EPE lança Relatório Especial em Inglês sobre a Conjuntura da Indústria Petrolífera Brasileira

Declínio, reforma, recuperação e novo ímpeto do setor energético brasileiro

RIO DE JANEIRO – O colapso dos preços de petróleo no fim de 2014 e sua lenta recuperação até meados de 2017, combinada com a grave crise macroeconômica e instabilidade que atingiu o Brasil, causaram estragos no setor petrolífero brasileiro. Essa crise foi agravada devido aos problemas da Petrobras com atividades investigativas e sua dívida, além do crescente déficit brasileiro e da perda do grau de investimento soberano.

A crise deixou claro que uma regulação excessivamente rígida não favorecia investimentos externos. Em particular, nesse momento a Petrobras não possuía meios de desenvolver os recursos offshore nacionais, muito menos o restante da cadeia de valor da indústria de petróleo e gás.

Hoje, o Brasil voltou a se destacar como uma das principais províncias petrolíferas do mundo. O relatório no link abaixo realça como fatos e eventos relevantes impulsionaram o desenvolvimento do setor de petróleo no País. O reposicionamento estratégico da Petrobras, novas tecnologias, reduções de custos e excelentes condições geológicas desempenharam um papel importante. Todavia, o marco regulatório revisado e a nova postura do Estado em relação ao setor foram o que efetivamente alterou a percepção sobre o País, permitindo que o Brasil não apenas superasse a crise, mas também prosperasse.

Relatório Especial em Inglês sobre a Conjuntura da Indústria Petrolífera Brasileira

 Please, if you are looking for the english version, click here.




Notícias Relacionadas

EPE realiza reuniões em Roraima

25/03/2019 - A equipe técnica da Empresa de Pesquisa Energética - EPE, empresa pública vinculada ao Ministério de Minas e Energia, foi recebida no dia 22 de março pelo governador de Roraima, Antônio Denarium, e membros do governo estadual, em Boa Vista. A EPE está desenvolvendo os estudos de viabilidade técnico-econômica e de impacto ambiental da usina hidrelétrica Bem Querer, no Rio Branco, e na reunião os técnicos puderam apresentar o estágio atual desses estudos e as etapas do projeto.

Erik Rego é o novo Diretor de Estudos de Energia Elétrica da EPE

25/03/2019 - Aos 42 anos, Eric Rego, é o novo Diretor de Estudos de Energia Elétrica da EPE. Natural de São Paulo, Eric é Doutor em Ciências – Programa de energia.

Presidente da EPE ministra aula inaugural do Programa de Planejamento Energético da COPPE/UFRJ

25/03/2019 - Aconteceu hoje, às 14h, na Cidade Universitária do Fundão, O presidente da EPE, Thiago Barral, ministrou hoje a aula inaugural do Programa de Planejamento Energético da COPPE/UFRJ.

EPE participa do debate de governança do mercado livre de energia

21/03/2019 - Casos de comercializadoras que não entregaram o que venderam trouxeram à tona temas essenciais para o desenvolvimento do mercado livre de energia, incluindo avançar em uma solução efetiva ao risco hidrológico – mais conhecido como GSF (Generation Scaling Factor) –, em uma nova governança e em maior transparência. Esses foram os principais pontos em análise no club meeting promovido pelo GRI Club Infra nesta quarta-feira, 20/03, no escritório Trench, Rossi e Watanabe Advogados em São Paulo.

EPE apresenta relatório técnico à prefeitura de Iracema

20/03/2019 - Representantes técnicos da EPE - Empresa de Pesquisa Energética foram recebidos pelo chefe de gabinete Waldemir Sousa na manhã desta terça-feira, 19 de março, para tratar de assuntos relacionados a continuidade da elaboração do relatório ambiental e social que dará o aval ou não da expedição da licença prévia para construção da hidrelétrica bem querer.