétrico – ONS e a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE divulgaram hoje, 30 de novembro, os dados da previsão de carga para o Planejamento Anual da Operação Energética - Ciclo 2022 (2022-2026). Para o período 2022-2026, a expectativa é de um crescimento médio da carga de 3,4% por ano. Em 2022, a projeção é de aumento de 2,7%, considerando alta de 1,3% no Produto Interno Bruto – PIB.

Diretor Giovani Vitória Machado participa do encontro de Cooperação Técnica e Financeira Brasil-Alemanha

29/11/2021 - O Diretor de Estudos Econômicos e Energéticos da EPE, Giovani Vitória Machado, e Renata Nogueira Francisco, Assessora da Diretoria de Estudos de Energia Elétrica, participaram dia 18/11 das “Negociações Intergovernamentais Brasil-Alemanha sobre Cooperação Técnica e Financeira”, no Palácio do Itamaraty.

EPE publica a edição de novembro de 2021 das Perspectivas para o Mercado Brasileiro de Combustíveis no Curto Prazo

12/11/2021 - O mercado brasileiro de combustíveis segue a sua trajetória de recuperação, mantendo-se acima dos níveis pré-pandemia desde junho de 2021. Essa recuperação tem sido alavancada principalmente pelo óleo diesel, cujas vendas têm registrado máximas históricas em diversos meses deste ano (março, abril, junho, julho, agosto e setembro). O crescimento da demanda de diesel reflete, sobretudo, o forte desempenho do setor agropecuário, da mineração e do comércio eletrônico.

EPE e MME lançam o Caderno de Demanda de Eletricidade do Plano Decenal de Expansão de Energia 2031 (PDE 2031)

10/11/2021 - O Caderno traz a perspectiva de evolução até 2031 de consumo na rede por classes, autoprodução, perdas de energia, entre outros aspectos da demanda, considerando três trajetórias ou cenários - Inferior, Referência e Superior – que estão alinhados às expectativas apresentadas no Caderno de Economia.