EPE realiza II Workshop do Mercado de Energia Elétrica do ciclo 2019

​A segunda edição de 2019 do Workshop do Mercado de Energia Elétrica no âmbito da COPAM (Comissão Permanente de Análise e Acompanhamento do Mercado de Energia Elétrica) ocorreu nos dias 15 e 16 de agosto, no escritório da EPE. O fórum reúne as concessionárias de energia e instituições do setor, sob a coordenação da Superintendência de Estudos Econômicos e Energéticos (SEE), da Diretoria de Estudos Econômico-Energéticos e Ambientais (DEA) da EPE.

Os encontros promovidos regularmente pela COPAM têm como objetivo a troca de experiências e informações entre os agentes e a EPE. O resultado é o aprimoramento das metodologias utilizadas nos estudos do setor e a melhoria constante na qualidade dos dados fornecidos pelas empresas a partir dos sistemas SIMPLES/SAM, ponto de partida para a produção das estatísticas utilizadas em diversos produtos da Empresa, como a Resenha Mensal do Mercado, o Anuário Estatístico de Energia Elétrica, os estudos de demanda que subsidiam o PDE e o PNE e o Balanço Energético Nacional.

IMG_1545.JPG

Nesta edição, além das tradicionais apresentações sobre economia, consumo e carga de energia elétrica, realizadas por representantes da EPE, do ONS e da CCEE, o evento contou com palestras e discussões técnicas sobre possibilidades de alteração de perfil de curvas de carga horárias. Em um primeiro bloco, EPE e ENEL mostraram definições, conceitos, tipologias e programas-piloto implantados sobre resposta da demanda. Posteriormente, a ENEL apresentou alguns resultados sobre a adesão de seus consumidores à modalidade da tarifa branca. Em sequência, a ABRADEE apresentou simulações de possíveis mudanças tarifárias nas mais diversas modalidades sobre o mercado de algumas áreas de concessão, no âmbito do projeto de P&D de modernização das tarifas de energia elétrica. No bloco seguinte, a EPE apresentou a necessidade das curvas de carga horárias para o planejamento bem como a metodologia para projeção de tais curvas, apresentando alguns exercícios de sensibilidade tais como choques exógenos de consumo para resfriamento de ambientes e aquecimento de água. Por fim, a EPE apresentou seu modelo de projeção energética do setor residencial por usos finais destacando a importância para o planejamento da obtenção de dados primários tais como a Pesquisa de Posses e Hábitos, cujos dados mais recentes foram apresentados logo em seguida pelo PROCEL.


Notícias Relacionadas

EPE REALIZA I “WORKSHOP” DO MERCADO DE ENERGIA ELÉTRICA DO CICLO 2020

02/06/2020 - A primeira edição de 2020 do Workshop do Mercado de Energia Elétrica no âmbito da COPAM (Comissão Permanente de Análise e Acompanhamento do Mercado de Energia Elétrica) ocorreu no dia 21 de maio por videoconferência.

EPE projeta impactos da Covid-19 no mercado brasileiro de combustíveis

02/06/2020 - Os desdobramentos das medidas adotadas com o objetivo de conter a disseminação da pandemia da Covid-19 provocaram um grande impacto na demanda de combustíveis. Para analisar suas consequências no comportamento do mercado brasileiro, a EPE projetou três trajetórias, de 2020 até 2022, que contemplam hábitos de consumo da população e períodos de isolamento social.

Resenha de Maio reflete impactos da pandemia da COVID-19

29/05/2020 - O consumo de energia elétrica na rede em abril apresentou retração de 6,6% em relação a igual período do ano anterior, refletindo os impactos da pandemia da COVID-19 nas classes de consumo, principalmente, nas classes comercial (-17,9%) e industrial (-12,4%).

EPE publica Instruções para Apresentação de Planejamento dos Sistemas Isolados

28/05/2020 - EPE publica a atualização das "Instruções para Apresentação de Proposta de Planejamento do Atendimento aos Sistemas Isolados". Nesse ciclo de 2020, assim como já realizado no ciclo anterior, as propostas deverão ser submetidas à EPE exclusivamente por meio do Sistema de Acompanhamento dos Sistemas Isolados – SASI, plataforma desenvolvida com o objetivo de automatizar e agilizar os processos de coleta e de análise dos dados de planejamento das distribuidoras.

Heloísa Borges Esteves é eleita Diretora de Petróleo, Gás e Biocombustíveis da EPE

25/05/2020 - A Empresa de Pesquisa Energética (EPE), anuncia a nomeação e posse de Heloísa Borges Esteves como Diretora de Estudos do Petróleo, Gás e Biocombustíveis. Para assumir a nova função da EPE, ela deixa o posto que ocupava à frente da Superintendência de Promoção de Licitações da Agência Nacional do Petróleo (ANP).