EPE lança duas notas técnicas sobre Refino no Brasil

No dia 27/02, ocorreu, no auditório da EPE, a apresentação de duas Notas Técnicas elaboradas pela Diretoria de Petróleo Gás e Biocombustíveis, que contou com a presença de diferentes agentes do setor energético e personalidades como o Secretário Geral de Desenvolvimento do Espírito Santo, Heber Viana de Resende e do Diretor do Departamento de Combustíveis e Derivados de Petróleo do MME, o Sr. Claudio Ishihara.

As apresentações foram feitas pela Analista, Fernanda Marques Pereira, pelo Superintendente - Adjunto, Marcelo Cavalcanti, o Analista, Vitor Manuel do Espírito Santo Silva, pela Consultora Técnica II, Patrícia Feitosa Bonfim Stelling, e, por fim, Superintendente Marcos Frederico.

A primeira nota técnica abordou o assunto "Panorama do Refino e da Petroquímica no Brasil" que teve como objetivo apresentar o panorama atual dos segmentos de refino e de petroquímica no Brasil, sendo apresentados detalhes sobre o parque de refino atual e discutidos aspectos relacionados à cadeia petroquímica no País. Tais segmentos são responsáveis pela oferta de derivados de petróleo, principalmente combustíveis, e produtos petroquímicos, utilizados amplamente na indústria, representando 3,9% do PIB industrial nacional em 2015.

A segunda Nota Técnica, "O Refino no Brasil e as Refinarias de Pequeno Porte" discutiu aspectos relacionados à implantação de refinarias de pequeno porte no Brasil, tendo em vista, o potencial da produção de petróleo em campos terrestres e os desafios do abastecimento nacional de derivados. Nesse contexto, analisam-se as condições para o sucesso desse tipo de empreendimento, como a disponibilidade regional de petróleo, as localizações potenciais, o tamanho dos mercados consumidores locais e a análise de viabilidade técnica-econômica dessas refinarias. A apresentação destes documentos foi de extrema importância para o enriquecimento de informações sobre os temas abordados. As fotos do evento estão disponíveis em nosso FLICKR.

_MG_8894.JPG

_MG_8904.JPG

Fostos: ASCOM/EPE


Notícias Relacionadas

Resenha Mensal - consumo de energia elétrica com redução de 1,3% em fevereiro

31/03/2020 - O consumo nacional de eletricidade totalizou 40.697 GWh em fevereiro, representando uma queda de 1,3% em relação ao mês de 2019, sob influência maior das regiões Sudeste (-3,7%) e Sul (-1,9%). Entre as regiões geográficas, somente a Região Norte (+17,7%) registrou alta no consumo de energia elétrica. As demais, Sudeste (-3,7%), Sul (-1,9%), Centro-Oeste (-0,6%) e Nordeste (-0,3%) apresentaram queda.

1ª Revisão Quadrimestral 2020: explicando os fundamentos do cenário

31/03/2020 - Em meio às discussões sobre os eventuais impactos da pandemia do coronavírus (ou COVID-19) no País, a 1ª Revisão Quadrimestral das Projeções da demanda de energia elétrica do Sistema Interligado Nacional 2020-2024, elaborada em conjunto por Empresa de Pesquisa Energética – EPE, Operador Nacional do Sistema Elétrico – ONS e Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE, teve o papel de reavaliar o cenário de expansão da demanda elétrica.

EPE, ONS e ANEEL divulgam Nota Técnica com Margens de Capacidade para Escoamento de Energia Elétrica para o Leilão de Energia Nova A-4 de 2020.

27/03/2020 - A Empresa de Pesquisa Energética - EPE divulga a Nota Técnica 25/2020, do Operador Nacional do Sistema (ONS), contendo os quantitativos da capacidade de escoamento de energia elétrica de todos os barramentos da Rede Básica, DIT (Demais Instalações de Transmissão) e ICG (Instalações Compartilhadas de Geração) indicados pelos empreendedores no Sistema AEGE no ato do cadastramento do Leilão de Energia Nova A-4 de 2020.

Impactado pela Covid-19, consumo de energia deve cair 0,9% em 2020

27/03/2020 - A Empresa de Pesquisa Energética – EPE, em conjunto com a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE e o Operador Nacional do Sistema Elétrico – ONS, divulga nesta sexta-feira, os dados da 1ª Revisão Quadrimestral de Carga de 2020 para o Planejamento Anual da Operação Energética – período 2020-2024. Impactado pelas medidas de contenção da Covid-19, o consumo de energia elétrica deve cair 0,9% no ano. A previsão anterior era crescer 4,2%.

Avaliação dos Benefícios Econômicos da Antecipação da Interligação dos Sistemas Isolados do Pará

27/03/2020 - A EPE publica estudo comparativo entre os custos de suprimento a 12 sistemas isoladas do Pará, avaliando os custos da geração local por termelétricas a diesel versus os custos da interligação dessas localidades ao SIN, por meio de redes de distribuição. A análise foi realizada com base na redução dos dispêndios futuros da Conta de Consumo de Combustíveis – CCC.