Plano Decenal de Expansão de Energia 2027 - Informe à Imprensa

Está disponível até 27 de novembro a Consulta Pública do Plano Decenal de Expansão de Energia 2027 (PDE 2027). O documento é o resultado dos estudos de planejamento setorial realizado pelas equipes técnicas do Ministério de Minas e Energia (MME) e da Empresa de Pesquisa Energética (EPE).


Baixe aqui, o informe à imprensa


Notícias Relacionadas

EPE apresentará resultados da Habilitação Técnica para o Leilão A-6/2019

16/09/2019 - A EPE cadastrou e deverá habilitar um número recorde de projetos para participação no Leilão A-6/2019. Nesse contexto, será realizada no dia 02 de outubro uma apresentação sobre o resultado da Habilitação Técnica dos projetos cadastrados, abordando também aspectos relevantes da análise técnica, além das tendências das características dos empreendimentos.

Simulador para Avaliação de Viabilidade de Ônibus Elétrico da EPE

12/09/2019 - A EPE divulgou em maio de 2019 a ferramenta de avaliação de viabilidade técnico-econômica de ônibus elétricos urbanos. Recentemente o tema voltou a ser pauta, no programa do Fantástico (Globo) do dia 8 de setembro. A reportagem mostra a cidade de Shenzhen, no sul da China, que tem o objetivo de construir uma economia sustentável com a base de energia renovável.

EPE supera expectativas com a Rio Pipeline 2019

11/09/2019 - A presença da EPE com estande nos três dias de evento da Rio Pipeline 2019 deixou um legado: destacar a relevância de estudos promissores para o setor.

EPE no The Madrid Energy Conference

10/09/2019 - A EPE participou do The Madrid Energy Conference 2019 no segundo dia do evento (5) que ocorreu na Espanha, organizado pelo Institute of the Americas e IPD Latin America.

EPE divulga primeira edição do Plano Indicativo de Gasodutos (PIG) na Rio Pipeline

06/09/2019 - O Plano Indicativo de Gasodutos (PIG) da EPE foi divulgado na plenária do último dia (5) da Rio Pipeline 2019. O evento foi uma oportunidade à EPE promover pesquisas que são fundamentais para o novo mercado do gás e para os investimentos no segmento dutoviário.