Informe Técnico - Leilões de Energia Nova de 2017

Em dezembro de 2017 foi retomada a contratação de novos empreendimentos de geração de energia elétrica no Brasil por meio de leilões estabelecidos pelo Ministério de Minas e Energia (MME). No dia 18 foi realizado um Leilão de Energia Nova "A-4", para início de suprimento em de janeiro de 2021, e no dia 20 foi realizado o Leilão de Energia Nova "A-6", para início de suprimento em janeiro de 2023.

Estes leilões se destinam ao suprimento do mercado regulado, oferecem contratos de longo prazo aos geradores, compram projetos de geração respaldados por energia firme e fazem parte do mecanismo para adequabilidade do suprimento do país. 

A realização desses dois leilões é relevante por consolidar mecanismos que já vinham sendo testados nos anos anteriores, tal como uma etapa preliminar de disputa da capacidade disponível do sistema de transmissão, enquanto também foi uma oportunidade para promover, com sucesso, aperfeiçoamentos nos mecanismos, tais como uma nova sistemática, novos requisitos de qualificação dos vendedores e modificação das obrigações de entrega de energia de empreendimentos eólicos e termelétricos. 

No informe a seguir descrevemos os aspectos mais relevantes dos dois leilões realizados em dezembro de 2017 destinados à contratação de novos empreendimentos de geração, o papel da EPE e discutimos como isto afeta os estudos de planejamento energético do país.

Acesso à Publicação do Informe


Notícias Relacionadas

Informe Técnico - O Leilão de Transmissão nº 02/2018 e os Estudos de Expansão

29/06/2018 - Nesta 5ª feira, dia 28/06/2018, foi realizado com sucesso o Leilão de Transmissão no 02/2018, no qual foram arrematados 100% dos 20 lotes ofertados, com investimento estimado em R$ 6,0 bilhões. Os lotes licitados contemplavam 2.562 km de linhas de transmissão e subestações com capacidade de transformação de 12.223 MVA, envolvendo 16 estados.

12 anos de empreendimentos eólicos nos leilões de energia: EPE publica estudo sobre a evolucao dos projetos cadastrados e suas caracteristicas tecnicas

19/06/2018 - ​EPE publica Nota Técnica retratando o perfil dos projetos eólicos no Brasil, a partir dos dados consolidados dos projetos cadastrados na EPE para participação nos leilões de energia desde 2007. Além dos números de cadastramento e habilitação técnica, são abordados aspectos como a caracterização do recurso eólico, evolução dos aerogeradores considerados, fator de capacidade, cronogramas, custos de investimento e preço de energia. O documento traz também mapas que mostram a distribuição geográfica dos projetos e das estações anemométricas. Busca-se assim registrar as evoluções observadas ao longo dos 12 anos em que a EPE realiza o processo de habilitação técnica desses empreendimentos (2007 a 2018), com vistas à participação nos leilões.

EPE disponibiliza retificação dos Custos Marginais de Operação do Leilão de Energia A-6/2018

30/05/2018 - EPE disponibiliza o conjunto dos Custos Marginais de Operação (CMO) que serão utilizados no cálculo dos valores esperados do Custo de Operação (COP) e do Custo Econômico de Curto Prazo (CEC) dos empreendimentos de geração termelétrica para o Leilão de Energia Nova A-6/2018.

Atualização: EPE cadastra 1090 empreendimentos para o Leilão A-6 de 2018

21/05/2018 - A Portaria MME nº 159/2018, publicada em 15 de maio, aprovou a Sistemática do Leilão A-6 de 2018 e reabriu o prazo para cadastramento de projetos para participação no leilão até as 12h do dia 18 de maio.

MME aprova Sistemática do Leilão A-6 de 2018 e reabre prazo para cadastramento dos projetos

15/05/2018 - A Portaria MME n° 159/2018 que aprova a Sistemática a ser aplicada na realização do Leilão de Energia Nova “A-6” de 2018 foi publicada no dia 15 de maio. Os empreendimentos que forem habilitados tecnicamente e cumprirem os requisitos para participação no Leilão serão divididos entre os Produtos Hidrelétrica, Eólica e Termelétrica.