Técnicos e executivos da EPE presentes no ENASE 2022

Técnicos e executivos da EPE estiveram presente no ENASE 2022 - Encontro Nacional de Agentes do Setor Elétrico, realizado nos dias 8 e 9 de junho, no Centro de Convenções ExpoMAG. O evento é um dos principais fóruns para debate sobre os desafios e o futuro do setor elétrico brasileiro.

Na manhã do dia 8, o Presidente da EPE, Thiago Barral, participou como debatedor no primeiro painel do dia, sobre os "Desafios da Governança Setorial para o quatriênio 2023-2026", com a presença de Marisete Pereira Dadald, Secretária-executiva – MME, Camila Bomfim, Diretora Geral Substituta da ANEEL, Rui Altieri, Presidente Conselho Administração da CCEE e Luiz Carlos Ciocchi, Diretor Geral do ONS. A moderação ficou a cargo de Alexandre Canazio, Editor do Portal CanalEnergia.

O Presidente da EPE destacou que o projeto de modernização do setor elétrico passa por propostas contidas no PL 414 e falou da importância de promover o engajamento em torno de um marco legal que seja compatível com as necessidades atuais e de futuro da matriz energética.

Barral também informou que a EPE está pronta para discutir a forma de implementação de mecanismos previstos no PL 414, destacando a chamada "separação de lastro e energia. A EPE tem estudos recentes realizados sobre o tema, conforme previsto no Comitê de Monitoramento da Implementação da Modernização do setor elétrico.

Para as novas possibilidades de energia limpa, Barral mencionou as recomendações estratégicas do Plano Nacional de Energia (PNE), divulgado no final de 2020. Novas tecnologias, como hidrogênio, eólica offshore, armazenamento e pequenos reatores modulares fazem parte do escopo de estudos da EPE, de forma a auxiliar no aproveitamento do potencial de energias limpas do Brasil. A EPE também chamou atenção para o trabalho em curso, em parceria com CEBRI E BID, de elaboração de cenários de neutralidade de carbono, que permitirão avançar ainda mais na transição energética e na gestão da segurança energética.

Em outro painel, também no dia 8, o Diretor de Estudos Econômico-Energéticos e Ambientais da EPE, Giovani Machado, foi o moderador. O painel foi focado no "Papel do hidrogênio verde na transformação do setor elétrico", contando com a presença de Camila Ramos, Sócia Diretora da Cela, Elbia Gannoum, Presidente da ABEEÓLICA; Carlos Brandão, Presidente da ABAQUE, Venilton Tadini, Presidente da ABDIB, e Rodrigo Sauaia, Presidente da ABSOLAR.

Giovani aproveitou para ressaltar o fomento que o Brasil tem oferecido para o desenvolvimento da cadeia de hidrogênio há mais de duas décadas: “O Brasil dá suporte em pesquisa em desenvolvimento e inovação à cadeia do hidrogênio há mais de 20 anos”.

O debate também trouxe para pauta reflexões para se pensar em modelos híbridos, os desafios da adesão desta fonte primária no mercado, o aprimoramento de políticas de competitividade e inovação para atrair investidores, e as dificuldades ainda enfrentadas pelo setor eólico e solar.

O tema da 19ª Edição do ENASE foi "Um olhar para 2023- 2026" e o evento foi dividido em painéis abordando sobre o futuro e as perspectivas para os próximos anos após 2022 e as eleições no Brasil. 


Notícias Relacionadas

EPE recebe equipe de transição de governo

08/12/2022 - A Diretoria Executiva da EPE recebeu nesta terça-feira (06/12) em seu Escritório Central membros da equipe de transição de governo que têm atuado no tema Minas e Energia. Durante a reunião, que contou com a presença do Senador Jean-Paul Prates, a equipe manifestou interesse em conhecer os pontos de maior atenção a serem observados pela transição de governo.

Boletim Trimestral de Consumo de Eletricidade – ANO III – Nº11

06/12/2022 - Nesta edição do Boletim Trimestral, são analisados os principais movimentos ocorridos de julho a setembro de 2022 nas classes de consumo industrial, residencial e comercial, bem como a sua associação com a conjuntura econômica verificada no período.

EPE publica nota técnica da revisão ordinária da garantia física de usinas hidrelétricas

05/12/2022 - O Ministério de Minas e Energia (MME) publicou, no dia 02/12/2022, a Portaria nº 709 GM/MME/2022 com os Valores Revistos de Garantia Física de Energia das Usinas Hidrelétricas Despachadas Centralizadamente no Sistema Interligado Nacional, para início de vigência em 1° de janeiro de 2023.

Webinar Eficiência Energética: Ações norteadoras para as edificações brasileiras

01/12/2022 - No dia 08 de dezembro, a EPE promoverá um webinar com o objetivo de apresentar proposta de ações norteadoras para o aumento da eficiência energética nas edificações brasileiras, contribuindo para orientar a alocação dos investimentos nesse setor. Particularmente, busca identificar ações para aumentar a eficácia dos programas existentes, bem como mapear novos programas e mecanismos a fim de ampliar a eficiência energética e a competitividade da indústria nacional.

Resenha Mensal: o consumo nacional de energia elétrica, em novembro de 2022, ficou estável (-0,3%) em comparação com mesmo mês de 2021

30/11/2022 - Indústrias (+0,9%) e residências (+0,6%) registram expansão no consumo de eletricidade na comparação interanual. Já o consumo no comércio permaneceu estável (-0,1%), enquanto outros consumos (-4,7%) retraíram no mesmo período. No acumulado em 12 meses o consumo nacional registrou 507.226 GWh, alta de 1,2% em comparação ao período imediatamente anterior.