EPE manteve nível de excelência na avaliação do Indicador de Governança das Estatais (IG-SEST)

A EPE recebeu hoje, dia 23 de novembro,  pelas mãos de nosso Gestor de Governança, Riscos, Integridade e Controles Internos,  Elzenclever Freitas de Aguiar, o certificado referente ao 3° Ciclo da Certificação do Indicador de Governança IG-SEST, em cerimônia realizada no auditório do Ministério de Planejamento, Orçamento e Gestão, em Brasília. 

A EPE não apenas preservou o nível 1 de excelência obtido como, também, teve significativo aumento em sua nota final passando de 7,69, para a nota 9,61. O certificado foi entregue pelo Ministro do Planejamento Esteves Colnago, pelo Secretário Fernando Soares, da Sest e pelo Diretor De Governança, Sr. Mauro Ribeiro Neto, também da Sest.

A conquista da certificação está alinhada às iniciativas da Alta Administração e ao comprometimento da areas internas da Empresa e de todos os colaboradores que, direta ou indiretamente, se envolveram e são responsáveis por esse resultado. "O Certificado é fruto de um trabalho coletivo, onde todos lutam para construir uma empresa cada vez melhor, em prol de uma boa governança. Ganha a EPE e ganha a  sociedade", disse Elzenclever. 

O incremento da nota final concedida à EPE, destaca o empenho iniciado na gestão anterior, onde o nível 1 de excelência já havia sido obtido. Neste ciclo, o acréscimo de pontos teve como destaques: a transparência das informações; auditoria e controles internos; desempenho da área de gestão de risco;  capacitação e atuação da  alta administração (Presidência e Diretoria Executiva) e do Conselho de Administração.

O indicador IG-SEST foi desenvolvido pela Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (SEST), com o objetivo de trazer maior efetividade e transparência no acompanhamento das boas práticas de governança pelas estatais federais de controle direto. Consequentemente o indicador traz benefícios à sociedade, com a melhoria da prestação de serviços e atendimento e também resultados favoráveis à economia nacional.

Enquanto nos dois primeiros ciclos buscou-se avaliar a conformidade das empresas estatais à Lei das Estatais, neste terceiro ciclo priorizou-se a avaliação da efetividade do funcionamento das estruturas de governança implantadas nessas empresas, bem como das melhores práticas de governança corporativa adotadas no mercado.


32145109708_4ab1b44593_k.jpg

32145107478_4dc817ec70_k.jpg

Crédito das Fotos:  ASCOM do Ministério de Planejamento, Orçamento e Gestão






Notícias Relacionadas

EPE publica o Plano Indicativo de Gasodutos de Transporte – PIG

11/10/2019 - O Plano Indicativo de Gasodutos de Transporte - PIG é parte dos estudos de planejamento energético realizados pela EPE no setor de gás natural, e busca apresentar as análises realizadas pela EPE quanto aos gasodutos de transporte que podem vir a ser implementados nos próximos anos no Brasil, de forma indicativa, com base em estudos de oferta e demanda, além de análises técnico-econômicas e socioambientais.

Workshop “O Leilão de Transmissão nº 002/2019 e os Estudos de Planejamento

10/10/2019 - No dia 31/10/2019, será realizado um workshop nos escritórios da EPE, no Rio de Janeiro, com o objetivo de nivelar as informações técnicas dos lotes que serão ofertados no Leilão de Transmissão nº 002/2019.

EPE em parceria com o Instituto Escolhas realiza Workshop sobre setor de energia e o sistema financeiro

10/10/2019 - No dia 12 de setembro ocorreu no auditório da EPE o Workshop "Como o Setor de Energia e o Sistema Financeiro podem incorporar os riscos não financeiros em seu planejamento?", organizado pela EPE em parceria com o Instituto Escolhas.

EPE participa do FGV Energia – Boletim de Conjuntura do Setor Energético

10/10/2019 - O Boletim de Conjuntura do Setor Energético colocou mais uma vez a mobilidade elétrica em pauta, a discussão acerca desse tema é embasada pela visão de doze especialistas, nas sete colunas de opinião deste Boletim. A segunda coluna deste mês, de autoria dos analistas e consultores técnicos da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Flávio Raposo de Almeida, Glaucio Vinicius Ramalho Faria, Luciano Basto de Oliveira e Natália Gonçalves de Moraes, aborda a eletrificação de ônibus no Brasil e apresenta a ferramenta de avaliação técnico-econômica de ônibus elétricos urbanos municipais desenvolvida pela empresa de pesquisa.

Coleta Direta de Informações dos Consumidores Livres – Ciclo 2019

07/10/2019 - Conforme determina a Portaria MME nº 331, de 29 de julho de 2005, o Ministério de Minas e Energia – MME, por intermédio da Empresa de Pesquisa Energética – EPE, solicita que sejam disponibilizadas informações relativas aos mercados ou cargas dos consumidores livres e especiais nos anos de 2018 e 2019, bem como as projeções para os próximos onze anos.