Nota discute impactos dos Recursos Energéticos Distribuídos no planejamento energético

Com visão de longo prazo voltada para as transformações pelas quais os mercados de energia elétrica vêm passando, a EPE publica Nota de Discussão com o objetivo de identificar desafios para o planejamento energético e explorar caminhos para lidar com as perspectivas de aumento na inserção de recursos energéticos distribuídos. Os recursos energéticos distribuídos (RED, ou Distributed Energy Resources – DER em inglês) são definidos como tecnologias de geração e/ou armazenamento de energia elétrica, localizados dentro dos limites da área de uma determinada concessionária de distribuição, normalmente junto a unidades consumidoras, atrás do medidor (“behind-the-meter”). Com frequência essa definição vem se ampliando para abarcar também eficiência energética, resposta da demanda (RD) e gerenciamento pelo lado da demanda (GLD).

Com a nota de discussão, a EPE busca ampliar o diálogo com a sociedade e dar mais transparência ao seu trabalho, trazendo a público uma agenda de desafios a serem enfrentados para que o planejamento energético brasileiro possa fazer frente às novas tecnologias e modelos de negócios que vêm surgindo. No caso dos recursos energéticos distribuídos, a EPE destaca as necessidades de adaptação nos modelos e nas análises desenvolvidas, que envolvendo temas como a representação de novas tecnologias nos modelos, a aplicação de modelos comportamentais, a elaboração de análises de sensibilidade e uso de ferramentas de tomada decisão sob incerteza.

 nota de dicussao.png

A Nota “Recursos Energéticos Distribuídos: Impactos no Planejamento Energético” pode ser acessada clicando AQUI.

Comentários, sugestões e críticas podem ser enviados para o e-mail: comunicacao@epe.gov.br



Notícias Relacionadas

EPE participa do debate de governança do mercado livre de energia

21/03/2019 - Casos de comercializadoras que não entregaram o que venderam trouxeram à tona temas essenciais para o desenvolvimento do mercado livre de energia, incluindo avançar em uma solução efetiva ao risco hidrológico – mais conhecido como GSF (Generation Scaling Factor) –, em uma nova governança e em maior transparência. Esses foram os principais pontos em análise no club meeting promovido pelo GRI Club Infra nesta quarta-feira, 20/03, no escritório Trench, Rossi e Watanabe Advogados em São Paulo.

EPE apresenta relatório técnico à prefeitura de Iracema

20/03/2019 - Representantes técnicos da EPE - Empresa de Pesquisa Energética foram recebidos pelo chefe de gabinete Waldemir Sousa na manhã desta terça-feira, 19 de março, para tratar de assuntos relacionados a continuidade da elaboração do relatório ambiental e social que dará o aval ou não da expedição da licença prévia para construção da hidrelétrica bem querer.

EPE participa do Workshop de Infraestrutura – Aperfeiçoamentos do Mercado de Geração Hídrica

20/03/2019 - Chuvas abaixo da média e mudanças estruturais no setor elétrico têm causado impactos relevantes nos geradores hidrelétricos, no funcionamento do mercado e no bolso dos consumidores. Diante desse cenário, a Federação das Indústria de São Paulo ( fIESP) organizou um workshop para discussão de ajustes no atual modelo regulatório e de aperfeiçoamentos na formação de preços, na alocação de riscos e na operação do sistema.

Cenário de crise hídrica amplia discussão sobre segurança energética | Reportagem especial do CanalEnergia

18/03/2019 - Com a escassez de chuvas nos últimos anos, especialmente no Nordeste do país, a discussão sobre segurança hídrica x produção de energia elétrica tem se tornado cada vez mais relevante, dado o potencial de conflto que o tema pode gerar. Dados atualizados do último boletim de conjuntura da Agência Nacional de Águas mostram que no ano passado 37,9 milhões de pessoas foram afetadas por secas, contra 3 milhões de atingidos por cheias e inundações. A agencia editou cinco resoluções de restrição ou suspensão de uso da água em 2018

EPE publica documento de perguntas e respostas (FAQ) para o Leilão A-4 de 2019

18/03/2019 - A EPE elaborou um documento com o objetivo de esclarecer as dúvidas dos agentes sobre o cadastramento e habilitação técnica dos projetos para o Leilão A-4 de 2019, previsto para ser realizado em 27/06/2019. Questionamentos acerca dos prazos, aproveitamento dos projetos habilitados em leilões anteriores, margem de escoamento e outras dúvidas são respondidas no documento.