EPE participa do Seminário “PD&I: A Transição Energética e o Papel das Empresas de Petróleo e Gás na Geração de Energia Eólica Offshore”

​Gustavo Ponte, Superintendente Adjunto da Superintendência de Geração, representou a EPE no seminário "PD&I: A Transição Energética e o Papel da Energia Eólica e as Empresas de Petróleo e Gás", no dia 04/10, às 9h, na Agência Nacional de Petróleo (ANP). Transmitido ao vivo no canal da ANP no YouTube, a proposta do evento era promover um debate sobre o papel das empresas de petróleo e gás na geração de energia eólica offshore, considerando a pesquisa, desenvolvimento tecnológico e inovação (PD&I). 

Presente no Painel 1 – "Contexto Nacional do PD&I e o papel das Organizações para o Desenvolvimento da Energia Eólica Offshore", Ponte comentou a importância da realização dos projetos pilotos ou PD&I, e os estudos de pesquisa e inovação para aprimorar conhecimento e especializar a mão de obra para a produção de energia a partir da eólica offshore. "Projetos pilotos e de PD&I são fundamentais para construir o desenvolvimento desse setor de forma sustentável e cadenciada", disse o Superintendente.

Gustavo também citou o Decreto 10.946, de 25 de Janeiro de 2022, como um o avanço para estimular os projetos de inovação, sobretudo pela possibilidade de cessão gratuita do espaço marinho para atividades de pesquisa e desenvolvimento. 

Quando questionado sobre a participação do hidrogênio para eólica offshore, em prol do movimento "Power to X", ele acredita que a demanda mundial de hidrogênio de baixo carbono poderá impulsionar a produção de energia eólica offshore.

Gustavo também aproveitou para citar o trabalho da EPE na produção do Roadmap Eólica Offshore Brasil. O documento mapeia os desafios do setor eólico e aponta sugestões de endereçamento, conforme indicações da EPE.

O painel também contou com a participação de Elbia Gannoum, Presidente Executiva da ABEEólica, moderadora da sessão, Fernanda Delgado, Diretora do Instituto Brasileiro de Petróleo IBP, Karina Sousa, do Ministério de Minas e Energia, Guilherme Arantes, do BNDES, e Ben Backwell, da GWEC.

Para assistir ao evento na íntegra, clique aqui.

anp.jpg


Notícias Relacionadas

Workshop sobre a 1ª Revisão Quadrimestral das Previsões de Carga para o PLAN 2024-2028

08/04/2024 - A Empresa de Pesquisa Energética – EPE, o Operador Nacional do Sistema Elétrico – ONS e a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE e promovem na próxima quarta-feira, dia 10 de abril, das 10h às 12h um Workshop para apresentação dos resultados da 1ª Revisão Quadrimestral das Previsões de Carga para o Planejamento Anual da Operação Energética – PLAN 2024-2028.

EPE, ONS e CCEE divulgam primeira revisão quadrimestral da previsão de carga

05/04/2024 - A Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Operador Nacional do Setor Elétrico (ONS), a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) divulgam, nesta sexta-feira (05), os dados da 1ª Revisão Quadrimestral das Previsões de Carga para o Planejamento Anual da Operação Energética - 2024-2028. Para o ano, o aumento previsto é de 3,8% na carga, atingindo o valor 78.814 MW médios.

Boletim Anual de Transmissão 2023

04/04/2024 - A EPE realizou em 2023 análises técnico-econômicas e socioambientais que resultaram na recomendação de diversos novos empreendimentos de transmissão de eletricidade. Essas futuras instalações irão agregar maior confiabilidade ao Sistema Interligado Nacional, aumentando a qualidade no atendimento elétrico aos consumidores brasileiros.

EPE esteve presente na cerimônia de assinatura dos contratos de concessão do Leilão de Transmissão n° 002/2023

04/04/2024 - Nessa quarta-feira, 03/04/2024, foram assinados os contratos de concessão dos lotes licitados no Leilão de Transmissão n° 002/2023. A cerimônia foi realizada em Brasília, com a presença do Ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, além de outras autoridades do Governo Federal, da ANEEL e das Transmissoras vencedoras do leilão.

Licenciamento ambiental da Usina Hidrelétrica Castanheira

27/03/2024 - No dia 18/3/24 a Secretaria de Estado de Meio Ambiente de Mato Grosso (SEMA-MT) publicou o arquivamento do licenciamento ambiental da Usina Hidrelétrica Castanheira. A decisão encerra um processo que se estendia desde 2012, e causa apreensão no setor elétrico.