Resenha Mensal: O consumo de energia elétrica no Brasil em outubro de 2020 apresentou avanço de 3,5% em relação ao mesmo mês de 2019.

O consumo de energia elétrica no Brasil em outubro de 2020 totalizou 42.426 GWh, representando avanço de 3,5% em relação ao mesmo mês de 2019. Trata-se do terceiro avanço consecutivo em 2020, com a maior taxa mensal, desde fevereiro de 2019, e maior consumo total mensal da série histórica, iniciada em 2004. Já o consumo acumulado em 12 meses alcançou 473.774 GWh, demonstrando uma variação negativa de 1,2%, entretanto uma queda mais suave do que a anotada em setembro.

Pelo quarto mês consecutivo a classe residencial (+9,3%) tem crescimento elevado e segue puxando a demanda nacional de eletricidade em outubro, acompanhada pela classe industrial (+4,9%). Enquanto as residências registraram o maior consumo da série histórica e a maior taxa de variação em relação ao mesmo mês do ano anterior, desde fevereiro de 2014, as indústrias apresentaram o maior consumo em outubro desde 2013, com avanço disseminado em todas as regiões do país e destaque para os segmentos metalúrgico e fabricação de produtos minerais não metálicos. Já a classe comercial (-6,0%), embora registrando a menor queda desde abril de 2020, ainda permanece sob influência da pandemia da COVID-19, principalmente no setor de serviços. Apenas a Região Norte (+1,1%) apresentou expansão do consumo no comércio em outubro.

Novamente nesse mês todas as regiões apresentaram expansão do consumo de energia, dando continuidade ao movimento de avanço disseminado por todo o País iniciado em setembro. A região Norte (+6,5%) segue como destaque, acompanhada pelas regiões Centro-Oeste (+6,2%), Sudeste (+3,3%), Nordeste (+2,9%) e Sul (+1,9%). Em variação absoluta de consumo, destaque para a região Sudeste que apresentou expansão de 675 GWh, mais que o triplo da expansão em GWh registrado pelo Centro-Oeste que aparece em seguida com 214 GWh.

Quanto às modalidades de contratação de energia, o mercado livre apresentou crescimento de 8,6% no mês, enquanto o consumo cativo das distribuidoras de energia elétrica cresceu 0,8%, primeira expansão desde fevereiro deste ano.

Clique nos links para acessar a Resenha Mensal e o Podcast com a Analista de Pesquisa Energética Lena Santini Souza Menezes Loureiro


Notícias Relacionadas

EPE publica Brazilian Oil & Gas Report 2020/2021

23/09/2021 - RIO DE JANEIRO – A pandemia de Covid-19 teve um impacto considerável na demanda brasileira de petróleo e gás, afetando os investimentos no setor. No entanto, a economia vem se recuperando, com a demanda chegando próxima aos picos anteriores, mesmo com o transporte aéreo e a mobilidade ainda defasados.

Leilão de Reserva de Capacidade de 2021: EPE publica preços de referência dos combustíveis

22/09/2021 - A Empresa de Pesquisa Energética disponibiliza o Informe Técnico com as referências de preços de combustíveis para o Leilão de Reserva de Capacidade 2021. O Informe Técnico nº EPE-DEE-IT-107/2021 apresenta as informações que subsidiam a determinação do Custo Variável Unitário (CVU), que será utilizado na definição da Garantia Física (GF) dos projetos termelétricos, com vistas à participação no referido certame.

Leilão de Energia Existente A-2 de 2021: EPE publica preços de referência dos combustíveis

21/09/2021 - A Empresa de Pesquisa Energética disponibiliza o Informe Técnico com as referências de preços de combustíveis para o Leilão de Energia Existente A-2/2021. O Informe Técnico nº EPE-DEE-IT-106/2021 apresenta as informações que subsidiam a determinação do Custo Variável Unitário (CVU), que será utilizado na definição da Garantia Física (GF), dos valores esperados do Custo Variável da Operação (COP) e do Custo Econômico de Curto Prazo (CEC) dos projetos termelétricos, com vistas à participação no referido certame.

EPE publica Nota Técnica sobre Modelos econométricos de projeções dos preços do petróleo

20/09/2021 - Apesar do comportamento muitas vezes cíclico dos preços de petróleo, a alta volatilidade é frequente. Todavia, mesmo diante da variabilidade na trajetória de preços, o exercício de projeção é essencial para apoio ao desenvolvimento econômico e ao planejamento energético, fundamentando decisões estabilizadoras e alocativas, influenciando investimentos no setor e/ou na busca de alternativas.

Procedimento Competitivo Simplificado de 2021: EPE publica orientações para cadastramento

20/09/2021 - O Ministério de Minas e Energia (MME) publicou na edição extra do Diário Oficial da União (DOU), desta sexta-feira (17/9), a Portaria Normativa nº 24/GM/MME/2021 com as diretrizes para realização do Procedimento Competitivo Simplificado de 2021. A notícia completa sobre o Leilão pode ser encontrada na página do MME.