Economia da Energia

A EPE desenvolve uma série de estudos de economia da energia, que se caracterizam por serem transversais onde os aspectos econômicos exercem papel de destaque, como os cenários econômicos (tanto em nível macro quanto setorial), utilizados na formulação de cenários referenciais para os estudos de demanda de energia, da expansão da oferta e da infraestrutura de energia.

São analisadas as perspectivas de preços de energéticos, com ênfase em estudos de competitividade relativa em termos internacionais e desdobramentos nos preços internos de energia. 

A gestão da inovação é outra vertente abrangida neste conjunto de estudos. Nos estudos relacionados ao tema são apresentadas análises sobre perspectivas tecnológicas de inserção de novas tecnologias e evolução de tecnologias consolidadas no mercado através de roadmaps.

Outros estudos de crescente interesse são aqueles relacionados à eficiência energética e recursos energéticos distribuídos em que a EPE busca antecipar mudanças e propor ações, baseadas em análises de custos e benefícios, que possibilitem o aproveitamento eficiente de recursos distribuídos, tais como tecnologias de geração distribuída, armazenamento e veículos elétricos. 

O novo papel do consumidor, os novos modelos de negócios, a descentralização da produção, a presença de recursos energéticos distribuídos e a necessidade de permanente inovação em planejamento, regulação e políticas públicas são temas com grande impacto sobre o planejamento e operação dos sistemas elétricos. Nesse sentido, são elaborados estudos para auxiliar na estimativa de potenciais impactos de planos e programas que alterem a estrutura de mercado de energia vigente no país. Os estudos desenvolvidos nesta temática objetivam antecipar impactos e discutir caminhos que busquem o desenvolvimento sustentável e eficiente de mercado de energia brasileiro.

Aqui você encontra mais informações sobre cada uma destas atividades. 

Últimas Notícias da área de atuação

EPE Publica a Segunda Versão do Relatório de Monitoramento do Progresso de Eficiência Energética no Brasil

12/01/2018 - A segunda edição do relatório de monitoramento do progresso de eficiência energética no Brasil foi concluída pela EPE. Este estudo resulta do monitoramento realizada através da base de indicadores de eficiência energética (BIEE), aderente à base ODYSSEE utilizada na União Européia para monitoramento de ganhos de eficiência energética, tendo sido customizada para o Brasil pela ENERDATA, com o apoio da GIZ, no âmbito da Cooperação Técnica Brasil-Alemanha.

Resenha Mensal: o consumo de eletricidade apresenta o melhor resultado para o mês desde 2014

29/12/2017 - O consumo de energia elétrica na rede totalizou 39.543 GWh em novembro, avanço de 2,4% frente o mesmo mês do ano passado. Esse foi o melhor resultado para o mês desde 2014 (primeiro avanço após duas quedas anuais no mês em 2015 e 2016).

Acompanhamento do mercado de energia elétrica - outubro/2017

18/12/2017 - O consumo nacional de energia elétrica ainda se mantém abaixo dos níveis observados em 2014, a despeito da recuperação observada nos últimos meses.

Últimas publicações da área de atuação

Acompanhamento do mercado de energia elétrica - outubro/2017

O consumo nacional de energia elétrica ainda se mantém abaixo dos níveis observados em 2014, a despeito da recuperação observada nos últimos meses.

Informe Técnico - O Leilão de Transmissão nº 02/2017 e os Estudos de Expansão

Sintetiza os resultados do último leilão de transmissão realizado no dia 15/12/2017, mostrando os benefícios das obras contratadas e sua correlação com o processo de planejamento realizado pelas áreas de estudos elétricos e socioambientais da EPE.

Boletim Econômico - Planejamento da Operação Energética (PEN) 2018-2022

Revisão do PIB para o Plano da Operação Energética (PEN 2022). Aspectos positivos e negativos: o que esperar para os próximos anos.