EPE publica a Nota Técnica sobre a Produção e Consumo de Hidrogênio em Refinarias no Brasil

O hidrogênio é o elemento mais abundante do universo; entretanto, raramente é encontrado em sua forma elementar na Terra, onde deve ser produzido a partir de uma matéria-prima contendo-o, mediante o consumo de energia. A produção de hidrogênio através de combustíveis fósseis apresenta-se como o principal processo para obtenção deste energético.

Atualmente, o gás natural e o carvão são as maiores fontes do hidrogênio produzido no mundo. No Brasil, a maior parte da produção de hidrogênio é proveniente da reforma a vapor do gás natural, sendo consumido principalmente em refinarias e fábricas de fertilizantes, com produção e uso locais.

A Nota Técnica sobre a Produção e Consumo de Hidrogênio em Refinarias no Brasil objetiva explicar, de forma simplificada, o funcionamento das unidades de processo em refinarias que produzem e que consomem hidrogênio, detalhando sua capacidade de produção nas refinarias domésticas. Adicionalmente, apresenta, a partir da análise dos volumes de hidrogênio estimados para uso nas refinarias, no horizonte decenal, um possível excedente de capacidade de produção que poderia ser ofertado ao mercado nacional.

 Nota Técnica sobre a Produção e Consumo de Hidrogênio em Refinarias no Brasil 


Notícias Relacionadas

Emissões de gases de efeito estufa em reservatórios hidrelétricos

26/05/2022 - As usinas hidrelétricas, historicamente, sempre foram vistas como uma das principais opções de geração de energia renovável com baixas emissões. Todavia, ultimamente cresceram os questionamentos de que as emissões atribuídas a uma usina hidrelétrica poderiam ser expressivas ao se contabilizar aquelas associadas aos reservatórios. Tais questionamentos impulsionaram uma gama de estudos a fim de se aprofundar sobretudo na dinâmica do carbono em reservatórios hidrelétricos, a partir de métodos de medição das emissões nos diversos processos observados.

EPE participa da inauguração de projeto de pesquisa capaz de produzir energia e água destilada em locais remotos

25/05/2022 - O Presidente da EPE, Thiago Barral, participou no dia 23 de maio, na Coppe/UFRJ, da inauguração de projeto de pesquisa que consiste numa Ilha de Policogeração Sustentável. O projeto combina diversas tecnologias e é capaz de produzir simultaneamente eletricidade e água destilada, com potencial para produção de outros co-produtos, como biocombustivel.

Leilões de Energia Nova A-5 e A-6 de 2022: EPE divulga Resultado do Cadastramento dos Projetos

24/05/2022 - Foi concluído, em 11/05/2022, o cadastramento dos projetos para participação nos Leilões de Energia Nova A-5 e A-6 de 2022. Anunciado pelo Ministério de Minas e Energia por meio da Portaria Normativa nº 41/GM/MME/2022

EPE lança “BiodivEPE - Biodiversidade no planejamento de projetos de energia”

23/05/2022 - A Empresa de Pesquisa Energética - EPE lança a BiodivEPE - Biodiversidade no planejamento de projetos de energia. Uma ferramenta interativa elaborada com recursos de SIG - Sistema de Informações Geográficas.

Relatório Anual Integrado 2021 da EPE já está disponível para consulta

23/05/2022 - De acordo com a Lei nº 13.303/2016, popularmente conhecida como "Lei das Estatais", a divulgação anual de relatório integrado é obrigação prevista para todas as empresas estatais, como é o caso da EPE. Nesse contexto, como parte do seu compromisso com a transparência, a EPE torna público o Relatório Anual Integrado 2021, documento que unifica os relatórios da administração e de gestão em um só documento, sendo importante componente do processo de prestação de contas anuais pela EPE.