País precisa diversificar fontes de energia sem gerar ineficiências

Responsável pela coordenação dos estudos que subsidiarão o planejamento energético do governo de Jair Bolsonaro, o presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Thiago Barral, vê com bons olhos o avanço da energia eólica e solar e a diversificação dos recursos energéticos brasileiros. Ele entende, no entanto, que há necessidade de aperfeiçoamento do modelo de avaliação da segurança energética do país em relação ao novo cenário e que a solução deve ter razoabilidade econômica, para não onerar consumidores nem prejudicar investidores

Este trecho é parte de conteúdo que pode ser lido e compartilhado utilizando o link 


barral_valor2.png





Notícias Relacionadas

EPE participa da Websérie Óleo, Gás e Naval promovida pela FIRJAN

24/09/2020 - A EPE, representada Diretora de Estudos do Petróleo, Gás e Biocombustíveis, Heloisa Borges, participou nesta quinta-feira, 24/09, do websérie Óleo, Gás e Naval, com Foco em Abastecimento, promovido pela FIRJAN, cujo foco das discussões foi o Mercado de Downstream no Brasil e Rio de Janeiro e oportunidades para o mercado.

EPE publica Nota Técnica sobre a Monetização de Gás Natural Offshore no Brasil

22/09/2020 - O documento tem por objetivo a apresentação das principais tecnologias para monetização de gás natural produzido em ambiente marítimo no Brasil, apresentando também estudos de caso que permitam avaliar cada uma das tecnologias estudadas e realizar uma análise comparativa destas alternativas para projetos offshore.

Webinar sobre a modelagem das fontes renováveis variáveis

21/09/2020 - O GT Metodologia – CPAMP convida a todos para o Webinar sobre a modelagem das fontes renováveis variáveis que será realizado no dia 28/10/2020.

Lancamento oficial da Plataforma Biofuture na Clean Energy Ministerial

18/09/2020 - Em um evento de lançamento de alto nível , representantes do governo, a Agência Internacional de Energia e os principais líderes da indústria pediram colaboração internacional e envolvimento com o setor privado para atingir o clima global e as metas de transição energética

Resenha Mensal: O consumo de energia elétrica no Brasil em junho totalizou 35.630 GWh

15/09/2020 - O consumo de energia elétrica no Brasil em junho totalizou 35.630 GWh, representando recuo de 7,3% em relação ao mesmo mês de 2019. O consumo acumulado em 12 meses alcançou 471.233 GWh, registrando uma variação negativa de 1,7%.