EPE participa do Bloomberg New Energy Finance - NY Summit 2019

Nos dias 25 a 26 de março de 2019, a Bloomberg New Energy Finance (BNEF) realizou o encontro de Nova York - principal fórum no mercado de energia, indústria, finanças e política - para discutir as perspectivas da indústria de energia na era da transição energética. Os temas abordados foram a competitividade das novas tecnologias, a necessidade de melhoria do arcabouço regulatório, a adequação do atual desenho de mercado, as perspectivas regionais de evolução do setor elétrico, entre outros. 

O assessor da Presidência, Emílio Matsumura representou a EPE como palestrante em duas sessões do evento. A primeira foi a “Clean Energy Investment in Latin America: Key Markets at a Crossroads?”, no dia 25 de março, que reuniu cerca de 80 participantes. De acordo com o assessor, a discussão foi objetiva e dinâmica e mostrou que o Brasil está em posição de clara vantagem na atração de investimentos no contexto latino-americano: “Houve um interesse muito grande em relação ao anúncio do MME sobre o cronograma de leilões até 2021, além da perspectiva de significativa expansão da geração e transmissão no horizonte até 2027, de acordo com nossos estudos do PDE. Além disso, destaquei o papel das novas renováveis na estratégia de expansão do país, já que esse era o foco da sessão”. 

A segunda foi a “Investment Opportunities in Brazil”, no dia 26 de março, que foi patrocinada pela APEX e Abinee. Participaram desta sessão mais três palestrantes, o Marco Poli (APEX), a Gabriela da Rocha (Shell New Energies) e o Carlos Barrera (Atlas Renewable Energy). De acordo com Emílio houve o questionamento sobre possíveis mudanças na política em geral e, especificamente, sobre o impacto no setor de energia, quanto o Brasil contrataria nos próximos anos, qual seria a parcela de renováveis na expansão e sobre perspectivas da Eólica Offshore, da Eletromobilidade e da Geração Distribuída. 

“A discussão foi muito rica e, pela quantidade de perguntas que recebi, despertou bastante interesse. Alegaram que a participação da EPE tinha ajudado a dar uma boa perspectiva da evolução do setor e a mostrar que o Brasil oferece uma indicação consistente do volume de investimento no setor de energia nos próximos anos e, o que é mais importante, dentro de um quadro de regulação estável e com previsibilidade para investidores e financiadores. Houve também muita informação e troca de ideias que aconteceram durante os intervalos. Foi uma oportunidade mais informal de conhecer as perspectivas do setor elétrico no mundo”, contou o assessor.

Após o evento da Bloomberg, a Apex e a Abinee promoveram um matchmaking entre empresas brasileiras e norte-americanas. O encontro ocorreu no dia 27 de março, na parte da manha e cada empresa tinha 30 minutos para se apresentar. O objetivo era contribuir para uma discussão objetiva. “Foi uma experiência diferente. Eu tive a oportunidade de formar uma mesa com a Apex e dar um panorama sobre setor elétrico brasileiro”, relatou Emílio.

Emilio4.JPG




Notícias Relacionadas

EPE publica NT sobre Projetos Fotovoltaicos nos Leilões de Energia

24/01/2020 - O documento apresenta um resumo da participação dessa fonte nos leilões A-4/2019 e A-6/2019, discutindo aspectos do cadastramento e da habilitação técnica. A seguir, as principais características técnicas dos projetos são resumidas em uma perspectiva histórica, destacando-se as novidades tecnológicas dos certames mais recentes.

EPE publica o Roadmap Eólica Offshore Brasil

23/01/2020 - Atenta à expansão observada para a fonte eólica offshore no cenário internacional nos últimos anos e às movimentações relacionadas à proposição de projetos eólicos offshore que têm ocorrido no mercado brasileiro, a Empresa de Pesquisa Energética – EPE desenvolveu o Roadmap Eólica Offshore Brasil, estudo inteiramente dedicado a essa fonte.

EPE cadastra 1.528 empreendimentos para o Leilão de Energia Nova A-4 de 2020

21/01/2020 - Foi concluído nesta sexta-feira, 17/01/2020, o cadastramento dos projetos para participação no Leilão de Energia Nova “A-4” de 2020. Anunciado pelo Ministério de Minas e Energia por meio da Portaria nº 455/2019, o Leilão está previsto para ser realizado em 28 de maio, com participação das fontes renováveis eólica, solar fotovoltaica, termelétrica a biomassa e hidrelétrica. O início de suprimento dos projetos deverá ocorrer até 1° de janeiro de 2024.

EPE publica o Boletim de Conjuntura da Indústria do Óleo & Gás do 2º semestre/2019

17/01/2020 - Nesta edição, o Boletim de Conjuntura da Indústria do Óleo & Gás apresenta o Panorama da Arábia Saudita. O texto descreve um breve histórico do desenvolvimento da indústria petrolífera saudita, além de abordar sobre as suas reservas, produção e exportação, e apresentar as principais infraestruturas de gás natural, refino e logística. Além disso, o Panorama discute a dependência do país ao setor de petróleo e os caminhos que o governo saudita tem buscado para diversificar a sua atividade econômica.

EPE, ONS e Aneel divulgam Nota Técnica com Metodologia, Premissas e Critérios para o cálculo das margens do Leilão de Energia Nova A-4/2020

10/01/2020 - A Empresa de Pesquisa Energética - EPE divulga Nota Técnica conjunta com o Operador Nacional do Sistema - ONS (EPE-DEE-RE-0103/2019/ONS NT 135/2019) referentes à metodologia, premissas, critérios e configuração do sistema elétrico