Terminais de Regaseificação de GNL no Brasil - Panorama dos Principais Projetos

Nos últimos leilões de energia no Brasil, boa parte dos projetos termelétricos bem-sucedidos traziam em seu modelo de negócio usinas termelétricas a gás natural vinculadas a terminais de GNL. Essa alternativa tem se mostrado uma das mais competitivas para a contratação de energia nova. O consequente aumento do número de projetos de terminais de GNL com objetivo de suprir gás natural para térmicas na costa brasileira poderia trazer para o mercado de gás natural uma maior diversidade de oferta.

Em um mercado aberto, conforme o que se desenha com o Novo Mercado de Gás, isso pode se tornar uma vantagem competitiva, uma vez que garante segurança operacional ao transportador e ao carregador, permitindo também o atendimento da demanda por meio de GNL no caso de paradas para manutenção na infraestrutura. Dessa forma, este documento apresenta um panorama dos principais projetos de terminais de regaseificação de GNL na costa brasileira e discute alguns pontos relevantes na tomada de decisão da construção dessas infraestruturas, como a diferença entre a construção de terminais em portos públicos ou terminais de uso privado fora da área de Porto Organizado, e as principais etapas para obter as licenças e autorizações para este tipo de terminal.

Nota Técnica - Terminais de Regaseificação de GNL no Brasil

Notícias Relacionadas

Revisão Extraordinária de Garantia Física das UHEs Corumbá IV, Jupiá e São Manoel

11/12/2019 - Em cumprimento ao artigo 9º da Portaria MME nº 406/2017, a EPE divulga as Configurações de Referência Atual – CRA0 e CRA1, empregadas na definição dos montantes de Garantia Física de Energia publicados na Portaria MME nº 352/2019, referentes às usinas hidrelétricas Corumbá IV, Jupiá e São Manoel.

EPE publica Nota técnica de Projeções de Preço do Petróleo

10/12/2019 - O potencial da província petrolífera do Pré-sal confere ao Brasil um protagonismo mundial na exploração e produção de petróleo e gás natural em ambiente offshore. Com as expectativas de crescimento da produção nacional de hidrocarbonetos para a próxima década, há oportunidade para o Brasil se posicionar entre os cinco maiores produtores e exportadores de petróleo do mundo.

EPE lança o Fact Sheet “A Química do C1"

09/12/2019 - A EPE lança o Fact Sheet “A QUÍMICA DO C1” que compila os dois temas abordados nos Informes Técnicos da série "Competitividade do Gás Natural”: estudo de caso na indústria de fertilizantes nitrogenados e de metanol.

Iniciamos a Transmissão ao Vivo do Seminário EPE: Petróleo, Gás e Biocombustíveis – Cenário Decenal

05/12/2019 - Já iniciamos a transmissão ao vivo do Seminário EPE: Petróleo, Gás e Biocombustíveis – Cenário Decenal, participe conosco!

EPE apresenta Seminário de Petróleo, Gás e Biocombustíveis

05/12/2019 - Aconteceu nesta quinta-feira, 5, o seminário de Petróleo, Gás e Biocombustíveis na sede da EPE, no Rio de Janeiro. O objetivo foi apresentar o cenário decenal do setor. A mesa de abertura foi composta com o presidente da EPE, Thiago Barral, com o diretor de Estudos do Petróleo, Gás e Biocombustíveis, José Mauro Coelho, com o secretário-executivo adjunto do MME, Bruno Eustáquio, e com o diretor-presidente da Pré-Sal Petróleo S.A., Eduardo Gerk.