EPE recebe a nota 10 no 4º Ciclo de Avaliação do Indicador de Governança das Estatais (IG-SEST)

No último dia 09 de agosto de 2019 a EPE recebeu a nota 10 no 4º Ciclo de Avaliação do Indicador IG-SEST. Nessa edição participaram 61 Empresas, sendo que apenas 14 empresas tiraram a nota máxima, dentre elas a EPE.

O certificado foi recebido pelas mãos do diretor José Mauro Ferreira Coelho, que nesta ocasião ocupava a função de Presidente Substituto da EPE, em cerimônia realizada no auditório do Ministério da Economia, em Brasília. O gestor de Governança, Riscos, Integridade e Controles Internos, Sr. Elzenclever Freitas de Aguiar, também participou da solenidade de certificação do IG-SEST.


igsest 1.jpg

(Crédito da Foto: ASCOM do Ministério da Economia)


A EPE tem mantido o nível 1 desde o 2º Ciclo de Avaliação e nessa edição conseguiu atingir a nota máxima, passando de "9,61", para "10", nas 3 dimensões avaliadas pelo indicador.

Ressalta-se o papel de todos nessa empreitada, desde a Alta Administração, até o conjunto de empregados que de uma forma mais direta ou indireta trabalham para aperfeiçoar a governança institucional. Este certificado veio a partir de um trabalho coletivo onde todos contribuíram de alguma maneira para o aperfeiçoamento da Governança da Empresa, o que não é apenas uma conquista para a EPE, mas também para todo o conjunto da sociedade.


igsest 2.jpg

(Certificado – 4º Ciclo de Avaliação do Indicador IG-SEST)


Vale a pena Lembrar que o indicador IG-SEST foi desenvolvido pela Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (SEST), com o objetivo de avaliar o cumprimento dos requisitos exigidos pela Lei nº 13303, de 30 de junho de 2016, regulamentada pelo Decreto 8.945, de 27 de dezembro de 2016 e diretrizes estabelecidas nas Resoluções da Comissão Interministerial de Governança Corporativa e de Administração de Participações Societárias da União – CGPAR, que buscam implementar as melhores práticas de mercado e maior nível de excelência em governança corporativa nas Empresas Estatais Federais. O indicador traz benefícios à sociedade, com a melhoria da prestação de serviços das Empresas Estatais. 


igsest 3.jpg

Notícias Relacionadas

EPE lança o Informe Técnico - Competitividade do Gás Natural: Estudo de Caso na Indústria de Metanol

14/10/2019 - Com o objetivo de avaliar o potencial de entrada de novas unidades industriais intensivas em gás natural, alinhado ao programa “Novo Mercado de Gás”, a EPE lança o seu segundo Informe Técnico: "Competitividade do Gás Natural: Estudo de Caso na Indústria de Metanol".

EPE publica o Plano Indicativo de Gasodutos de Transporte – PIG

11/10/2019 - O Plano Indicativo de Gasodutos de Transporte - PIG é parte dos estudos de planejamento energético realizados pela EPE no setor de gás natural, e busca apresentar as análises realizadas pela EPE quanto aos gasodutos de transporte que podem vir a ser implementados nos próximos anos no Brasil, de forma indicativa, com base em estudos de oferta e demanda, além de análises técnico-econômicas e socioambientais.

Workshop “O Leilão de Transmissão nº 002/2019 e os Estudos de Planejamento

10/10/2019 - No dia 31/10/2019, será realizado um workshop nos escritórios da EPE, no Rio de Janeiro, com o objetivo de nivelar as informações técnicas dos lotes que serão ofertados no Leilão de Transmissão nº 002/2019.

EPE em parceria com o Instituto Escolhas realiza Workshop sobre setor de energia e o sistema financeiro

10/10/2019 - No dia 12 de setembro ocorreu no auditório da EPE o Workshop "Como o Setor de Energia e o Sistema Financeiro podem incorporar os riscos não financeiros em seu planejamento?", organizado pela EPE em parceria com o Instituto Escolhas.

EPE participa do FGV Energia – Boletim de Conjuntura do Setor Energético

10/10/2019 - O Boletim de Conjuntura do Setor Energético colocou mais uma vez a mobilidade elétrica em pauta, a discussão acerca desse tema é embasada pela visão de doze especialistas, nas sete colunas de opinião deste Boletim. A segunda coluna deste mês, de autoria dos analistas e consultores técnicos da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Flávio Raposo de Almeida, Glaucio Vinicius Ramalho Faria, Luciano Basto de Oliveira e Natália Gonçalves de Moraes, aborda a eletrificação de ônibus no Brasil e apresenta a ferramenta de avaliação técnico-econômica de ônibus elétricos urbanos municipais desenvolvida pela empresa de pesquisa.