EPE participa do Coalition for Disaster Resilient Infrastructure (CDRI)

O Presidente da EPE, Thiago Barral, participou hoje (05/05) do Coalition for Disaster Resilient Infrastructure (CDRI), uma coalizão que visa promover discussões para tornar Sistemas de Infraestrutura, novos e já existentes, mais resilientes frente aos riscos e desastres climáticos, e buscar, assim, um desenvolvimento mais sustentável.  Barral trouxe como exemplo o planejamento e operação do sistema elétrico brasileiro, o qual precisou responder e se readequar imediatamente ao lidar com a escassez hídrica recente.

Dentre os assuntos em pauta, o Presidente da EPE comentou como cenários de escassez de água tornaram-se questões de prioridade hoje no país, incentivando a criação de estratégias para operação e expansão do sistema. Um plano de recuperação de reservatórios está em desenvolvimento e a rede de transmissão está sendo fortemente desenvolvida para permitir que o sistema realize e continue a integração de fontes renováveis.

Barral também comentou o apoio do Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE), liderado pelo Ministério de Minas e Energia, que tem sido imprescindível na gestão Governamental para lidar com os desafios hidrológicos.

O CDRI trata-se de uma parceria mundial, a qual envolve Governos Internacionais, Agências da ONU, o setor privado, bancos de financiamentos e instituições de conhecimento, a fim de promover encontros para tornar os sistemas de infraestrutura mais resilientes diante dos riscos e desastres climáticos

O evento foi transmitido pelo Canal do CDRI no Youtube

WhatsApp Image 2022-05-05 at 09.13.26 (1).jpeg



Notícias Relacionadas

Leilão de Reserva de Capacidade na forma de Energia: Informe de Habilitados e Vencedores

03/10/2022 - A EPE publica Informe Técnico com a consolidação dos dados da habilitação técnica e dos resultados do Leilão de Reserva de Capacidade na forma de Energia, de 2022, realizado em 30/09/2022. O documento apresenta detalhes do cadastramento e habilitação dos empreendimentos, além de informações sobre os vencedores do certame.

Resenha Mensal: o consumo nacional de energia elétrica ,em agosto de 2022, expandiu 3,0% em comparação com mesmo mês de 2021

30/09/2022 - O consumo nacional de energia elétrica foi de 42.097 GWh, em agosto de 2022, expandindo 3,0% em comparação com mesmo mês de 2021. A classe comercial continua liderando a expansão, porém também contribuem de forma bastante relevante para a alta a classe industrial, principalmente, e a classe residencial. No acumulado em 12 meses o consumo nacional registrou 507.074 GWh, alta de 1,4% em comparação ao período imediatamente anterior.

EPE divulga atualização da programação de estudos de planejamento da transmissão – Setembro de 2022

30/09/2022 - Atendendo ao disposto no §4º do Art. 3º da Portaria nº 215, de 11 de maio de 2020, a EPE divulga o 3º Informe Trimestral acerca do estágio de execução dos estudos de transmissão previstos de serem realizados sob a sua coordenação ao longo do ano de 2022, incluindo eventuais atualizações de cronograma, conforme previamente acordado com a Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Energético do MME.

EPE participa de debate sobre projetos florestais no Rio Oil and Gas 2022

29/09/2022 - No segundo dia de Rio Oil and Gas (27/09), o Diretor de Estudos Econômico-Energéticos e Ambientais da EPE, Giovani Machado foi mediador do painel “Estratégias de Mitigação com Projetos Florestais – Melhor Custo Marginal de Abatimento para Indústria de Óleo e Gás e para Sociedade”, da arena ESG – um espaço do evento destinado a discussões sobre aspectos de Meio Ambiente, Segurança e Saúde da indústria de óleo e gás.

EPE promoverá Webinar sobre Eficiência Energética

29/09/2022 - No dia 19 de outubro, a EPE promoverá um webinar internacional com o objetivo de evidenciar que é fundamental harmonizar conceitos de eficiência energética, objetivos políticos e indicadores, que são selecionados para monitorar e avaliar o desempenho da política e o cumprimento de metas. Em outras palavras, os conceitos são muito importantes para desenhar boas políticas e selecionar o conjunto adequado de indicadores de eficiência energética.