EPE lança duas notas técnicas sobre Refino no Brasil

No dia 27/02, ocorreu, no auditório da EPE, a apresentação de duas Notas Técnicas elaboradas pela Diretoria de Petróleo Gás e Biocombustíveis, que contou com a presença de diferentes agentes do setor energético e personalidades como o Secretário Geral de Desenvolvimento do Espírito Santo, Heber Viana de Resende e do Diretor do Departamento de Combustíveis e Derivados de Petróleo do MME, o Sr. Claudio Ishihara.

As apresentações foram feitas pela Analista, Fernanda Marques Pereira, pelo Superintendente - Adjunto, Marcelo Cavalcanti, o Analista, Vitor Manuel do Espírito Santo Silva, pela Consultora Técnica II, Patrícia Feitosa Bonfim Stelling, e, por fim, Superintendente Marcos Frederico.

A primeira nota técnica abordou o assunto "Panorama do Refino e da Petroquímica no Brasil" que teve como objetivo apresentar o panorama atual dos segmentos de refino e de petroquímica no Brasil, sendo apresentados detalhes sobre o parque de refino atual e discutidos aspectos relacionados à cadeia petroquímica no País. Tais segmentos são responsáveis pela oferta de derivados de petróleo, principalmente combustíveis, e produtos petroquímicos, utilizados amplamente na indústria, representando 3,9% do PIB industrial nacional em 2015.

A segunda Nota Técnica, "O Refino no Brasil e as Refinarias de Pequeno Porte" discutiu aspectos relacionados à implantação de refinarias de pequeno porte no Brasil, tendo em vista, o potencial da produção de petróleo em campos terrestres e os desafios do abastecimento nacional de derivados. Nesse contexto, analisam-se as condições para o sucesso desse tipo de empreendimento, como a disponibilidade regional de petróleo, as localizações potenciais, o tamanho dos mercados consumidores locais e a análise de viabilidade técnica-econômica dessas refinarias. A apresentação destes documentos foi de extrema importância para o enriquecimento de informações sobre os temas abordados. As fotos do evento estão disponíveis em nosso FLICKR.

_MG_8894.JPG

_MG_8904.JPG

Fostos: ASCOM/EPE


Notícias Relacionadas

EPE palestra no Quartel General do Exército Brasileiro em Brasília

14/11/2019 - A EPE esteve no Quartel General do Exército Brasileiro, em Brasília, na última terça (12) para proferir palestra aos Oficiais Generais e Superiores do Exército Brasileiro, que ocorreu no Departamento de Ciência e Tecnologia do Exército.

EPE abre Consulta Pública do documento Zoneamento Nacional de Recursos de Óleo e Gás 2019

14/11/2019 - A Empresa de Pesquisa Energética - EPE abre em 14/11/2019 a Consulta Pública do documento “Zoneamento Nacional de Recursos de Óleo e Gás 2019”. O Zoneamento é um estudo contínuo realizado em ciclos pela EPE para apoiar o Ministério de Minas e Energia - MME na elaboração do planejamento energético do País.

EPE e IEA convidam para o evento: Technical Workshop Brazilian Power System Transformation

14/11/2019 - O Setor Elétrico Brasileiro deverá sofrer mudanças significativas em um futuro próximo. O aumento da penetração das energias renováveis surge com o impulso de modernizar o sistema de energia, possibilitando a introdução de novas tecnologias no setor.

A Empresa de Pesquisa Energética publica o Anuário Estatístico de Energia Elétrica 2019

14/11/2019 - A Empresa de Pesquisa Energética - EPE disponibiliza as planilhas eletrônicas (Workbook) do Anuário Estatístico de Energia Elétrica 2019 (Ano base 2018), nas quais estão disponíveis os dados consolidados de consumo de energia elétrica nos últimos cinco anos. Em 2018, o consumo de eletricidade na rede no país cresceu 1,6% em relação a 2017, que já tinha sofrido um aumento de 1,2% em relação ao ano anterior, alcançando 474,82 TWh, mantendo o Brasil entre os dez maiores consumidores do mundo

EPE publica Boletim Trimestral de Energia Eólica

12/11/2019 - A Empresa de Pesquisa Energética publica o Boletim Trimestral de Energia Eólica, que registra um histórico de mais de 7 anos, iniciado em janeiro de 2012, da disponibilidade mensal da energia primária (índice de energia) e do potencial de transformação dessa energia em energia elétrica (índice de produção) de três “bacias” eólicas brasileiras que congregam os Estados do Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte, Ceará, Piauí, Bahia e Pernambuco.