EPE realiza III Workshop do Mercado de Energia Elétrica do ciclo 2019

A terceira edição do Workshop do Mercado de Energia Elétrica do ciclo 2019 ocorreu nos dias 21 e 22 de novembro no escritório da EPE do Rio de Janeiro. O fórum é uma das iniciativas da Comissão Permanente de Análise e Acompanhamento do Mercado de Energia Elétrica (COPAM) e reúne, além das concessionárias de distribuição de energia elétrica, outras instituições do setor, tais como o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) e a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE). Ele é coordenado pela Superintendência de Estudos Econômicos e Energéticos (SEE) da Diretoria de Estudos Econômico-Energéticos e Ambientais (DEA) da EPE.

Os encontros promovidos regularmente pela COPAM têm como objetivo o compartilhamento de conceitos, experiências, ferramentas e informações entre os agentes do mercado de energia elétrica, fundamentais para modernização do setor. O resultado é o aprimoramento das metodologias utilizadas nos estudos do setor elétrico e a melhoria constante na qualidade dos dados fornecidos pelas empresas para a EPE, ponto de partida para a produção das estatísticas utilizadas em diversos produtos da empresa, como a Resenha Mensal do Mercado de Energia Elétrica, o Anuário Estatístico de Energia Elétrica, o Balanço Energético Nacional e os estudos de demanda que subsidiam o Plano Nacional de Expansão de Energia (PDE) e o Plano Nacional de Energia (PNE).

Esta edição do evento contou com uma apresentação da consultoria econômica 4E a respeito da conjuntura atual e dos cenários econômicos possíveis (referência, otimista e pessimista) projetados para os próximos 10 anos, envolvendo os quadros político, monetário, fiscal, mercado de trabalho, crédito, renda e câmbio do país para o período. A participação da EPE envolveu 3 exposições: a primeira relacionada aos resultados do mercado de energia elétrica de 2019 até o 30 trimestre do ano por classes de consumo, subsistemas e regiões do país; a segunda associada ao modelo 4MD, que é a principal ferramenta da empresa para a projeção de médio e longo prazo da expansão da micro e minigeração distribuída no país e a última divulgando os principais resultados do PDE 2029 nas áreas de demanda de energia elétrica e recursos energéticos distribuídos, que  incluíram eficiência elétrica, autoprodução não-injetada na rede, micro e minigeração distribuída e soluções de armazenamento. A CPFL também disponibilizou a sua metodologia de análise e projeção da MMGD, discorrendo com o público presente sobre diversos elementos conceituais envolvidos no tema.

ONS e CCEE também se fizeram presentes expondo, respectivamente, o acompanhamento da carga de energia elétrica em 2019 junto com as previsões para o fechamento do ano e o desempenho do ambiente de contratação livre (ACL) de eletricidade no ano, assim como a migração de consumidores especiais ao longo do período. Já a LIGHT fez uma palestra mostrando o seu ferramental conceitual e matemático para  estimar a influência da temperatura  na carga e no consumo de energia elétrica na sua área de concessão. Por fim, a Innovare Pesquisa em parceria com a Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica (ABRADEE) mostrou os resultados do projeto cooperado de P&D de Modernização das Tarifas de Distribuição de Energia Elétrica, que abrangeram uma percepção dos consumidores de baixa tensão (residenciais e não-residenciais) a respeito das atuais modalidades tarifárias e de possíveis mudanças rumo à implementação de tarifas dinâmicas multipartes.

 DSC07930.jpg_MG_8801.jpg


Notícias Relacionadas

Revisão Extraordinária de Garantia Física das UHEs Corumbá IV, Jupiá e São Manoel

11/12/2019 - Em cumprimento ao artigo 9º da Portaria MME nº 406/2017, a EPE divulga as Configurações de Referência Atual – CRA0 e CRA1, empregadas na definição dos montantes de Garantia Física de Energia publicados na Portaria MME nº 352/2019, referentes às usinas hidrelétricas Corumbá IV, Jupiá e São Manoel.

EPE publica Nota técnica de Projeções de Preço do Petróleo

10/12/2019 - O potencial da província petrolífera do Pré-sal confere ao Brasil um protagonismo mundial na exploração e produção de petróleo e gás natural em ambiente offshore. Com as expectativas de crescimento da produção nacional de hidrocarbonetos para a próxima década, há oportunidade para o Brasil se posicionar entre os cinco maiores produtores e exportadores de petróleo do mundo.

EPE lança o Fact Sheet “A Química do C1"

09/12/2019 - A EPE lança o Fact Sheet “A QUÍMICA DO C1” que compila os dois temas abordados nos Informes Técnicos da série "Competitividade do Gás Natural”: estudo de caso na indústria de fertilizantes nitrogenados e de metanol.

Iniciamos a Transmissão ao Vivo do Seminário EPE: Petróleo, Gás e Biocombustíveis – Cenário Decenal

05/12/2019 - Já iniciamos a transmissão ao vivo do Seminário EPE: Petróleo, Gás e Biocombustíveis – Cenário Decenal, participe conosco!

EPE apresenta Seminário de Petróleo, Gás e Biocombustíveis

05/12/2019 - Aconteceu nesta quinta-feira, 5, o seminário de Petróleo, Gás e Biocombustíveis na sede da EPE, no Rio de Janeiro. O objetivo foi apresentar o cenário decenal do setor. A mesa de abertura foi composta com o presidente da EPE, Thiago Barral, com o diretor de Estudos do Petróleo, Gás e Biocombustíveis, José Mauro Coelho, com o secretário-executivo adjunto do MME, Bruno Eustáquio, e com o diretor-presidente da Pré-Sal Petróleo S.A., Eduardo Gerk.