EPE participa do Diálogo da Transição Enérgica em Berlim

Representada por seu presidente , Thiago Barral, EPE participou do Berlin Energy Transition Dialogue, realizado dias 9 e 10 de abril na capital alemã, organizado pelo governo alemão. O evento de alto nível contou com mais de 2 mil participantes de 90 países, incluindo cerca de 50 ministros de Estado. Esse evento é um marco nas discussões sobre a transição energética, com foco nas políticas e instrumentos desenvolvidos, no progresso alcançado, nas tendências e inovações, mas estratégias de financiamento e na comunicação com a sociedade. 

No dia 10 de abril, Barral participou de uma mesa redonda organizada pela Agência Internacional de Energia e o Instituto Agora Energiewende, sobre o impacto da digitalização sobre o setor energético. Nesse mesmo dia, Barral também participou de reunião da iniciativa para a Cenários Energéticos de Longo Prazo, no âmbito da Clean Energy Ministerial (CEM). Na quinta-feira, 11 de abril, Barral foi panelista no Fórum “Cenários Energéticos de Longo Prazo”, organizado pela IRENA (Agência Internacional de Energia Renovável), também no âmbito da CEM, quando pôde contar um pouco sobre o uso de cenários no Brasil. 

Na agenda em Berlim, Barral também se reuniu com o Embaixador Roberto Jaguaribe, com representantes do Ministério Alemão da Economia e Energia (BMWi), com o Diretor do Instituto Agora Energiewende, Patrick Graichen e com representante do iCS (Instituto Clima e Sociedade). 

Barral destaca a importância da participação da EPE:  "O Brasil precisa urgentemente consolidar uma narrativa própria de transição energética, que adequadamente pondere as dimensões geopolítica, tecnológica e socioeconômica. Há diversos rankings de transição energética, que refletem distintas perspectivas, sobretudo a dos países mais desenvolvidos. Devemos é identificar quais indicadores são mais relevantes considerando as diversas prioridades e vantagens comparativas do Brasil e nos guiar por aí. Um ambiente amigável à inovação e novos modelos de negócios é um pré-requisito para uma transição competitiva." 

Barral1.jpg
Forum Cenários Energéticos de Longo Prazo. Crédito: IRENA

Barral 2.jpg
Forum Cenários Energéticos de Longo Prazo. Crédito: IRENA

Berlin3.jpg

Plenária do Berlin Energy transition dialogue. Crédito: EPE

Berlin4.jpg

Forum Cenários Energéticos de Longo Prazo. Crédito: IRENA.


Notícias Relacionadas

EPE publica NT sobre Projetos Fotovoltaicos nos Leilões de Energia

24/01/2020 - O documento apresenta um resumo da participação dessa fonte nos leilões A-4/2019 e A-6/2019, discutindo aspectos do cadastramento e da habilitação técnica. A seguir, as principais características técnicas dos projetos são resumidas em uma perspectiva histórica, destacando-se as novidades tecnológicas dos certames mais recentes.

EPE publica o Roadmap Eólica Offshore Brasil

23/01/2020 - Atenta à expansão observada para a fonte eólica offshore no cenário internacional nos últimos anos e às movimentações relacionadas à proposição de projetos eólicos offshore que têm ocorrido no mercado brasileiro, a Empresa de Pesquisa Energética – EPE desenvolveu o Roadmap Eólica Offshore Brasil, estudo inteiramente dedicado a essa fonte.

EPE cadastra 1.528 empreendimentos para o Leilão de Energia Nova A-4 de 2020

21/01/2020 - Foi concluído nesta sexta-feira, 17/01/2020, o cadastramento dos projetos para participação no Leilão de Energia Nova “A-4” de 2020. Anunciado pelo Ministério de Minas e Energia por meio da Portaria nº 455/2019, o Leilão está previsto para ser realizado em 28 de maio, com participação das fontes renováveis eólica, solar fotovoltaica, termelétrica a biomassa e hidrelétrica. O início de suprimento dos projetos deverá ocorrer até 1° de janeiro de 2024.

EPE publica o Boletim de Conjuntura da Indústria do Óleo & Gás do 2º semestre/2019

17/01/2020 - Nesta edição, o Boletim de Conjuntura da Indústria do Óleo & Gás apresenta o Panorama da Arábia Saudita. O texto descreve um breve histórico do desenvolvimento da indústria petrolífera saudita, além de abordar sobre as suas reservas, produção e exportação, e apresentar as principais infraestruturas de gás natural, refino e logística. Além disso, o Panorama discute a dependência do país ao setor de petróleo e os caminhos que o governo saudita tem buscado para diversificar a sua atividade econômica.

EPE, ONS e Aneel divulgam Nota Técnica com Metodologia, Premissas e Critérios para o cálculo das margens do Leilão de Energia Nova A-4/2020

10/01/2020 - A Empresa de Pesquisa Energética - EPE divulga Nota Técnica conjunta com o Operador Nacional do Sistema - ONS (EPE-DEE-RE-0103/2019/ONS NT 135/2019) referentes à metodologia, premissas, critérios e configuração do sistema elétrico