EPE publica estudo de expansão da transmissão para escoamento do potencial termelétrico dos estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo

Foi emitido em 20/07/2018 o relatório "Estudo de Expansão do Sistema de Transmissão para Escoamento do Potencial Termelétrico dos Estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo", elaborado pela equipe da Superintendência de Transmissão de Energia (STE) em conjunto com a Superintendência de Meio Ambiente (SMA).

O estudo contemplou extensas análises para determinação da infraestrutura de transmissão necessária ao escoamento dos montantes de geração térmica contratada para a região, além de fornecer margem adicional para projetos futuros, que venham a se concretizar. Essas análises resultaram na recomendação de implantação de duas novas subestações e de linhas de transmissão em 500 kV que interligarão a região metropolitana do Rio de Janeiro aos principais polos de geração termelétrica nos estados do RJ e ES, e à subestação de Mutum, localizada na divisa dos estados de Minas Gerais e Espírito Santo. Estas obras permitirão o escoamento da produção de energia elétrica proveniente de novos empreendimentos de geração, e ainda trarão maior confiabilidade e qualidade ao atendimento elétrico das regiões.

Estima-se que o programa de obras exigirá investimentos totais da ordem de R$ 1,9 bilhão, referentes a 1.100 km de novas linhas de transmissão, duas novas subestações de rede básica e expansões na rede existente.

A nota técnica NT DEA 008/18, integrante do relatório, contempla as análises socioambientais dos possíveis corredores para inserção das futuras LTs, tendo em vista a minimização do impacto dos reforços recomendados, bem como diretrizes para a elaboração dos estudos ambientais subsequentes.

A publicação do estudo, com a análise socioambiental preliminar que o integra, visa fornecer maior transparência, consistência e confiabilidade ao processo de planejamento da expansão da transmissão, sob responsabilidade da EPE.

Foi também elaborado pela EPE o relatório dos estudos de transitórios eletromagnéticos, denominado Relatório R2, abrangendo mais detalhes das especificações técnicas dos empreendimentos. Juntamente com os demais relatórios já solicitados pelo MME às empresas transmissoras, referentes aos estudos socioambientais mais detalhados (Relatório R3), ao compartilhamento com as instalações existentes (Relatório R4) e aos aspectos fundiários (Relatório R5), se constituirá o acervo de documentação técnica que irá subsidiar o MME e ANEEL no processo de licitação dos empreendimentos recomendados.

 Para acessar os relatórios, por favor, clique aqui.


Notícias Relacionadas

Grupo de Trabalho disponibiliza nota técnica sobre análise das perdas do sistema elétrico brasileiro

19/11/2018 - O Comitê Gestor de Informações Energéticas – CGIE, por meio do Grupo de Trabalho Perdas (GT Perdas), composto por representantes da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) e do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), sob coordenação do Ministério de Minas e Energia (MME), divulgou Nota Técnica com os resultados relacionados à identificação e quantificação das parcelas que compõem as chamadas "perdas" do Sistema Elétrico Brasileiro.

EPE divulga Custos Marginais de Operação dos Leilões de Energia Existente A-1 e A-2/2018

14/11/2018 - A Empresa de Pesquisa Energética - EPE disponibiliza o conjunto dos Custos Marginais de Operação (CMO) que serão utilizados no cálculo dos valores esperados do Custo de Operação (COP) e do Custo Econômico de Curto Prazo (CEC) dos empreendimentos de geração termelétrica para os Leilões de Energia Existente A-1/2018 e A-2/2018.

Caso Base dos Leilões de Energia Existente A-1 e A-2/2018 – Cálculo e Revisão das Garantias Físicas

14/11/2018 - A Empresa de Pesquisa Energética – EPE disponibiliza, na área de leilões de energia, o caso base com os arquivos de dados para o modelo NEWAVE, utilizados no cálculo e revisão das Garantias Físicas de Energia dos empreendimentos termelétricos com CVU diferente de zero, para participação nos Leilões de Energia Existente A-1 e A-2/2018.

EPE publica estudo sobre Estocagem Subterranea de Gas Natural

13/11/2018 - A história e o desenvolvimento da estocagem subterrânea de gás natural (ESGN) é indissociável da do gás natural. Por se tratar de uma indústria de rede, a indústria de gás natural requereu desde o seu início tecnologias para lidar com o descasamento temporal e espacial da oferta e da demanda.

Webinar “Energy Efficiency Market Report 2018” da Agência Internacional de Energia - Convite

12/11/2018 - Com apoio do MME, da EPE e da Secretaria de Energia (SENER) do México, a Agência Internacional de Energia (AIE) promoverá webinar sobre o relatório “Energy Efficiency Market Report 2018” (Relatório de Mercado de Eficiência Energética 2018), publicado recentemente pela AIE.