EPE publica o Boletim de Conjuntura da Indústria do Óleo & Gás do 2º semestre/2022

​A Empresa de Pesquisa Energética apresenta, na nova edição do Boletim de Conjuntura da Indústria do Óleo & Gás, o Panorama da Indústria de Petróleo e Gás Natural do Reino Unido, país com uma longa história de importância com a indústria moderna da energia. Ao longo das últimas décadas, o Reino Unido passou por um amplo processo de transformação em seu portfólio de energia, no qual o carvão mineral perdeu a posição de destaque, sendo substituído pelo gás natural e, mais recentemente, pelas renováveis.

Na conjuntura internacional, a publicação destaca os eventos associados ao conflito na Ucrânia, além de sanções, tensões geopolíticas e a preocupação com a segurança do abastecimento energético. Na seção Brasil, o boletim comenta como o aumento global dos preços de petróleo e de seus derivados dominou a pauta de discussões no País, com a adoção de medidas voltadas às variações de preços. No mercado nacional de gás natural, diversos agentes se preparam para iniciar suas operações.

Na seção Estatísticas, é verificada uma queda nos patamares de preços internacionais de petróleo e gás natural ao longo do 2º semestre, parcialmente impactado pela desaceleração do crescimento da economia chinesa. Os estoques de petróleo e derivados dos países da OCDE subiram. Restrições na oferta mundial de gás natural e elevada demanda na Europa pressionaram os preços do combustível com registros de recordes. A produção de gás natural da Rússia caiu 25% no 3º trimestre de 2022, em relação ao nível pré-pandemia e 23% em relação ao nível pré-conflito militar com a Ucrânia. No Brasil, apesar de ter ocorrido regaseificação de algumas cargas de GNL importado, o consumo de gás natural para geração elétrica caiu drasticamente devido à recuperação da geração hidrelétrica após as secas de 2021.

Clique aqui para cohecer nova edição ou aqui para acessar todas as edições.


 


Notícias Relacionadas

EPE lança plataforma para dar transparência de dados dos Sistemas Isolados e suporte para implementação do Programa Energias da Amazônia do Ministério de Minas e Energia.

01/03/2024 - A Empresa de Pesquisa Energética (EPE), lançou, nessa quinta-feira (29/02), o Portal de Acompanhamento dos Sistemas Isolados (PASI), em sua versão inicial. A nova ferramenta tem como objetivo centralizar a divulgação dos dados de planejamento dos Sistemas Isolados, unificando as informações entre os órgãos em cumprimento à diretriz estabelecida pelo Ministério de Minas e Energia pela A Portaria MME nº 59/2022.

EPE publica Plano Indicativo de Processamento e Escoamento de Gás Natural - PIPE

29/02/2024 - A Empresa de Pesquisa Energética – EPE, no dia 28/02/2024 às 09:00 h, realizou o evento de lançamento da terceira edição do Plano Indicativo de Processamento e Escoamento de Gás Natural – PIPE.

EPE e PPSA assinam acordo de cooperação técnica

27/02/2024 - A Empresa de Pesquisa Energética (EPE) e a Pré-Sal Petróleo (PPSA) firmaram nesta terça-feira (27), um acordo de cooperação técnica, visando promover o intercâmbio de dados e informações necessárias ao desenvolvimento das atividades e de estudos realizados pelas duas empresas. O acordo terá vigência de cinco anos e prevê também a realização de ações específicas de capacitação entre as empresas, como treinamentos, palestras e eventos.

EPE publica a edição de fevereiro de 2024 das Perspectivas para o Mercado Brasileiro de Combustíveis no Curto Prazo

26/02/2024 - A demanda brasileira de combustíveis líquidos continuará crescendo em 2024. A EPE projeta um crescimento de 0,8%, ou 1,2 bilhão de litros, para 2024, depois de três anos consecutivos crescendo mais de 4% ao ano

EPE publica Plano Indicativo de Processamento e Escoamento de Gás Natural - PIPE

26/02/2024 - A Empresa de Pesquisa Energética – EPE, no dia 28/02/2024 às 09:00 h, realizará o evento de lançamento da terceira edição do Plano Indicativo de Processamento e Escoamento de Gás Natural – PIPE.