EPE divulga Custos Marginais de Operação dos Leilões de Energia Existente A-1 e A-2/2018

A Empresa de Pesquisa Energética - EPE disponibiliza o conjunto dos Custos Marginais de Operação (CMO) que serão utilizados no cálculo dos valores esperados do Custo de Operação (COP) e do Custo Econômico de Curto Prazo (CEC) dos empreendimentos de geração termelétrica para os Leilões de Energia Existente A-1/2018 e A-2/2018.

Adicionalmente, conforme metodologia descrita na Nota Técnica nº EPE-DEE-RE-093/2018-r0, são disponibilizados os Benefícios de Antecipação de GNL (benGNL), que serão utilizados no cálculo dos valores esperados do COP e do CEC para as usinas termelétricas a GNL (Gás Natural Liquefeito) com previsão de despacho antecipado. 

Os valores dos CMO disponibilizados devem ser limitados aos preços de liquidação das diferenças - PLD mínimo (40,16 R$/MWh) e máximo (505,18 R$/MWh) para o cálculo do CEC.

Exclusivamente para estes leilões A-1 e A-2 de 2018, a ferramenta desenvolvida e disponibilizada pela EPE para estimar a garantia física (GF) e a parcela k do Índice de Custo Benefício (ICB) dos empreendimentos participantes nos leilões do ambiente regulado, com contratos na modalidade por disponibilidade, foi adequada para consideração das matrizes de CMO e de benGNL tanto do caso base para cálculo de garantia física quanto para cálculo do COP e CEC específicas para esses leilões.

O aplicativo é construído em Microsoft Excel© e oferece aos empreendedores a possibilidade de se obter uma estimativa destas grandezas. No caso da garantia física, ele incorpora metodologia que, por razões computacionais, aproxima a metodologia estabelecida na Portaria MME nº 101, de 22 de março de 2016. Por este mesmo motivo, os valores por ele calculados podem resultar em valores distintos daqueles que serão publicados para esta grandeza em definitivo após a qualificação.

Apesar dessa ressalva, a ferramenta ora disponibilizada permite que os empreendedores disponham de uma ordem de grandeza destes parâmetros e possam realizar, de maneira ágil, sensibilidades quanto ao impacto na garantia física e parcela k do ICB de parâmetros – inflexibilidade, custo variável unitário, disponibilidade mensal – que servirão de base para a declaração no leilão. A EPE sugere que os empreendedores realizem suas próprias analises de forma independente – por sua conta e risco.

Veja nos anexos abaixo a relação dos Custos Marginais de Operação, dos benefícios de Antecipação do GNL e a ferramenta “GFeK” para os Leilões A-1 e A-2 de 2018.

Custos Marginais de Operação - Leilões A-1 e A-2/2018

GNL A-1 e A-2/2018

Aplicativo para Estimativa de Garantia Física e Parcela K do ICB – Leilões A-1 e A-2 de 2018


Notícias Relacionadas

Revisão Extraordinária de Garantia Física das UHEs Corumbá IV, Jupiá e São Manoel

11/12/2019 - Em cumprimento ao artigo 9º da Portaria MME nº 406/2017, a EPE divulga as Configurações de Referência Atual – CRA0 e CRA1, empregadas na definição dos montantes de Garantia Física de Energia publicados na Portaria MME nº 352/2019, referentes às usinas hidrelétricas Corumbá IV, Jupiá e São Manoel.

EPE publica Nota técnica de Projeções de Preço do Petróleo

10/12/2019 - O potencial da província petrolífera do Pré-sal confere ao Brasil um protagonismo mundial na exploração e produção de petróleo e gás natural em ambiente offshore. Com as expectativas de crescimento da produção nacional de hidrocarbonetos para a próxima década, há oportunidade para o Brasil se posicionar entre os cinco maiores produtores e exportadores de petróleo do mundo.

EPE lança o Fact Sheet “A Química do C1"

09/12/2019 - A EPE lança o Fact Sheet “A QUÍMICA DO C1” que compila os dois temas abordados nos Informes Técnicos da série "Competitividade do Gás Natural”: estudo de caso na indústria de fertilizantes nitrogenados e de metanol.

Iniciamos a Transmissão ao Vivo do Seminário EPE: Petróleo, Gás e Biocombustíveis – Cenário Decenal

05/12/2019 - Já iniciamos a transmissão ao vivo do Seminário EPE: Petróleo, Gás e Biocombustíveis – Cenário Decenal, participe conosco!

EPE apresenta Seminário de Petróleo, Gás e Biocombustíveis

05/12/2019 - Aconteceu nesta quinta-feira, 5, o seminário de Petróleo, Gás e Biocombustíveis na sede da EPE, no Rio de Janeiro. O objetivo foi apresentar o cenário decenal do setor. A mesa de abertura foi composta com o presidente da EPE, Thiago Barral, com o diretor de Estudos do Petróleo, Gás e Biocombustíveis, José Mauro Coelho, com o secretário-executivo adjunto do MME, Bruno Eustáquio, e com o diretor-presidente da Pré-Sal Petróleo S.A., Eduardo Gerk.