EPE e MME disponibilizam Mapa Estratégico para desenvolvimento do mercado de veículos médios e pesados movidos a gás natural e biometano

​A Empresa de Pesquisa Energética (EPE) e o Ministério de Minas e Energia (MME) divulgam, nesta terça-feira (14/02), um mapa estratégico (roadmap) para promoção do mercado emergente e sustentável de veículos médios e pesados, como ônibus, caminhões e tratores, movidos a gás natural e biometano. O desenvolvimento desse mercado pode trazer diversos benefícios, como redução de emissões, possibilidade de diminuição do custo de frete e desenvolvimento do mercado de gás natural, com interiorização desse energético.

Em março de 2019, os governos do Brasil e dos Estados Unidos deram início a uma iniciativa de cooperação bilateral denominada Fórum de Energia EUA-Brasil (USBEF). Presidido pelo MME e pelo Departamento de Energia dos EUA (U.S. DOE), o USBEF busca fortalecer a relação entre os dois países nas indústrias de energia por meio de colaboração em questões técnicas, regulatórias e de política de interesse mútuo. A parceria prevê também a contribuição na redução das barreiras críticas ao comércio e investimento bilateral de energia.

Uma das iniciativas acordadas foi o desenvolvimento do roadmap, patrocinado pelo U.S. DOE e elaborado em parceria com um de seus laboratórios nacionais, o Argonne National Laboratory. Os documentos resultantes desse trabalho constituem importantes subsídios para o desenho e o aperfeiçoamento de políticas energéticas, como o Novo Mercado de Gás e outras, desenvolvidas em nível estadual, bem como para políticas de descarbonização no setor de transportes do Brasil, como o Combustível do Futuro.

Pelo lado brasileiro, a iniciativa contou com a organização da EPE e teve ampla participação do setor público, agentes da indústria de gás natural, operadores de frota, fabricantes de veículos, fornecedores de componentes e equipamentos de GNV (gás natural veicular), fornecedores de combustíveis e sociedade civil. O projeto teve início em 1º de novembro de 2020 e terminou em agosto de 2021, quando foi realizado o workshop de conclusão do trabalho.

Acesse aqui os documentos


site.png



Notícias Relacionadas

MME e EPE publicam Cadernos de Preços Internacionais de Petróleo e de Derivados do PDE 2032

27/09/2022 - O caderno de projeções dos preços internacionais de petróleo e o caderno de preços internacionais de derivados de petróleo, ambos como parte de estudo suplementar do Plano Decenal de Expansão de Energia 2032 (PDE 2032), foram elaborados pela Superintendência de Derivados de Petróleo e Biocombustíveis da EPE, em conformidade com diretrizes do MME.

EPE participa do Wind Energy Hamburg, uma das maiores feiras focadas em energia eólica no mundo.

27/09/2022 - Gustavo Ponte, Superintendente Adjunto, e Bernardo Folly, Superintendente da DEE,  participou hoje (27/09/2022) do Wind Energy, em Hamburgo. Promovido pelo Banco Mundial, GWEC, IFC e ESMAP, o evento tem a proposta de trazer discussões sobre a eólica offshore.

EPE irá participar do Rio Oil and Gas 2022

23/09/2022 - Entre os dias 26 à 29 de setembro, a EPE participará ativamente do Rio Oil and Gas 2022, evento realizado no Boulevard Olímpico, na Zona Portuária do Rio de Janeiro, e com transmissão online.

EPE publica o Boletim de Conjuntura da Indústria do Óleo & Gás do 1º semestre/2022

16/09/2022 - A publicação, que destaca os principais acontecimentos do 1º semestre de 2022, registra o histórico da indústria alemã de óleo & gás, mostra as reservas do país e a preocupação com a diversificação de sua matriz energética a fim de reduzir sua dependência de importação de combustíveis fósseis.

EPE irá participar do Brazil Windpower 2022

15/09/2022 - O presidente da EPE, Thiago Barral, o Diretor de Estudos de Energia Elétrica, Erik Rego, e o Superintendente Adjunto de Geração, Gustavo Ponte, irão participar do Brazil Windpower 2022, nos dias 19 e 20 de outubro, no São Paulo Expo.