EPE participa de audiência pública na Alerj

A Segunda audiência pública "Análise da Situação Atual e Soluções Futuras da Geração e Distribuição de Energia Elétrica no Estado do Rio de Janeiro pelas Concessionárias ENEL e ENERGISA", da Comissão de Minas e Energia, aconteceu dia 16 de abril de 2019 na Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro). O encontro teve a participação da EPE, da ENEL e da ONS. O objetivo era promover uma análise da situação atual e apresentar futuras soluções para a questão da geração e distribuição de energia elétrica do Rio de Janeiro. 

A abertura da audiência foi realizada pelo Superintendente de Estudos Econômicos e Energéticos Jeferson Soares (SEE/DEA), que teve a oportunidade de participar de uma pré reunião no gabinete do deputado Maxi Lemos com a assessoria para alinhar as demandas desta audiência. O engenheiro palestrou sobre o tema "O setor elétrico brasileiro e o mercado de eletricidade no Estado do Rio Janeiro", uma análise desenvolvida junto a equipe da EPE para apresentar a visão do setor elétrico brasileiro, a situação do Rio de Janeiro, bem como as oportunidades que estado pode aproveitar dentro deste contexto.

Além de destacar o papel da EPE nesta audiência pública e expor as possíveis contribuições da instituição para o estado atuar dentro da área de energia. Outra questão levantada foi a cobertura dos custos de energia no estado, com foco na energia elétrica, apresentando as comparações e os componentes que geram o nível de tarifa de eletricidade atualmente observado no Estado do Rio de Janeiro, em que se pode destacar a carga tributária, como também as perdas não técnicas, fatores estes que contribuem para o quadro.

Também palestraram Luiz Eduardo Batata Ferreira, Diretor-Geral da ONS, e Marcus Floresta, Diretor de Inovação e Desenvolvimento da ENEL. O encontro foi guiado pelos Deputados Zeidan Lula, Brazão, Chico Machado, Maxi Lemos, Welbert Rezende (Vice Presidente da Comissão de Minas e Energia), Filippe Poubel (Membro Efetivo da Comissão de Minas e Energia) e José Bismark (Presidente da AGENERSA). Os representantes levaram à discussão reclamações das populações e experiências pessoais, a fim de cobrar melhorias na qualidade de distribuição da energia e no atendimento aos consumidores.

A audiência reforçou a importância do diagnóstico estruturado de informações como um instrumento fundamental a ser coordenado com outros, como insumo para elaboração de políticas públicas na área energética do estado, gerando interesse por parte da Alerj no sentido de estabelecer futuras parcerias com a EPE nesse campo.

_MG_9889.jpg

_MG_9994.jpg

Notícias Relacionadas

EPE, ONS e ANEEL divulgam Nota Técnica com Margens de Capacidade para Escoamento de Energia Elétrica para o Leilão de Energia Nova A-4 de 2020.

27/03/2020 - A Empresa de Pesquisa Energética - EPE divulga a Nota Técnica 25/2020, do Operador Nacional do Sistema (ONS), contendo os quantitativos da capacidade de escoamento de energia elétrica de todos os barramentos da Rede Básica, DIT (Demais Instalações de Transmissão) e ICG (Instalações Compartilhadas de Geração) indicados pelos empreendedores no Sistema AEGE no ato do cadastramento do Leilão de Energia Nova A-4 de 2020.

Impactado pela Covid-19, consumo de energia deve cair 0,9% em 2020

27/03/2020 - A Empresa de Pesquisa Energética – EPE, em conjunto com a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE e o Operador Nacional do Sistema Elétrico – ONS, divulga nesta sexta-feira, os dados da 1ª Revisão Quadrimestral de Carga de 2020 para o Planejamento Anual da Operação Energética – período 2020-2024. Impactado pelas medidas de contenção da Covid-19, o consumo de energia elétrica deve cair 0,9% no ano. A previsão anterior era crescer 4,2%.

Avaliação dos Benefícios Econômicos da Antecipação da Interligação dos Sistemas Isolados do Pará

27/03/2020 - A EPE publica estudo comparativo entre os custos de suprimento a 12 sistemas isoladas do Pará, avaliando os custos da geração local por termelétricas a diesel versus os custos da interligação dessas localidades ao SIN, por meio de redes de distribuição. A análise foi realizada com base na redução dos dispêndios futuros da Conta de Consumo de Combustíveis – CCC.

EPE publica Boletim Anual de Transmissão 2019

26/03/2020 - A EPE realizou análises técnico-econômicas e socioambientais que resultaram na recomendação de diversos novos empreendimentos de transmissão de eletricidade. Essas instalações irão agregar maior confiabilidade ao Sistema Interligado Nacional, aumentando a qualidade no atendimento elétrico aos consumidores brasileiros

Estudo sobre o Aproveitamento do Gás Natural do Pré Sal.

25/03/2020 - A publicação tem como foco o aumento do aproveitamento e da participação do gás natural do Pré-Sal na matriz energética do país, em linha com as diretrizes estabelecidas nas Resoluções nºs 10/2016, 17/2017 e 16/2019 do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), assim como as diretrizes estabelecidas no Programa Novo Mercado de Gás.