EPE apresenta cenários econômicos para os próximos 15 anos

A EPE apresenta o Caderno de Economia, publicação que visa a descrever possíveis cenários de crescimento econômico para o período de 2018 a 2032, bem como as premissas necessárias para alcançá-las. Com isso, a EPE traz referências que devem balizar os próximos estudos de planejamento energético. 

Em virtude do alto grau de incerteza em relação à evolução da economia brasileira nos próximos anos, são apresentados três cenários – um de referência e dois alternativos – a fim de mapear oportunidades e desafios para o crescimento econômico nacional no médio prazo. Para fundamentar a construção de cenários, a publicação da EPE apresenta uma análise da conjuntura econômica e de como a dinâmica da economia mundial e brasileira pode produzir distintos resultados em termos de crescimento do PIB.

No cenário de referência, assume-se o crescimento gradual da produtividade total da economia, em resposta aos investimentos realizados e às reformas que visem a melhorar o ambiente de negócios. Neste cenário, a hipótese é de que as reformas venham a ser parcialmente implementadas, limitando um maior crescimento da economia. Nesse cenário, o PIB brasileiro cresce em média 2,9% a.a. entre 2018 e 2032. Agropecuária cresce 2,7% a.a. puxada pela boa competitividade das commodities agrícolas, enquanto o crescimento da indústria (3,0% a.a.) e dos serviços (2,9% a.a.) estará associado às melhorias no ambiente de negócios e aumento de competitividade.

Acesse aqui o Caderno de Economia


 


Notícias Relacionadas

EPE publica o Anuário Estatístico de Energia Elétrica 2018

17/10/2018 - A Empresa de Pesquisa Energética - EPE disponibiliza as planilhas eletrônicas (workbook) do Anuário Estatístico de Energia Elétrica 2018, nas quais estão disponíveis os dados consolidados de consumo de energia elétrica na rede de distribuição nos últimos cinco anos, com ênfase no ano de 2017 (ano base).

Resenha Mensal: Consumo de eletricidade subiu 2% em agosto

28/09/2018 - O consumo de eletricidade na rede totalizou 38.596 GWh em agosto, nível 2,0% superior ao verificado nesse mês em 2017. Conforme as regiões geográficas, a Norte foi a única a registrar queda no consumo (-11,4%). A melhor taxa foi obtida pela região Centro Oeste (+4,2%), seguida da Nordeste (+3,7%), da Sudeste (+3,1%) e da Sul (+2,4%). Em doze meses a expansão no consumo ficou em 1,6%, com as regiões Centro Oeste (+2,9%) e Sul (+2,7%) apresentando melhores resultados.

EPE publica Estudos Prospectivos da Transmissão: A Importância do Barramento de Conexão de Novos Projetos de Geração

27/09/2018 - Este informe objetiva sensibilizar os agentes de geração, sob a ótica do planejamento setorial, sobre a importância da escolha adequada do ponto de conexão dos novos empreendimentos de geração.

EPE publica Programa de Expansão da Transmissão (PET) / Plano de Expansão de Longo Prazo (PELP), Ciclo 2018 – 2º semestre

27/09/2018 - A Empresa de Pesquisa Energética – EPE publica o “Programa de Expansão da Transmissão (PET) / Plano de Expansão de Longo Prazo (PELP), Ciclo 2018 – 2º semestre”.

Em parceria com o MME, EPE realiza 4º “workshop” do Plano Nacional de Energia 2050

24/09/2018 - No dia 19/setembro, o Ministério de Minas e Energia (MME) promoveu o 4º “workshop” para o desenvolvimento do Plano Nacional de Energia 2050 (PNE 2050), em cooperação com a Empresa de Pesquisa Energética (EPE) e apoio do Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE). O evento ocorreu na sede do MME, e contou com cinco mesas de debates, com participação de mais de 80 representantes de 35 entidades.