País precisa diversificar fontes de energia sem gerar ineficiências

Responsável pela coordenação dos estudos que subsidiarão o planejamento energético do governo de Jair Bolsonaro, o presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Thiago Barral, vê com bons olhos o avanço da energia eólica e solar e a diversificação dos recursos energéticos brasileiros. Ele entende, no entanto, que há necessidade de aperfeiçoamento do modelo de avaliação da segurança energética do país em relação ao novo cenário e que a solução deve ter razoabilidade econômica, para não onerar consumidores nem prejudicar investidores

Este trecho é parte de conteúdo que pode ser lido e compartilhado utilizando o link 


barral_valor2.png





Notícias Relacionadas

Presidente da EPE participa da webinar “ENERGY TechTalks: a tecnologia construindo o setor elétrico do futuro”

03/07/2020 - Na última quarta-feira, dia 01 de julho, o presidente da EPE, Thiago Barral, participou como debatedor na webinar “ENERGY TechTalks: a tecnologia construindo o setor elétrico do futuro”.

EPE lança a Décima Primeira Edição da Análise de Conjuntura dos Biocombustíveis - Ano 2019

03/07/2020 - A décima primeira edição da Análise de Conjuntura dos Biocombustíveis apresenta fatos relevantes do mercado de biocombustíveis ocorridos em 2019. Este ano foi marcado pelos recordes históricos de produção de etanol e biodiesel e pelas importantes ações na implementação do RenovaBio.

EPE prorroga o trabalho remoto até 31 de dezembro.

01/07/2020 - A EPE informa que prorrogou o regime de trabalho remoto em caráter excepcional até 31/12/2020, em razão da evolução dos casos de Covid-19. A decisão foi tomada em reunião de Diretoria Executiva no dia 29 de junho de 2020, após avaliação de custos, riscos e benefícios de um retorno em mais curto prazo.

Diretora da EPE participa, como palestrante, da Webinar “Perspectivas para o Mercado de Combustíveis no Brasil pós-Covid-19”

30/06/2020 - Iniciativa da FGV Energia, a webinar tratou sobre as perspectivas para o Mercado de Combustíveis no Brasil pós-Covid-19 e ocorreu na última segunda-feira, dia 29/06. A diretora de Estudos sobre o Petróleo, Gás e Biocombustíveis da EPE, Heloísa Borges, foi uma das palestrantes, junto com diversos outros especialistas da área.

Resenha Mensal: o consumo de energia elétrica, em maio, totalizou 36.051 GWh

30/06/2020 - Em maio de 2020, o consumo de energia elétrica no Brasil totalizou 36.051 GWh, demostrando recuo de 11% sobre igual mês de 2019. O consumo acumulado em 12 meses alcançou 474.037 GWh, registrando uma variação negativa de 1,1%.