Agenda Internacional: Atividades e Resultados em 2018 são apresentados pela EPE

A EPE criou em 2018 sua área internacional (Núcleo de Coordenação da Agenda Internacional), como forma de fortalecer e coordenar a atuação da empresa junto a entidades, parceiros e iniciativas internacionais, em linha com o Planejamento Estratégico. Buscou-se, assim, aperfeiçoar a articulação institucional e orientar os esforços de forma eficiente.

Privilegiando a transparência pública, o resultado desse esforço está apresentado no relatório que a EPE disponibiliza no link abaixo, com os principais destaques da atuação da EPE na agenda internacional. Estão identificados os principais parceiros, temáticas e atividades desempenhadas ao longo de 2018, resultando em 30 ações de capacitação, 19 apresentações feitas no exterior e mais de 45 reuniões/eventos com parceiros internacionais no Brasil, com destaque para os temas de energias renováveis, eficiência energética, biocombustíveis, gás natural e energia nuclear.

Entre os destaques, estão os trabalhos com a cooperação alemã, a colaboração com a Agência Internacional de Energia, Plataforma Biofuturo, NREL e Agência Internacional de Energia Atômica. Também se destaca a criação do Fórum Técnico Regional de Planejadores de Energia, com apoio da CEPAL e países latino-americanos, e a articulação brasileira no âmbito das iniciativas globais Mission Innovation e Clean Energy Ministerial.

Dessa forma, o planejamento energético brasileiro sai fortalecido, com maior acesso às melhores práticas e ferramentas disponíveis no mundo e maior projeção internacional das nossas próprias soluções inovadoras para os imensos desafios enfrentados na transição energética que o mundo vive na atualidade.

Você pode acessar e baixar o relatório clicando neste link.

Relatório Agenda Internacional 2018.jpg

Notícias Relacionadas

EPE supera expectativas com a Rio Pipeline 2019

11/09/2019 - A presença da EPE com estande nos três dias de evento da Rio Pipeline 2019 deixou um legado: destacar a relevância de estudos promissores para o setor.

EPE divulga primeira edição do Plano Indicativo de Gasodutos (PIG) na Rio Pipeline

06/09/2019 - O Plano Indicativo de Gasodutos (PIG) da EPE foi divulgado na plenária do último dia (5) da Rio Pipeline 2019. O evento foi uma oportunidade à EPE promover pesquisas que são fundamentais para o novo mercado do gás e para os investimentos no segmento dutoviário.

Resenha Mensal: a demanda nacional apresentou retração de 0,4% em relação a julho de 2018.

30/08/2019 - demanda nacional de eletricidade totalizou 38.265 GWh em julho, representando retração de 0,4% em relação ao mesmo mês de 2018. Entre as regiões, o resultado negativo do Sudeste (-2,7%) puxou o desempenho do país. O maior avanço no consumo de energia elétrica no mês foi na região Norte (+6,1%), sobretudo em função da retomada gradual da metalurgia paraense (setor eletrointensivo). Centro-Oeste (+2,1%) e Nordeste (+2,4%) também exibiram resultados positivos em julho.

Terminais de Regaseificação de GNL no Brasil - Panorama dos Principais Projetos

30/08/2019 - Nos últimos leilões de energia no Brasil, boa parte dos projetos termelétricos bem-sucedidos traziam em seu modelo de negócio usinas termelétricas a gás natural vinculadas a terminais de GNL. Essa alternativa tem se mostrado uma das mais competitivas para a contratação de energia nova.

EPE lança o Informe Técnico – Banco de Preços de Referência da ANEEL: Atualização dos Valores para a Data-Base Maio de 2019

22/08/2019 - Este Informe Técnico tem o objetivo de disponibilizar uma versão atualizada do Banco de Preços de Referência de que trata a Resolução Homologatória ANEEL nº 2.514/2019 (data-base: julho de 2017).