IEA, EPE e MME realizam Seminário Sobre Indicadores de Eficiência Energética

​Aconteceu dia 16 de julho o Seminário sobre Indicadores de Eficiência Energética organizado pela EPE. O evento ocorreu nas dependências da instituição, das 9h às 13h. A abertura do seminário contou com a participação do presidente da EPE Thiago Barral, da representante do Ministério de Minas e Energia (MME) Samira Souza, da representante da Internacional Energy Agency (IEA) Edith Bayer e foi mediado pelo superintende da EPE Jeferson Soares. 

O evento tinha dois objetivos principais: o lançamento do curso online de Indicadores de Eficiência Enérgica, da IEA, e o estímulo à uma discussão sobre o papel dos indicadores no monitoramento de políticas de eficiência energética, que teve avanços nesse campo no Brasil e no mundo, e sobre os desafios que ainda persistem.

O seminário foi divido em quatro painéis. O primeiro com o tema "The Role do Indicarors in Defining and Measuring the Benefits do Energy Efficiency", o segundo abordou a temática "Progress in Brazil and Internationally on Data Collection and Analysis", o terceiro painel foi sobre "Launching and Introduction to the IEA's Online Course, e a última apresentação teve o tema "Data Collection: Global Experience on Collaboration and Opportunities in Brazil". Os palestrantes convidados a participar do evento foram Felipe Soares (EPE), Jeferson Soares (EPE), Edith Bayer (IEA), João Krause (PROCEL), Luciano Giovanelli (PROCEL) e Mafalda Silva (AEI).

O presidente encerrou o evento destacando algumas considerações: "Existe o desafio de criar evidências e quantificar os benefícios resultantes dos custos associados a estas bases. Um aspecto que ficou bastante claro nas apresentações. Segundo que temos o desafio das articulações, precisamos ter um trabalho de desenvolvimento e permanente monitoramento de clareza de papéis, de cada ator neste processo. E por último, destaco o desafio de saber comunicar os indicadores. Não basta apenas publicar. A comunicação significa traduzir estes números, informações e dados de forma acessível para quem de fato irá gerar as ações necessárias para transformá-los em ações positivas. O relatório de indicadores de eficiência que estamos trabalhando na EPE é um dos recursos que vai ajudar nesta estratégia de comunicação". Algumas apresentações estão disponíveis nos links abaixo.

Indicadores de eficiência energética: A abordagem da IEA
Exemplos de recolha de dados em países-membros da IEA


_MG_1024.jpg


Notícias Relacionadas

Revisão Extraordinária de Garantia Física das UHEs Corumbá IV, Jupiá e São Manoel

11/12/2019 - Em cumprimento ao artigo 9º da Portaria MME nº 406/2017, a EPE divulga as Configurações de Referência Atual – CRA0 e CRA1, empregadas na definição dos montantes de Garantia Física de Energia publicados na Portaria MME nº 352/2019, referentes às usinas hidrelétricas Corumbá IV, Jupiá e São Manoel.

EPE publica Nota técnica de Projeções de Preço do Petróleo

10/12/2019 - O potencial da província petrolífera do Pré-sal confere ao Brasil um protagonismo mundial na exploração e produção de petróleo e gás natural em ambiente offshore. Com as expectativas de crescimento da produção nacional de hidrocarbonetos para a próxima década, há oportunidade para o Brasil se posicionar entre os cinco maiores produtores e exportadores de petróleo do mundo.

EPE lança o Fact Sheet “A Química do C1"

09/12/2019 - A EPE lança o Fact Sheet “A QUÍMICA DO C1” que compila os dois temas abordados nos Informes Técnicos da série "Competitividade do Gás Natural”: estudo de caso na indústria de fertilizantes nitrogenados e de metanol.

Iniciamos a Transmissão ao Vivo do Seminário EPE: Petróleo, Gás e Biocombustíveis – Cenário Decenal

05/12/2019 - Já iniciamos a transmissão ao vivo do Seminário EPE: Petróleo, Gás e Biocombustíveis – Cenário Decenal, participe conosco!

EPE apresenta Seminário de Petróleo, Gás e Biocombustíveis

05/12/2019 - Aconteceu nesta quinta-feira, 5, o seminário de Petróleo, Gás e Biocombustíveis na sede da EPE, no Rio de Janeiro. O objetivo foi apresentar o cenário decenal do setor. A mesa de abertura foi composta com o presidente da EPE, Thiago Barral, com o diretor de Estudos do Petróleo, Gás e Biocombustíveis, José Mauro Coelho, com o secretário-executivo adjunto do MME, Bruno Eustáquio, e com o diretor-presidente da Pré-Sal Petróleo S.A., Eduardo Gerk.