EPE e MME publicam o Caderno de Gás Natural do PDE 2031

No horizonte de 2021 a 2031, as previsões de oferta de gás natural no Brasil se mantiveram otimistas, dadas as perspectivas trazidas pelo Novo Mercado de Gás para o setor e o novo marco setorial consolidado com a Nova Lei do Gás e seu Decreto Regulamentador.  

A oferta nacional na malha integrada, obtida pelo processamento da produção líquida proveniente dos campos onshore e offshore brasileiros, tem perspectivas de crescimento de mais de 100% nos próximos 10 anos, enquanto a demanda por gás natural na malha integrada, somando os segmentos residencial, comercial, industrial, de GNV, downstream e termelétrico, tem aumento de 5% ao ano no decênio. Tanto as perspectivas de oferta quanto de demanda se manteveram estáveis em relação ao PDE 2030.  

Já a capacidade de importação de gás natural pelo Brasil tem perspectivas de ampliação, com o aumento da capacidade do terminal de GNL da Baía de Guanabara na malha integrada para 30 milhões de m³/dia já a partir do primeiro ano, e a perspectiva da entrada de pelo menos 4 novos terminais de GNL em operação no País ao longo do horizonte decenal. Estes terminais foram considerados em um primeiro momento como projetos isolados em relação à malha integrada, mas podem vir a se conectar ao sistema nacional futuramente caso haja autorização para a construção dos respectivos dutos de interconexão.

Clique aqui e acesse o Caderno de Gás Natural.

Notícias Relacionadas

EPE divulga PET/PELP - 1º Semestre de 2022

08/08/2022 - A Empresa de Pesquisa Energética (EPE) emitiu o Programa de Expansão da Transmissão (PET) e Plano de Expansão de Longo Prazo (PELP) - 1º Semestre de 2022.

EPE, ONS e CCEE divulgam os dados da 2ª Revisão Quadrimestral das Previsões de Carga para o Planejamento Anual da Operação Energética - 2022-2026

02/08/2022 - A Empresa de Pesquisa Energética – EPE, o Operador Nacional do Setor Elétrico – ONS e a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE e divulgam os dados da 2ª Revisão Quadrimestral das Previsões de Carga para o Planejamento Anual da Operação Energética - 2022-2026.

EPE, ONS e ANEEL divulgam Nota Técnica com Margens de Capacidade para Escoamento de Energia Elétrica para os Leilões de Energia Nova A-5 e A-6 de 2022.

01/08/2022 - A Empresa de Pesquisa Energética - EPE divulga as Notas Técnicas do Operador Nacional do Sistema (ONS), contendo os quantitativos da capacidade de escoamento de energia elétrica de todos os barramentos da Rede Básica, DIT (Demais Instalações de Transmissão) e ICG (Instalações Compartilhadas de Geração) indicados pelos empreendedores no Sistema AEGE no ato do cadastramento dos Leilões de Energia Nova A-5 e A-6 de 2022.

Resenha Mensal: O consumo nacional de energia elétrica foi 40.718 GWh em junho, expandindo 0,8% em comparação com mesmo mês de 2021.

29/07/2022 - O consumo nacional de energia elétrica foi 40.718 GWh em junho, expandindo 0,8% em comparação com mesmo mês de 2021. A classe comercial novamente lidera a expansão, seguida pela indústria, enquanto o consumo nas residências retrai. O consumo nacional de energia elétrica registrou 504.729 GWh no acumulado em 12 meses, crescimento de 1,8% comparado com o período imediatamente anterior.

Equipe EPE fez visita técnica à usina termelétrica UTE GNA I, localizada no Porto do Açu

29/07/2022 - No dia 27/07/2022, integrantes de diversas áreas da EPE visitaram a usina termelétrica UTE GNA I, localizada no Porto do Açu, no município de São João da Barra (RJ), com cerca de 1.340 MW de capacidade instalada.