EPE apresenta Estudo com contribuições sobre a proposta de flexibilização do modelo de comercialização de etanol hidratado no Brasil

A Resolução CNPE nº 12, de 4 de junho de 2019, traçou como de interesse da política energética nacional o fomento à livre concorrência na atividade de abastecimento de combustível no Brasil. Uma das alternativas em discussão é precisamente a proposta de flexibilização do regime de comercialização do etanol hidratado, que passaria a admitir a venda direta entre produtores e postos de revenda.

Em função da relevância do tema, que tem motivado debates desde o ano passado no Congresso Nacional, a EPE tem se debruçado sobre esta questão em particular, e procurou realizar uma avaliação preliminar sobre os impactos da venda direta de etanol hidratado. O resultado deste trabalho, iniciado em janeiro de 2019, é a publicação deste estudo que visa contribuir para o debate sobre a proposta de flexibilização da sistemática de comercialização de combustíveis, em particular no que tange à eventual possibilidade de que fornecedores de etanol hidratado carburante possam vendê-lo diretamente aos postos revendedores, sem a necessidade do distribuidor como agente intermediário.

Nota Técnica.jpg

O estudo da EPE buscou focar nos aspectos que estão relacionados ao planejamento energético nacional, de acordo com a sua missão institucional, contribuindo para identificar pontos relevantes acerca da introdução da venda direta de etanol hidratado carburante no abastecimento de combustíveis do ciclo Otto no horizonte de médio e longo prazo. Em particular, foram abordados argumentos favoráveis e contrários à medida, bem como os eventuais impactos relativos à tributação, ao RenovaBio e ao abastecimento de combustíveis.  

A fundamentação apresentada no estudo da EPE baseia-se na análise de diversas publicações, incluindo os documentos oficiais divulgados pelas seguintes instituições: ANP, CADE e Ministério da Fazenda, além de experiências internacionais. O presente estudo insere-se no contexto que motivou a publicação da Resolução CNPE nº 12, de 4 de junho de 2019, e será uma referência para os estudos que deverão ser realizados pela ANP, com o intuito de apoiar as medidas de promoção à livre concorrência no mercado de combustíveis no Brasil.

Clique aqui e acesse o estudo completo. 



Notícias Relacionadas

EPE divulga resultado final do 8º Concurso Público e já pode contratar os aprovados.

29/06/2022 - A Empresa de Pesquisa Energética (EPE) divulgou, no Diário Oficial desta quarta-feira (29/6), a homologação do 8º Concurso Público (edital nº 1/2022) para o provimento de 17 vagas imediatas e 119 em cadastro de reserva para os cargos de Analista de Gestão Corporativa e Analista de Pesquisa Energética.

Saiba o que muda na comunicação da EPE no período eleitoral

28/06/2022 - Atendendo à legislação eleitoral vigente e às instruções da Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom), algumas restrições serão implementadas no site e nas redes sociais oficiais da EPE no período de Defeso Eleitoral que, de acordo com o Calendário Eleitoral, inicia em 2 de julho e encerra em 2 de outubro (podendo ser estendido até o dia 30 de outubro, no caso de eventual 2º turno), normas especiais relativas às ações de comunicação nos órgãos da Administração Pública federal devem ser observadas.

Leilão de Reserva de Capacidade na forma de Energia de 2022: EPE publica orientações para cadastramento

24/06/2022 - O Ministério de Minas e Energia publicou a Portaria Normativa nº 46/GM/MME, de 23 de junho de 2022, com as Diretrizes do Leilão de Reserva de Capacidade na forma de Energia, de 2022 (LRCE de 2022).

EPE lança o Informe Técnico – Atualização de Preços de Referência para Estudos de Planejamento: Data-Base Março de 2022

23/06/2022 - Este Informe Técnico tem o objetivo de disponibilizar uma versão atualizada do Banco de Preços de Referência de que trata a Resolução Homologatória ANEEL nº 2.514/2019 e a Resolução Homologatória ANEEL nº 2.549/2019 (data-base: julho de 2017) considerando a data-base de março de 2022.

Lançamento do Mapa Interativo dos Mandatos de Teor de Biocombustíveis no Mundo.

21/06/2022 - A EPE apresenta o Mapa Interativo dos Mandatos de Teor de Biocombustíveis no Mundo, uma aplicação online que mostra os percentuais de mistura mandatória de biocombustíveis líquidos para o setor de transportes em diversos países do mundo. A aplicação tem como objetivo ampliar o conhecimento sobre a participação da bioenergia no mundo, considerando sua diversidade e as oportunidades correlatas, como, por exemplo a diminuição das emissões de gases de efeito estufa.