MME abre Consulta Pública do Plano Decenal de Energia 2027

Está disponível até 27 de novembro a Consulta Pública do Plano Decenal de Expansão de Energia 2027 (PDE 2027). O documento é o resultado dos estudos de planejamento setorial realizado pelas equipes técnicas do Ministério de Minas e Energia (MME) e da Empresa de Pesquisa Energética (EPE).

Os estudos sinalizam que a Oferta Interna de Energia (OIE), energia necessária para movimentar a economia, atinge o montante de 371 milhões tep (Mtep) em 2027, resultando em um crescimento de 2,4% ao ano. Desse montante, as fontes renováveis podem chegar a uma participação de 48% em 2027.

Para elaboração do PDE 2027, foi priorizada a participação de fontes renováveis no atendimento ao crescimento do consumo de energia, o que mantém o compromisso brasileiro de promover seu crescimento econômico apoiado em uma matriz energética limpa, aderente a Política Nacional sobre Mudanças do Clima (PNMC) e aos demais compromissos internacionais firmados pelo Brasil. A expansão da oferta e do consumo de energia prevista no PDE 2027, disponibilizado para Consulta Pública, atende à meta expressa para o setor de energia em termos do valor absoluto de emissões de gases efeito estufa no ano 2020.

Os investimentos em infraestrutura energética para suprir a expansão necessária até 2027 alcançam R$ 1,8 trilhões. Petróleo e gás deverão absorver 76,1% dos investimentos, geração e transmissão de energia elétrica 21,7%, e os destinados ao aumento da oferta de biocombustíveis 2,3%.

A expansão da capacidade instalada de geração elétrica do Sistema Interligado Nacional (SIN) prevista para o horizonte decenal é de 54,6 GW, sendo que 59% desse montante referem-se a fontes renováveis e 71% a fontes renováveis não hídricas.

Com relação à transmissão de energia elétrica, é previsto no PDE um acréscimo de 55,2 mil km em linhas de transmissão, e um acréscimo de 176,6 GVA em capacidade de transformação.

Nesta edição, além do cenário de expansão de referência, o PDE 2027 conta com análises de sensibilidade para antever as consequências de futuras contingências que venham a afetar o setor elétrico, incluindo um cenário de retomada rápida da economia nacional, outro que emprega geração termelétrica com gás natural proveniente do Pré-Sal. Além disso, estão divulgados juntamente com a proposta do Plano, documentos técnicos que apresentam o detalhamento metodológico relativo ao processo de planejamento.

A obtenção dos documentos e informações relacionadas ao PDE 2027, bem como o envio das contribuições para o aprimoramento da proposta serão recebidas até 27 de novembro de 2018, por meio do portal de  Consultas Públicas do Ministério de Minas e Energia.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social do Ministério de Minas e Energia

Plano Decenal de Expansão de Energia 2027

Notícias Relacionadas

Por que queremos novos critérios de suprimento?

15/07/2019 - No próximo dia 17 de julho a EPE realizará no seu auditório um workshop para apresentar e discutir com os agentes uma proposta de revisão dos atuais critérios de garantia de suprimento. Essa iniciativa ocorrerá no âmbito do GT Modernização do Setor Elétrico e contará com transmissão pelo canal da EPE no Youtube. Esse workshop antecede a abertura de uma consulta pública sobre o tema. Mas afinal, do que se tratam, por que eles são tão importantes e o que se pretende com a sua revisão?

Contribua com o Relatório sobre Critério de Garantia de Suprimento

15/07/2019 - O Grupo Temático de Critério de Suprimento, coordenado pela EPE, elaborou um diagnóstico sobre a situação atual dos critérios de garantia de suprimento e propõe reflexões sobre a inclusão de novos atributos ao critério brasileiro.

EPE participa do evento Workshop to Exchange Experience on Energy System Modelling for Planning

10/07/2019 - Entre os dias 1 e 5 de julho a EPE, representada pelo analista Arnaldo Junior, participou do evento Workshop to Exchange Experience on Energy System Modelling for Planning que ocorreu no Instituto de Energia Hrvoje Požar ( EIHP ) em Zagreb, na Croácia.

EPE lança a Nota Técnica “Resposta da Demanda: Conceitos, aspectos regulatórios e planejamento energético

09/07/2019 - Considerando todos os recursos disponíveis para o Sistema Elétrico Brasileiro, a EPE lança a Nota Técnica “Resposta da Demanda: Conceitos, aspectos regulatórios e planejamento energético”. A resposta da demanda traz aos consumidores de energia elétrica maior poder, conhecimento e gerenciamento sobre seu consumo em resposta às condições de oferta, deixando de ser um coadjuvante neste mercado e passando a possuir participação ativa no futuro do sistema energético.

EPE publica estudo de planejamento da transmissão: Atendimento Elétrico à Região Metropolitana de Porto Alegre

05/07/2019 - Este Informe sintetiza as recomendações do Estudo de Atendimento Elétrico à Região Metropolitana de Porto Alegre (Relatório EPE-DEE-RE-039-2019) e apresenta os principais resultados dos estudos elétricos e das análises socioambientais realizados pela EPE.