MME publica conjunto de estudos de apoio ao PNE 2050

São 23 documentos que abrangem registros de workshops e notas técnicas e estudos feitos pela EPE em 2018

O Ministério de Minas e Energia divulgou nesta segunda-feira (28), em sua página na internet, uma série de estudos realizados para apoiar a elaboração do Plano Nacional de Energia 2050 (PNE 2050). As análises foram feitas ao longo de 2018 em conjunto com a Empresa de Pesquisa Energética (EPE) e, segundo o MME, seguiram recomendações e diretrizes da Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Energético (SPE) da pasta.

O conjunto totaliza 23 documentos que abrangem os registros de quatro workshops e de notas técnicas e estudos da EPE desenvolvidos no ano passado. Os workshops e as reuniões complementares contaram com a participação de mais de 250 representantes de dezenas de órgãos do governo e entidades setoriais e de classe.

Nos encontros, foram discutidos pontos como planos, políticas, estratégias, prospectivas de mercado e de inovação tecnológica que apresentam interface com o setor energético. O MME disponibilizou o e-mail die@mme.gov.br para dúvidas e sugestões acerca dos trabalhos.

Veja abaixo a relação de estudos de apoio do PNE 2050 publicados hoje pelo MME. Para acessar os trabalhos, clique aqui.

 1º e 2º Workshop com governo – áreas de infraestrutura e economia 12/abr e 03/mai/18

 3º Workshop com grandes consumidores 12/jun/18

4º Workshop sobre cenários tecnológicos 19/set/18

Subsídios para Elaboração do Plano Nacional de Energia 2050 – (NT PR 02/18)

Análise Comparativa de Planos de Energéticos de Longo Prazo de Países da América Latina – (NT PR 03/18)

Potencial dos Recursos Energéticos no Horizonte 2050 – (NT PR 04/18)

Premissas e Custos da Oferta de Energia Elétrica no Horizonte de 2050 – (NT PR 07/18)

Cenários Econômicos para o PNE 2050

 Cenários de Demanda para o PNE 2050

Recursos Energéticos Distribuídos 2050 – (NT PR 08/18)

Premissas e Custos da Oferta de Combustíveis no Horizonte de 2050 – (NT PR 09/18)

Desafios da Transmissão no Longo Prazo

Panorama e Perspectivas sobre Integração Energética Regional

Mudanças Climáticas e Desdobramentos sobre os Estudos de Planejamento Energético: Considerações Iniciais

Considerações sobre Comportamento do Consumidor

Desafios do Pré-Sal

Disponibilidade Hídrica e Usos Múltiplos

Considerações sobre a Participação do Gás Natural na Matriz Energética no Longo Prazo

Considerações sobre a Expansão Hidroelétrica nos Estudos de Planejamento Energético de Longo Prazo

Eletromobilidade e Biocombustíveis

Mecanismos de Carbono

Papel da Biomassa na Expansão da Geração de Energia Elétrica

Considerações sobre a Participação da Sociedade no Planejamento de Longo Prazo


Fonte: CanalEnergia 

Nota da ASCOM: A EPE também disponibiliza estes arquivos neste link


Notícias Relacionadas

EPE, ONS e Aneel divulgam Nota Técnica com Metodologia, Premissas e Critérios para o cálculo das margens do Leilão de Energia Nova A-4/2020

10/01/2020 - A Empresa de Pesquisa Energética - EPE divulga Nota Técnica conjunta com o Operador Nacional do Sistema - ONS (EPE-DEE-RE-0103/2019/ONS NT 135/2019) referentes à metodologia, premissas, critérios e configuração do sistema elétrico

EPE conclui cadastramento dos projetos para os Leilões de Energia Existente A-4 e A-5 de 2020

08/01/2020 - Foi concluído, em 07/01/2020, o cadastramento dos projetos para participação nos Leilões de Energia Existente A-4 e A-5 de 2020. Anunciado pelo Ministério de Minas e Energia por meio da Portaria nº 389/2019, os Leilões estão previstos para serem realizados de forma sequencial em 30 de abril

EPE Publica Informe Técnico sobre Potencial Energético dos Resíduos Urbanos - SIENergia

02/01/2020 - Com o intuito de esclarecer a situação, reduzir a assimetria de informação e promover o debate pela sociedade, esse Informe Técnico integra e atualiza dados de trabalhos anteriores e avança no sentido dos conceitos de Economia Circular e de Cidades Inteligentes.

EPE Publica Informe Técnico sobre os Leilões de Energia de 2019

30/12/2019 - Em 2019 foram promovidos cinco importantes Leilões para contratação de energia, tendo a grande maioria participação direta da EPE no processo de habilitação e qualificação técnica e no apoio ao desenho das diretrizes. Os resultados dos Leilões “A-4” e “A-6” garantiram uma expansão da matriz de forma diversificada e com custos competitivos, beneficiando diretamente os consumidores de energia.

EPE publica o Relatório de Planejamento para Atendimento aos Sistemas Isolados, Horizonte 2024 – Ciclo 2019

30/12/2019 - A Portaria MME n. 67/2018 determina que os agentes de distribuição devem apresentar anualmente à EPE suas propostas de planejamento para atendimento aos seus mercados consumidores situados em Sistemas Isolados. Tais propostas são analisadas pela EPE para subsidiar a aprovação das mesmas pelo Ministério de Minas e Energia (MME).