EPE participa de audiência pública na Alerj

A Segunda audiência pública "Análise da Situação Atual e Soluções Futuras da Geração e Distribuição de Energia Elétrica no Estado do Rio de Janeiro pelas Concessionárias ENEL e ENERGISA", da Comissão de Minas e Energia, aconteceu dia 16 de abril de 2019 na Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro). O encontro teve a participação da EPE, da ENEL e da ONS. O objetivo era promover uma análise da situação atual e apresentar futuras soluções para a questão da geração e distribuição de energia elétrica do Rio de Janeiro. 

A abertura da audiência foi realizada pelo Superintendente de Estudos Econômicos e Energéticos Jeferson Soares (SEE/DEA), que teve a oportunidade de participar de uma pré reunião no gabinete do deputado Maxi Lemos com a assessoria para alinhar as demandas desta audiência. O engenheiro palestrou sobre o tema "O setor elétrico brasileiro e o mercado de eletricidade no Estado do Rio Janeiro", uma análise desenvolvida junto a equipe da EPE para apresentar a visão do setor elétrico brasileiro, a situação do Rio de Janeiro, bem como as oportunidades que estado pode aproveitar dentro deste contexto.

Além de destacar o papel da EPE nesta audiência pública e expor as possíveis contribuições da instituição para o estado atuar dentro da área de energia. Outra questão levantada foi a cobertura dos custos de energia no estado, com foco na energia elétrica, apresentando as comparações e os componentes que geram o nível de tarifa de eletricidade atualmente observado no Estado do Rio de Janeiro, em que se pode destacar a carga tributária, como também as perdas não técnicas, fatores estes que contribuem para o quadro.

Também palestraram Luiz Eduardo Batata Ferreira, Diretor-Geral da ONS, e Marcus Floresta, Diretor de Inovação e Desenvolvimento da ENEL. O encontro foi guiado pelos Deputados Zeidan Lula, Brazão, Chico Machado, Maxi Lemos, Welbert Rezende (Vice Presidente da Comissão de Minas e Energia), Filippe Poubel (Membro Efetivo da Comissão de Minas e Energia) e José Bismark (Presidente da AGENERSA). Os representantes levaram à discussão reclamações das populações e experiências pessoais, a fim de cobrar melhorias na qualidade de distribuição da energia e no atendimento aos consumidores.

A audiência reforçou a importância do diagnóstico estruturado de informações como um instrumento fundamental a ser coordenado com outros, como insumo para elaboração de políticas públicas na área energética do estado, gerando interesse por parte da Alerj no sentido de estabelecer futuras parcerias com a EPE nesse campo.

_MG_9889.jpg

_MG_9994.jpg

Notícias Relacionadas

Por que queremos novos critérios de suprimento?

15/07/2019 - No próximo dia 17 de julho a EPE realizará no seu auditório um workshop para apresentar e discutir com os agentes uma proposta de revisão dos atuais critérios de garantia de suprimento. Essa iniciativa ocorrerá no âmbito do GT Modernização do Setor Elétrico e contará com transmissão pelo canal da EPE no Youtube. Esse workshop antecede a abertura de uma consulta pública sobre o tema. Mas afinal, do que se tratam, por que eles são tão importantes e o que se pretende com a sua revisão?

Contribua com o Relatório sobre Critério de Garantia de Suprimento

15/07/2019 - O Grupo Temático de Critério de Suprimento, coordenado pela EPE, elaborou um diagnóstico sobre a situação atual dos critérios de garantia de suprimento e propõe reflexões sobre a inclusão de novos atributos ao critério brasileiro.

EPE participa do evento Workshop to Exchange Experience on Energy System Modelling for Planning

10/07/2019 - Entre os dias 1 e 5 de julho a EPE, representada pelo analista Arnaldo Junior, participou do evento Workshop to Exchange Experience on Energy System Modelling for Planning que ocorreu no Instituto de Energia Hrvoje Požar ( EIHP ) em Zagreb, na Croácia.

EPE lança a Nota Técnica “Resposta da Demanda: Conceitos, aspectos regulatórios e planejamento energético

09/07/2019 - Considerando todos os recursos disponíveis para o Sistema Elétrico Brasileiro, a EPE lança a Nota Técnica “Resposta da Demanda: Conceitos, aspectos regulatórios e planejamento energético”. A resposta da demanda traz aos consumidores de energia elétrica maior poder, conhecimento e gerenciamento sobre seu consumo em resposta às condições de oferta, deixando de ser um coadjuvante neste mercado e passando a possuir participação ativa no futuro do sistema energético.

EPE publica estudo de planejamento da transmissão: Atendimento Elétrico à Região Metropolitana de Porto Alegre

05/07/2019 - Este Informe sintetiza as recomendações do Estudo de Atendimento Elétrico à Região Metropolitana de Porto Alegre (Relatório EPE-DEE-RE-039-2019) e apresenta os principais resultados dos estudos elétricos e das análises socioambientais realizados pela EPE.