EPE divulga estudo sobre demanda de energia e eficiência energética para condicionamento de ar

​A EPE desenvolveu um novo estudo para avaliar a demanda de energia para condicionamento de ar nas residências brasileiras e a eficiência energética alcançada. Em parceria com a Universidade Federal do ABC (UFABC) e apoio da FAPESP, a proposta deste exercício é analisar posses e hábitos dos equipamentos elétricos utilizados em domicílios, em conjunto ao cálculo de energia evitada, de forma a projetar a demanda de eletricidade dos condicionadores até 2036 e a eficiência de energia dos aparelhos em uso.

Para realizar as projeções de demanda de energia das residências nos estudos de planejamento, a EPE utiliza o Modelo de Projeção de Energia do Setor Residencial (MSR), que adota uma metodologia baseada na abordagem bottom-up, para os serviços energéticos relacionados à eletricidade, e uma top-down para as demais fontes de energia usadas nos domicílios nacionais. 

Neste Fact Sheet foi utilizado o MSR em conjunto com a ferramenta desenvolvida pela Universidade Federal do ABC (UFABC), a qual avalia os impactos regulatórios de políticas de eficiência energética para aparelhos de ar-condicionado de uso residencial.

Para o cálculo do ganho de eficiência energética, desenvolvido pela a UFABC, com apoio da FAPESP, utiliza-se um indicador que procura representar o quanto a tecnologia evolui ao longo dos anos e torna os aparelhos mais eficientes. Além disso, a ferramenta permite analisar a redução de emissões de gases de efeito estufa e calcular os impactos de políticas como índices mínimos de eficiência energética, etiquetas e selos.

O resultado do exercício apresenta projeções de consumo anual relativos a aparelhos de ar condicionado nas residências brasileiras, relacionadas a cenários de evolução de posse de equipamentos e de eficiência energética.  

 Acesse aqui a publicação

Notícias Relacionadas

EPE participa da inauguração de projeto de pesquisa capaz de produzir energia e água destilada em locais remotos

25/05/2022 - O Presidente da EPE, Thiago Barral, participou no dia 23 de maio, na Coppe/UFRJ, da inauguração de projeto de pesquisa que consiste numa Ilha de Policogeração Sustentável. O projeto combina diversas tecnologias e é capaz de produzir simultaneamente eletricidade e água destilada, com potencial para produção de outros co-produtos, como biocombustivel.

Leilões de Energia Nova A-5 e A-6 de 2022: EPE divulga Resultado do Cadastramento dos Projetos

24/05/2022 - Foi concluído, em 11/05/2022, o cadastramento dos projetos para participação nos Leilões de Energia Nova A-5 e A-6 de 2022. Anunciado pelo Ministério de Minas e Energia por meio da Portaria Normativa nº 41/GM/MME/2022

EPE lança “BiodivEPE - Biodiversidade no planejamento de projetos de energia”

23/05/2022 - A Empresa de Pesquisa Energética - EPE lança a BiodivEPE - Biodiversidade no planejamento de projetos de energia. Uma ferramenta interativa elaborada com recursos de SIG - Sistema de Informações Geográficas.

Relatório Anual Integrado 2021 da EPE já está disponível para consulta

23/05/2022 - De acordo com a Lei nº 13.303/2016, popularmente conhecida como "Lei das Estatais", a divulgação anual de relatório integrado é obrigação prevista para todas as empresas estatais, como é o caso da EPE. Nesse contexto, como parte do seu compromisso com a transparência, a EPE torna público o Relatório Anual Integrado 2021, documento que unifica os relatórios da administração e de gestão em um só documento, sendo importante componente do processo de prestação de contas anuais pela EPE.

EPE conquista Menção Honrosa no Seminário Nacional de Produção e Transmissão de Energia Elétrica

20/05/2022 - Entre os dias 15 a 18 de maio, a Empresa de Pesquisa Energética (EPE) participou da 26ª Edição do Seminário Nacional de Produção e Transmissão de Energia Elétrica – SNPTEE, promovido pelo Comitê Nacional Brasileiro de Produção e Transmissão de Energia Elétrica – CIGRE-Brasil, com a participação de mais de 33 colaboradores.