Carga de energia deve aumentar 1,7% em 2022, aponta 1ª revisão quadrimestral

 EPE, ONS e CCEE e informam que a média anual de crescimento será de 3,4% até 2026 

 

A Empresa de Pesquisa Energética (EPE), o Operador Nacional do Setor Elétrico (ONS), a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) divulgaram os dados da 1ª Revisão Quadrimestral das Previsões de Carga para o Planejamento Anual da Operação Energética - 2022-2026. Para o ano, o aumento previsto é de 1,7% na carga, atingindo o valor 70.739 MW médios. O cenário considera um incremento do Produto Interno Bruto (PIB) de 0,6%. Já para o horizonte 2022-2026, a indicação é de um crescimento anual de 3,4%, atingindo 80.818 MW médios ao final do período. 

No curto prazo, as projeções consideraram premissas importantes, como as incertezas no ambiente externo e doméstico, a evolução do conflito na Ucrânia, o encaminhamento das questões fiscais e monetária, além da dinâmica inflacionária. Os impactos que restringem a atividade econômica estão refletidos, em grande parte, nas projeções de 2022 e 2023. O surgimento de novas variantes do coronavírus é considerado um risco para a concretização do cenário.  

Para os anos seguintes, um ambiente de maior estabilidade deve favorecer os investimentos, especialmente, no setor de infraestrutura, com efeitos sobre a competitividade da economia e, consequentemente, proporcionando uma maior demanda energética. Também há a expectativa de manutenção de bom desempenho para os setores produtores de commodities em que o país possui boa competitividade e posicionamento internacional. O contexto macroeconômico deve estar mais estável, com dinamismo da demanda interna. 

Clique aqui e confira em arquivos as principais premissas e o detalhamento das projeções.  


Notícias Relacionadas

EPE participa da inauguração de projeto de pesquisa capaz de produzir energia e água destilada em locais remotos

25/05/2022 - O Presidente da EPE, Thiago Barral, participou no dia 23 de maio, na Coppe/UFRJ, da inauguração de projeto de pesquisa que consiste numa Ilha de Policogeração Sustentável. O projeto combina diversas tecnologias e é capaz de produzir simultaneamente eletricidade e água destilada, com potencial para produção de outros co-produtos, como biocombustivel.

Leilões de Energia Nova A-5 e A-6 de 2022: EPE divulga Resultado do Cadastramento dos Projetos

24/05/2022 - Foi concluído, em 11/05/2022, o cadastramento dos projetos para participação nos Leilões de Energia Nova A-5 e A-6 de 2022. Anunciado pelo Ministério de Minas e Energia por meio da Portaria Normativa nº 41/GM/MME/2022

EPE lança “BiodivEPE - Biodiversidade no planejamento de projetos de energia”

23/05/2022 - A Empresa de Pesquisa Energética - EPE lança a BiodivEPE - Biodiversidade no planejamento de projetos de energia. Uma ferramenta interativa elaborada com recursos de SIG - Sistema de Informações Geográficas.

Relatório Anual Integrado 2021 da EPE já está disponível para consulta

23/05/2022 - De acordo com a Lei nº 13.303/2016, popularmente conhecida como "Lei das Estatais", a divulgação anual de relatório integrado é obrigação prevista para todas as empresas estatais, como é o caso da EPE. Nesse contexto, como parte do seu compromisso com a transparência, a EPE torna público o Relatório Anual Integrado 2021, documento que unifica os relatórios da administração e de gestão em um só documento, sendo importante componente do processo de prestação de contas anuais pela EPE.

EPE conquista Menção Honrosa no Seminário Nacional de Produção e Transmissão de Energia Elétrica

20/05/2022 - Entre os dias 15 a 18 de maio, a Empresa de Pesquisa Energética (EPE) participou da 26ª Edição do Seminário Nacional de Produção e Transmissão de Energia Elétrica – SNPTEE, promovido pelo Comitê Nacional Brasileiro de Produção e Transmissão de Energia Elétrica – CIGRE-Brasil, com a participação de mais de 33 colaboradores.