Thiago Barral, da EPE: A arte de planejar em meio a crises

Coronavírus, queda de demanda abrupta, modernização do setor elétrico, habilitação de projetos para leilões de energia e muitas doses de método fazem parte desse momento

Por MAURÍCIO GODOI, DA AGÊNCIA CANALENERGIA, DE SÃO PAULO (SP) 

​Dados e mais dados. É assim que os técnicos responsáveis pelo planejamento do setor elétrico nacional se veem nesse momento. Uma verdadeira imersão em informações que vão desde indicadores econômicos, oscilações da demanda, expansão da matriz e que chegam até mesmo ao comportamental do consumidor de energia e suas tendências no longo prazo. 

Essa é a descrição do atual ambiente que circunda a Empresa de Pesquisa Energética em meio à atividade de construção de cenários para a elaboração do PDE 2030. Já não bastasse essa complexidade há novos ingredientes, potencializados pela crise sanitária que deixa reexos econômicos e reverberações óbvias no consumo de energia elétrica no país, como tem-se visto desde a segunda quinzena de março. 

Em entrevista à Agência CanalEnergia, concedida na semana seguinte à divulgação da primeira revisão quadrimestral da carga em 2020, o presidente da EPE, Thiago Barral, traça um panorama do atual momento para o planejamento da matriz energética brasileira diante desses desaos. Além de todas as atribuições do dia a dia a empresa se vê em meio aos estudos visando a modernização do setor. Nas palavras do executivo, as ações têm como meta subsidiar o Poder Concedente com as informações mais precisas possíveis para a adoção de uma política energética assertiva. 

Confira abaixo os principais trechos da entrevista concedida via teleconferência pelo executivo em função das medidas de distanciamento social para combate à pandemia de covid-19.

Entrevista - Reportagem Especial CanalEnergia

Fonte: CanalEnergia

Notícias Relacionadas

EPE REALIZA I “WORKSHOP” DO MERCADO DE ENERGIA ELÉTRICA DO CICLO 2020

02/06/2020 - A primeira edição de 2020 do Workshop do Mercado de Energia Elétrica no âmbito da COPAM (Comissão Permanente de Análise e Acompanhamento do Mercado de Energia Elétrica) ocorreu no dia 21 de maio por videoconferência.

EPE projeta impactos da Covid-19 no mercado brasileiro de combustíveis

02/06/2020 - Os desdobramentos das medidas adotadas com o objetivo de conter a disseminação da pandemia da Covid-19 provocaram um grande impacto na demanda de combustíveis. Para analisar suas consequências no comportamento do mercado brasileiro, a EPE projetou três trajetórias, de 2020 até 2022, que contemplam hábitos de consumo da população e períodos de isolamento social.

Resenha de Maio reflete impactos da pandemia da COVID-19

29/05/2020 - O consumo de energia elétrica na rede em abril apresentou retração de 6,6% em relação a igual período do ano anterior, refletindo os impactos da pandemia da COVID-19 nas classes de consumo, principalmente, nas classes comercial (-17,9%) e industrial (-12,4%).

EPE publica Instruções para Apresentação de Planejamento dos Sistemas Isolados

28/05/2020 - EPE publica a atualização das "Instruções para Apresentação de Proposta de Planejamento do Atendimento aos Sistemas Isolados". Nesse ciclo de 2020, assim como já realizado no ciclo anterior, as propostas deverão ser submetidas à EPE exclusivamente por meio do Sistema de Acompanhamento dos Sistemas Isolados – SASI, plataforma desenvolvida com o objetivo de automatizar e agilizar os processos de coleta e de análise dos dados de planejamento das distribuidoras.

Heloísa Borges Esteves é eleita Diretora de Petróleo, Gás e Biocombustíveis da EPE

25/05/2020 - A Empresa de Pesquisa Energética (EPE), anuncia a nomeação e posse de Heloísa Borges Esteves como Diretora de Estudos do Petróleo, Gás e Biocombustíveis. Para assumir a nova função da EPE, ela deixa o posto que ocupava à frente da Superintendência de Promoção de Licitações da Agência Nacional do Petróleo (ANP).