CO – Conheça os aprimoramentos propostos nos modelos computacionais utilizados pelo setor elétrico – Reunião da CPAMP

A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE, como uma das instituições integrantes da Comissão Permanente para Análise de Metodologias e Programas Computacionais do Setor Elétrico (CPAMP), informa que foram aprovados pela Comissão, em reunião realizada no dia 22/07, os aprimoramentos propostos na cadeia de modelos computacionais utilizados pelo setor elétrico. Na decisão foram consideradas as contribuições recebidas nas Consultas Públicas MME nº 109/2021 e nº 111/2021, que ocorreram nos períodos de 2 de junho a 2 de julho e de 5 a 15 de julho de 2021, respectivamente.

As instituições que compõem a CPAMP decidiram propor o uso, a partir de janeiro de 2022, das seguintes metodologias e parâmetros:

(i)    atualização dos Volumes Mínimos Operativos (VminOp) nos modelos NEWAVE e DECOMP de forma flat:

     REE Sudeste, Paraná e Paranapanema: 20%;

     REE Sul e Iguaçu: 30%;

     REE Nordeste: 23,5%;

     REE Norte: 20,8% (18% no mês de dezembro de acordo com a curva de operação da usina de Tucuruí).

(ii)    representação do Volume Mínimo Operativo (VMinOp) no modelo DECOMP por meio da funcionalidade RHE;

(iii)   parâmetros do CVaR (α=50, λ=35)

A decisão sobre os referidos aperfeiçoamentos no início de 2022 é importante não apenas porque permanece o objetivo estabelecido pelo Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico - CMSE de recuperação estrutural dos níveis dos reservatórios, mas também por afetar a elaboração anual do Plano Decenal de Energia e, assim, o planejamento indicativo da expansão, e ainda os cálculos de garantia física que consideram sempre a versão mais atualizada dos modelos.

Adicionalmente, foi mantido o compromisso de validação do PAR(p)-A no primeiro trimestre de 2022, associada à calibração do CVaR, para atualização da representação da aversão ao risco mais aderente à realidade operativa do SIN. Essas mudanças, nos termos da Resolução CNPE nº 7/2016, só terão eficácia na operação e na formação de preços a partir de 2023.

Os aperfeiçoamentos propostos buscam atender às necessidades identificadas para melhorar a representação da realidade operativa do Sistema Interligado Nacional (SIN) nos modelos, proporcionar o adequado sinal econômico do Preço de Liquidação das Diferenças - PLD e justa alocação dos custos para os diversos segmentos.

Conheça as informações detalhadas na notícia publicada no site do Ministério de Minas e Energia – MME  e nas atas do CEPAMP:

Apresentação GT Metodologia CPAMP - Reunião Plenária Extraordinária 22.07.2021

Memória Reunião Plenária Extraordinária CPAMP - Reunião 22.07.2021

Notícias Relacionadas

EPE publica Estudo de Alternativas para Suprimento a Fernando de Noronha

06/12/2021 - Fernando de Noronha é um paraíso natural que atrai um grande número de turistas todo ano. A ilha é considerada um Sistema Isolado do ponto de vista elétrico, pois não está conectada ao Sistema Interligado Nacional (SIN). Nesse sentido, a geração de energia elétrica no local é realizada a partir de uma usina termelétrica a óleo diesel. Conforme estudos de Planejamento dos Sistemas Isolados conduzidos pela EPE, a partir das informações disponibilizados pelas distribuidoras, está previsto um importante crescimento da carga da ilha nos próximos anos, o que deverá resultar na necessidade de expansão do atual parque gerador.

EPE é certificada no nível 2 no 5º ciclo do IG-SEST

02/12/2021 - Em cerimônia realizada ontem pelo Ministério da Economia, a EPE recebeu o certificado referente ao 5° Ciclo de avaliação do indicador IG-SEST. Dentre as 60 empresas estatais participantes, somente 31 foram certificadas. A EPE foi classificada no nível 2, com nota global 8,55. Além disso, a EPE obteve pontuações acima da mediana para todos os temas avaliados.

EPE e MME publicam o Caderno de Gás Natural do PDE 2031

01/12/2021 - No horizonte de 2021 a 2031, as previsões de oferta de gás natural no Brasil se mantiveram otimistas, dadas as perspectivas trazidas pelo Novo Mercado de Gás para o setor e o novo marco setorial consolidado com a Nova Lei do Gás e seu Decreto Regulamentador.

Resenha Mensal: O consumo de eletricidade no Brasil em outubro de 2021 apresentou recuo de 0,5% em relação ao mesmo mês de 2020

30/11/2021 - O consumo nacional de eletricidade em outubro foi de 42.621 GWh, recuo de 0,5% em comparação com mesmo período de 2020 e o primeiro mês em 2021 com retração, na comparação interanual. Ainda assim, outubro anota o segundo maior consumo de 2021. Responsável pela retração no mês, a redução do consumo nas residências superou a expansão no comércio e na indústria. O consumo acumulado em 12 meses totalizou 498.769 GWh, expansão de 5,1% comparado ao período anterior.

Webinar - Lançamento do Zoneamento Nacional de Recursos de Óleo e Gás Ciclo 2019-2021

30/11/2021 - O lançamento da sexta edição do estudo Zoneamento Nacional de Recursos de Óleo e Gás já tem data marcada: 13/12/2021, às 18h. O Estudo contínuo realizado em ciclos bianuais pela EPE, é uma importante ferramenta que apoia o Ministério de Minas e Energia (MME) na elaboração do planejamento energético, e completa em 2021, 10 anos de publicação.