Encontro de Trabalho dos Balanços Energéticos Estaduais

Nos dias 31 de outubro e 1.° de novembro representantes dos estados do Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Espírito Santo, Pernambuco, Paraíba e Minas Gerais se reuniram com a equipe do Balanço Energético da EPE para compartilhar informações sobre metodologia, resultados e impactos das estatísticas energéticas no planejamento médio e longo prazo. Os representantes dos estados apresentaram as dificuldades e desafios para elaboração dos balanços energéticos estaduais.  O formato deste encontro contou com a colaboração de vários especialistas da SEE, que detalharam os principais movimentos da trajetória da oferta e do consumo de energia dos últimos 10 anos. O evento contou ainda com a participação do IBGE cujos representantes apresentaram os conceitos do Sistema de Contas Ambientais e Energéticas.


IMG_6897.JPG

Foto: ASCOM EPE


 

Coordenação do Evento

Rogério Antônio Da Silva Matos

 

Equipe Técnica do Balanço Energético Nacional

Felipe Klein Soares

Lena Santini Souza Menezes Loureiro

Rogério Antônio Da Silva Matos

 

Colaboração:

Ana Cristina Braga Maia

Aline Moreira Gomes

Arnaldo dos Santos Junior

Flávio Raposo de Almeida

Gabriel Konzen

Isabela de Almeida Oliveira

João Moreira Schneider de Mello

Lidiane de Almeida Modesto

Natália Goncalves de Moraes

Patrícia Messer Rosenblum

Simone Saviolo Rocha

Thiago Antonio Pastorelli Rodrigues

IBGE

Gabriela Martins

Michel Lapip

 

Representantes dos Estados

Alaíse Junia Vieira Madureira (CEMIG – Minas Gerais)

Alexandre de Mello Delpupo (ARSP – Espírito Santo)

Eduardo Zimmermann (SME – Rio Grande do Sul)

Sergio Guaranys (Casa Civil – Rio de Janeiro)

Edson Pessoa de Carvalho (SEIRHMACT – Paraíba)

Juçara Ribeiro (SDEC – Pernambuco)


Notícias Relacionadas

EPE participa pela primeira vez do evento Campus Party

14/02/2019 - Pela primeira vez, a Empresa de Pesquisa Energética foi convidada a participar do evento Campus Party, um dos principais eventos de tecnologia do cenário. A EPE, representada pela Assessora de Comunicação Social, Maura Xerfan e pela Analista de Pesquisa Energética, Natalia Moraes, participará do evento com o projeto ABCDEnergia; projeto esse voltado para o público jovem, onde são abordados assuntos do cenário energético de forma lúdica e educativa.

País precisa diversificar fontes de energia sem gerar ineficiências

13/02/2019 - País precisa diversificar fontes de energia sem gerar ineficiências Responsável pela coordenação dos estudos que subsidiarão o pla- nejamento energético do governo de Jair Bolsonaro, o presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Thiago Barral, vê com bons olhos o avanço da energia eólica e solar e a diversificação dos recur- sos energéticos brasileiros. Ele en- tende, no entanto, que há necessi- dade de aperfeiçoamento do mo- delo de avaliação da segurança energética do país em relação ao novo cenário e que a solução deve ter razoabilidade econômica, para não onerar consumidores nem prejudicar investidores

EPE participa da solenidade de assinatura do Protocolo de Intenções entre Porto Central e Porto de Pecém

06/02/2019 - O diretor de Estudos do Petróleo Gás e Biocombustíveis, José Mauro Coelho, acompanhado de seu assessor, Alexandre Cobbett, representando a EPE e o secretário de Petróleo Gás e Biocombustíveis do MME, Márcio Félix, participou e discursou na solenidade de Assinatura do Protocolo de Intenções entre Porto Central, situado no Espírito Santo, na sede da FINDES, Federação das Indústrias do Estado do Espírito Santo

Thiago Vasconcellos Barral Ferreira é o novo Presidente da EPE

04/02/2019 - Aos 35 anos, Thiago Vasconcellos Barral Ferreira é o novo presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE). A nomeação ocorreu na sexta-feira (01/02), por despacho da secretaria-geral e hoje (04/02) foi publicado no Diário Oficial da União (DOU).

Resenha Mensal - consumo de energia elétrica com pequena alta de 0,5% em dezembro

31/01/2019 - A demanda nacional de energia elétrica na rede totalizou 39.771 GWh em dezembro, representando crescimento de 0,5% em relação ao mesmo mês de 2017. No ano, a variação foi de +1,1% frente ao ano anterior.