EPE promove Workshop de Planejamento do atendimento aos Sistemas Isolados - ciclo 2019

​A EPE promoveu no dia 7 de junho o Workshop de Planejamento de Atendimento aos Sistemas Isolados dando início ao ciclo de 2019. Além da EPE, o evento contou com a participação do MME, ONS, CCEE e dos Agentes de Distribuição, que são os responsáveis pelo envio do planejamento do atendimento ao seu mercado consumidor. O planejamento do atendimento aos Sistemas Isolados é fundamental para garantir o suprimento de energia às cerca de 270 localidades, que, por razões técnicas ou econômicas não estão interligadas ao Sistema Interligado Nacional (SIN). São desde pequenas comunidades, com poucos habitantes, até cidades maiores, como Boa Vista, a única capital brasileira ainda não interligada ao SIN. 

O encontro foi bastante produtivo, principalmente porque as empresas tiveram a oportunidade de apresentar as características de seus mercados, o contexto econômico do seu estado, a população atendida, os investimentos previstos e as premissas que serão adotadas para expansão dos seus mercados. A EPE, por sua vez, apresentou, além do contexto geral dos estudos que realiza para o planejamento de expansão, também fez a demonstração do novo sistema que visa simplificar e agilizar o processo de coleta dos dados, contribuindo para a preparação das empresas no envio das informações que deverão ser entregues à EPE até o dia 30 de junho. A EPE terá a responsabilidade de avaliar tecnicamente as propostas que serão encaminhadas, de forma a subsidiar a aprovação do planejamento pelo Ministério de Minas e Energia (MME). 

Em nosso canal no Youtube há um vídeo explicando um pouco mais sobre os sistemas isolados. 

Foto work sistemas isolados.png

Notícias Relacionadas

Giovani Vitória Machado é o novo Diretor de Estudos Econômico-Energéticos e Ambientais da EPE

24/06/2019 - Aos 49 anos, Giovani Vitória Machado é o novo Diretor de Estudos Econômico-Energéticos e Ambientais da Empresa de Pesquisa Energética (EPE). O novo diretor tomou posse do cargo nesta segunda-feira (24/06) pela manhã.

EPE divulga Análise de Conjuntura de Biocombustíveis - Ano base 2018

24/06/2019 - A EPE divulgou hoje (24), a décima edição do documento "Análise de Conjuntura dos Biocombustíveis", com os fatos mais relevantes ocorridos no ano de 2018. O documento é elaborado pela Diretoria de Petróleo, Gás e Biocombustíveis da empresa e nesse ano ganhou uma edição comemorativa.

EPE participa do Ethanol Summit 2019

17/06/2019 - A edição de 2019 do evento Ethanol Summit, que está em seu décimo-segundo ano, acontece nos dias 17 e 18 de junho no Centro de Eventos da Fecomércio, em São Paulo. O evento contará com quatro sessões plenárias, duas palestras-magnas, 18 painéis temáticos e eventos paralelos ao longo dos dois dias.

EPE participa do 1º Congresso da Rede Brasileira de Bioquerosene e Hidrocarbonetos Renováveis para Aviação

17/06/2019 - A EPE, representada pelo Diretor de Estudos do Petróleo, Gás e Biocombustíveis, JOSÉ MAURO COELHO, participou no dia 06 de junho de 2019, do "1º Congresso da Rede Brasileira de Bioquerosene e Hidrocarbonetos Renováveis para Aviação" como palestrante do evento, com uma apresentação de título “PROJEÇÃO DE OFERTA E DEMANDA DE QAV E BIOQUEROSENE NO BRASIL”. O Secretário de Petróleo, Gás e Biocombustíveis do MME, Márcio Felix, também esteve presente no encontro, além de pesquisadores de instituições de ensino, profissionais de empresas do ramo de aviação e combustíveis, indústria de biocombustíveis, representantes de entidades e profissionais liberais.

EPE cadastra 1.829 empreendimentos para o Leilão A-6 de 2019 e bate recorde de oferta com mais de 100 GW

11/06/2019 - Foi concluído nesta terça-feira, 11/06/2019, às 12h00, o cadastramento dos projetos para participação no Leilão de Energia Nova “A-6” de 2019. Anunciado pelo Ministério de Minas e Energia por meio da Portaria nº 222, de 06 de maio de 2019, o Leilão está previsto para ser realizado em 17 de outubro, com participação das fontes eólica, solar fotovoltaica, termelétrica a biomassa, carvão mineral nacional e gás natural e hidrelétrica com capacidade instalada de 1 a 50 MW.