Informe Técnico - Competitividade do Gás Natural: Estudo de Caso na Indústria de Fertilizantes Nitrogenados

O Informe Técnico "Competitividade do Gás Natural: Estudo de Caso na Indústria de Fertilizantes Nitrogenados" é primeiro documento de uma série, que tem por objetivo avaliar o potencial de entrada de novas unidades industriais intensivas em gás natural.

Em linha com o "Novo Mercado de Gás", este estudo tem como objetivo ampliar as discussões relativas aos condicionantes para a atratividade de investimentos em segmentos industriais intensivos em gás natural. A implementação de medidas desenvolvidas no âmbito do "Novo Mercado de Gás", assim como as  perspectivas de oferta adicional de gás natural do pré-sal e da Bacia de Sergipe-Alagoas, deve aumentar a competitividade do gás natural no Brasil.

No caso da indústria de fertilizantes nitrogenados, a principal premissa é a substituição de importações como efeito do aumento da competitividade do gás natural no setor. A partir da definição de uma planta típica, com capacidade instalada e volume consumido de gás natural, é apresentado um estudo de caso para a definição da faixa de preço que viabiliza investimentos em novas instalações, considerando os custos operacionais e logísticos na cadeia de fertilizantes nitrogenados.

O potencial obtido indica a entrada de 4 novas plantas, além da atualmente em construção, totalizando cerca de 10 MMm³/dia em volume de gás natural consumido. A materialização deste potencial reduziria a dependência externa de ureia dos atuais 75% para 10% do consumo total até 2034. O preço do gás natural que viabilizaria investimentos em plantas de fertilizantes nitrogenados, nas condições estudadas, varia de 4 a 7 USD/MMBTU.

Boa leitura!

Clique aqui para acessar o informe